JSL

Avaliação dos usuários
Empresa
  3,2 de 5
Gestão
  3,6 de 5
Ticker JSLG3
Fundador Julio Simões
Presidente da empresa Fernando Antonio Simões
Alavancada? Sim
Registra lucro? Sim
Histórico de distribuição de dividendos

A empresa paga dividendos consecutivamente desde 2011, com exceção de 2016 e 2017. Acesse para conferir o histórico de pagamento de dividendos.

Prêmios Prêmio Inbrasc – Fornecedor do Ano 2019 / Certificado Prêmio Fornecedor Destaque 2018
Participação do Estado 0%
Ano de fundação 1956
Ano do IPO 2010
Setor de atuação Bens Industriais
Recuperação judicial? Não
Tamanho da empresa Mid Cap
Links úteis
  1. RI da empresa
  2. Fundamentos da JSL
Principais produtos

A empresa atua em diversos segmentos incluindo transporte de cargas e terceirização total das cadeias logísticas. É dona de marcas importantes como:

  • CS Brasil;
  • Movida;
  • BBC Leasing.

O que a empresa faz?

A JSL é uma empresa do segmento de logística ferroviária, sendo uma das maiores do Brasil. Os produtos oferecidos pela companhia integram um amplo portfólio de serviços, que incluem modalidades focadas no setor ferroviário.

Uma das mudanças significativas da empresa, ao longo dos anos, foi a adesão do modelo de negócios asset light. Além disso, a JSL vem buscando formas de se alinhar ao movimento de formalização e consolidação do setor de logística, com inovação e investimento.

JSL - JSLG3

Como parte dos processos de mudança, a empresa opera com foco na origem operacional, onde o propósito em ser holding está em segundo plano. Isso faz com o que a JSL crie novos ciclos, principalmente relacionados ao crescimento orgânico e inorgânico da empresa.

O portfólio de produtos da JSL é o maior e mais integrado do setor de logística ferroviária. Assim, fazem parte dos serviços prestados pela empresa as seguintes modalidades:

  • Transporte Rodoviário de Cargas;
  • Logística Dedicada de Cargas Rodoviárias;
  • Logística de Commodites;
  • Serviços de Armazenagem;
  • Distribuição Urbana;
  • Logística;

Modelo de Negócios

O modelo de negócios da JSL é pautado em dois perfis distintos, mas que se complementam na prestação de serviços. O primeiro perfil é baseado nas operações intensivas em ativos e mão de obra (asset – heavy). Já o segundo, conhecido como asset-light, é o leves em ativos, mais utilizado quando o modelo se mostra mais eficiente.

JSL - JSLG3

Um dos diferenciais da empresa é o relacionamento sólido com os clientes. De forma geral, a companhia possui clientes que atuam em diversos setores econômicos, como Siderurgia, Papel e Celulose, Mineração, Automotivo, Químico, Alimentício, Bens de Consumo, etc.

Assim como a disposição de clientes, a JSL também atua de forma ampla em diversos setores da economia, integrando cada vez mais o portfólio de serviços. Por conta disso, a empresa é líder no segmento em que atua, onde opera, além do Brasil, em três países do Mercosul: Argentina, Uruguai e Chile.

Atualmente, a JSL é classificada como a maior transportadora de cargas do país. Em números, a empresa possui 230 filiais espalhadas pelo Brasil e países do Mercosul. Ao todo, a companhia dispõe de 16 mil colaboradores e mais de 13 mil ativos.

JSL - JSLG3


Breve história da empresa

A história da JSL teve início, em 1956, quando o imigrante português Julio Simões fundou a Transportadora Julio Simões Ltda. A primeira atividade da transportadora foi transportar produtos hortifrutigranjeiros para o Rio de Janeiro e São Paulo, saindo de Mogi das Cruzes. Ou seja, tudo começou com um caminhão e muito trabalho.

JSL - JSLG3

O trabalho cresceu e, naquele mesmo ano, a transportadora começou a prestar serviços para a indústria de papel e celulose. O crescimento da prestação de serviços, relacionados ao transporte, foi notável e, já na década de 1970, a empresa contava com uma frota de 42 caminhões. O crescimento foi impulsionado pela aquisição da Transcofer que, na época, era três vezes maior que a JSL.

O filho de Simões, Fernando Antônio Simões, começou a trabalhar com o pai ainda muito jovem, aos 14 anos de idade. Na época, o jovem adquiriu experiência em diversas áreas dentro da empresa e, em 1986, tornou-se diretor operacional da JSL. Mais tarde, em 1988, Fernando se tornou gerente da área comercial da companhia.

Com a chegada da década de 80, a empresa passou por mudanças e deu início ao processo de diversificação. Com isso, passou a atuar em locação de veículos leves e fretamento para transporte de colaboradores. O período foi bastante favorável para a empresa, já que o setor industrial passava por mudanças significativas.

JSL - JSLG3

No início da década de 1990, Julio e Fernando já trabalham juntos na gestão da companhia. O trabalho conjunto foi imprescindível para que o plano de diversificação dos negócios fosse levado à diante. Com o trabalho de pai e filho, a empresa conseguiu se diferenciar dos concorrentes, além de agregar maior valor aos serviços prestados.

Já com o início dos anos 2000, a empresa expandiu a atuação no mercado e incorporou serviços como operações florestais e movimentação dentre de unidades industriais de seus clientes. Foi exatamente a expansão e crescimento acelerado que fez a JSL se tornar líder no segmento em que atua, atingindo, em 2001, a liderança do ranking em seu segmento de atuação.

Em 2006, Julio Simões, junto de sua esposa, criou o Instituto Julio Simões. O principal objetivo da criação do instituto foi integrar todas as ações sociais que a empresa já havia realizado, principalmente nas comunidades onde a JSL atua.

Com o crescimento e vontade de ampliar ainda mais o portfólio de serviços, a empresa realizou abertura de capital, em 2010, no Novo Mercado, o mais alto nível de governança corporativa da B3, a bolsa de valores do Brasil. No ano seguinte, a empresa adquiriu a Rodoviário Schio e ampliou sua plataforma de serviços logísticos.

Por fim, em 2020, as atividades de holding da JSL passaram a ser exercidas pela SIMPAR. No mesmo ano, 75% das ações de emissão da Fadel foram adquiridas e, além disso, a empresa adquiriu 100% da Transmoreno.

JSL - JSLG3


Diretoria

Fernando Antonio Simões (Presidente)

Denys Marc Ferrez

Fabio Albuquerque Marques Velloso

Adriano Thiele

Samir Moises Gilio Ferreira

Eduardo Pereira

Flávio José Sales

Lucas Cive Barbosa

Antônio da Silva Barreto Junior


Conselho administrativo

Adalberto Calil (Presidente)

Fernando Antonio Simões

Fernando Antonio Simões Filho

Alvaro Pereira Novis

Augusto Marques da Cruz Filho


Principais concorrentes

Tegma (TGMA3)

Localiza (RENT3)


Perspectiva para o futuro

Como visto, a JSL é uma empresa do setor de logística rodoviária, onde é líder no segmento em que atua. Um dos diferencias que agrega valor à empresa é a diversificação de serviços e clientes, onde a empresa conta com um dos maiores e mais integrados portfólios do segmento industrial.

Nitidamente, a variedade de serviços prestados, como serviços de Logística para Transportes, Transportes de Cargas em Geral, Logística de Commodities, Serviços de Armazenagem, dentre outros, faz com o que a empresa se fortaleça no mercado e construa bases sólidas, principalmente com clientes e fornecedores.

JSL - JSLG3

Além disso, a empresa é reconhecida por atuar em diversos setores econômicos, que incluem áreas como o setor alimentício, automotivo, bens de consumo, químico, siderúrgica, celulose, mineração, agronegócio, etc. Atualmente, a JSL é a maior empresa de transporte rodoviário do Brasil, com filiais tanto em território nacional quando em países do Mercosul.

Sendo assim, sua projeção futura deve incluir a consolidação e formalização dos serviços prestados, justamente para acompanhar o ritmo de crescimento do setor industrial. Além disso, a empresa deve investir em tendências, bem como deixar de ter o propósito de holding para focar na questão operacional da companhia, realizando um novo ciclo de crescimento, tanto orgânico quanto inorgânico.


Composição acionária

JSLG3 Acionista Percentual
1 SIMPAR S.A. 55,33%
2 Fernando Antonio Simões 8,71%
3 Outros membros da Família Simões 7,49%
4 Conselho de Administração 0,35%
5 Diretoria 0,02%
6 Ações em Tesouraria 0,02%
7 Free Float 28,07%

Qual sua opinião sobre a empresa?