Gasolina sobe 6,67% nos postos do Brasil em novembro, diz ValeCard


RIO DE JANEIRO (Reuters) – O preço médio da gasolina nos postos no Brasil subiu 6,67% em novembro, ante o mês anterior, a 6,998 reais por litro, segundo levantamento divulgado nesta quarta-feira pela ValeCard, empresa de meios de pagamentos eletrônicos, que atua no segmento de soluções para gestão de frotas.

Com o avanço, o combustível soma um ano e seis meses de altas consecutivas desde maio de 2020, quando o preço médio era de 4,01 reais, acumulando uma alta neste período de 74,3%.

Todos os Estados brasileiros registraram alta no valor do combustível em novembro.

Destes, Amapá (10,06%), Santa Catarina (8,14%) e Distrito Federal (7,79%) tiveram os maiores aumentos no preço. As menores variações foram anotadas no Piauí (3,35%), Rio Grande do Norte (4,33%) e Alagoas (5,28%).  

Entre as capitais, o valor médio do combustível foi de 6,960 reais. Rio de Janeiro (7,320 reais) e Brasília (7,275 reais) foram as que apresentaram maiores preços em novembro. Já os menores valores médios foram encontrados em Curitiba (6,43 reais) e Macapá (6,479 reais). 

Os dados foram coletados a partir do registro das transações realizadas entre os dias 1º e 29 de novembro  com o cartão de abastecimento da  ValeCard em cerca de 25 mil estabelecimentos credenciados.

(Por Marta Nogueira; Edição de Maria Pia Palermo)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHB028C-FILEDIMAGE

Conte-nos a sua opinião...