Privatização da Copel e resultado da Braskem, CVC Brasil, Engie, Eletrobras, Enjoei, Movida, Rd, Santos Brasil, Gerdau, BTG Pactual e Bayer

Ouça as notícias pelo nosso podcast! Bom dia, Investidor Sardinha. Este é mais um Soco Matinal com as principais notícias do dia no mercado financeiro e no mundo, tudo em 5 minutos, para você já começar o dia zonzo. IBOVESPA Inicialmente temos o pregão de terça-feira (08/08/2023) com o IBOVESPA (principal índice da nossa bolsa […]

9 de agosto de 2023 - por Evelyn


Ouça as notícias pelo nosso podcast!

Bom dia, Investidor Sardinha. Este é mais um Soco Matinal com as principais notícias do dia no mercado financeiro e no mundo, tudo em 5 minutos, para você já começar o dia zonzo.

IBOVESPA

Inicialmente temos o pregão de terça-feira (08/08/2023) com o IBOVESPA (principal índice da nossa bolsa de valores) em queda de 0,24% aos 119.090 pontos.

Rolou uma tristeza ali depois dos dados ruins da economia chinesa e notícias negativas sobre bancos nos EUA e Europa. Lá na China vimos que as exportações caíram 14,5% em relação ao ano passado. Da mesma forma, preocupações com incorporadoras chinesas também surgiram.

Enquanto isso, bancos italianos foram taxados, gerando temores semelhantes em outros lugares. É, teve lucro excedente: Crau!!! Vai levar imposto nos cornos. Depois comento um pouco mais sobre isso.

Por fim, a ata do Copom sugeriu um corte de 0,5 ponto percentual na Selic, aliviando receios de cortes agressivos, daí já rolou uma queda nos juros futuros. Em contrapartida, os preços do petróleo subiram devido a perspectivas econômicas otimistas nos EUA, mas daí os dados negativos da China limitaram os ganhos. Ao final, Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq caíram nos EUA e o dólar subiu frente ao real.

DESTAQUES DO ÚLTIMO PREGÃO

De antemão, as empresas com os melhores desempenhos dentro do índice foram:

  • Hapvida (HAPV3): R$ 5,06 (+6,08%)
  • Yduqs (YDUQ3): R$ 22,66 (+3,99%)
  • Alpargatas (ALPA4): R$ 9,45 (+3,28%)
  • Cogna (COGN3): R$ 3,42 (+3,01%)
  • Locaweb (LWSA3): R$ 7,28 (+2,68%)

Por outro lado, as empresas com os piores desempenhos:

  • Petz (PETZ3): R$ 6,46 (−6,10%)
  • Dexco (DXCO3): R$ 9,00 (−5,36%)
  • Méliuz (CASH3): R$ 8,54 (−3,39%)
  • Gerdau Metalúrgica (GOAU4): R$ 12,81 (−3,32%)
  • Gerdau (GGBR4): R$ 26,95 (−2,99%)
CÂMBIO

Atualmente o dólar está em R$ 4,90 depois da alta de +0,02%.

Por fim, saindo um pouco do mercado nacional, vamos falar sobre as bolsas mundiais e os índices de mercado internacional.

Morning call de Índices Internacionais

09.08.23

Imagem: foto parcial da fachada do Banco da Itália – Fonte: Euro Dicas

Antes de mais nada, no cenário internacional, as bolsas mundiais fecharam negativamente, menos Nikkei, no Japão.

Nos Estados Unidos, as bolsas fecharam assim:

  • DOW JONES: -0,45%
  • S&P 500: -0,42%
  • NASDAQ: -0,79%

Já nas bolsas europeias tivemos os seguintes resultados:

  • DAX (Alemanha): -1,10%
  • FTSE 100 (Inglaterra): -0,36%
  • CAC 40 (França): -0,69%
  • FTSE MIB (Itália): -2,12%

Por fim, nas bolsas asiáticas:

  • Nikkei (Japão): +0,38%
  • Shangai (China): -0,25%
  • KOSPI (Coreia do Sul): -0,26%

Enquanto isso, as criptomoedas nas últimas 24h (07h20min):

  • Bitcoin: US$ 29.784 (+2,02%)
  • Ether: US$ 1.860 (+1,59%)

Ainda, nas commodities: 

  • Ouro: US$ 1,959,90/Onça troy (-0,51%)
  • Petróleo Brent (Futuros): US$ 86,17/barril (+0,97%)
  • Minério de Ferro (Futuros): US$ 104,41/tonelada (-0,31%)

Agora vamos falar de ações e stocks (exterior):

Morning call de ações

09.08.23

Imagem: Prédio laranjado da Copel com o nome e logo escrito – Fonte: Tribuna do Paraná

BRASIL

COPEL

A oferta de ações da Copel (CPLE6) foi precificada a R$ 8,25, movimentando R$ 5,21 bilhões. Essa operação, comparável às ofertas da BRF (BRFS3) e MRV (MRVE3), poderia se tornar a maior do ano. O governo do Paraná, liderado pelo governador Ratinho Junior, cede o controle da estatal ao deixar o comando da empresa, embora mantenha certa influência.

O processo de oferta obteve forte demanda, totalizando R$ 15 bilhões em reservas de investidores. E com o arcabouço fiscal aprovado e o aumento do rating pela Fitch para o Brasil, os gringos entraram para a operação.

Mais ou menos como foi o caso da Eletrobras, o Governo ficou mais diluído, no final das contas quem pegou teve desconto de 5%* apenas e uma notícia quentíssima pra você, que eu duvido que você ache em outro lugar: um novo Mandado de Segurança foi impetrado para evitar as negociações a partir do dia 10. Isso aconteceu ontem de tardezinha, tá? Vai surtir algum efeito? Não sabemos.

*ERRATA: NA VERSÃO EM ÁUDIO EU FALEI 0,5%.

TEMPORADA DE BALANÇOS

De antemão deixa eu explicar alguns detalhes: os resultados aqui informados dizem respeito ao segundo trimestre de 2023, sendo assim, a comparação feita é sempre com o segundo trimestre de 2022, a menos que seja indicada a exceção.

As empresas gringas colocam Q2 (para falar segundo trimestre, Q de quarter) e H1 (primeiro semestre), que H é o Half Year.

O Ebitda é o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações

BRASKEM

No 2T23, a empresa registrou um prejuízo de R$ 771 milhões, uma melhoria em relação aos R$ 1,4 bilhão do mesmo período do ano passado. No acumulado do ano, o prejuízo é de R$ 581 milhões, contrastando com o lucro de R$ 2,4 bilhões no mesmo período de 2022.

A Receita Líquida de Vendas no 2T23 foi de R$ 17,7 bilhões. No 1º Semestre de 2023, atingiu R$ 37,2 bilhões, comparado a R$ 52,1 bilhões no mesmo período de 2022, marcando uma queda de 29%.

O EBITDA do 2T23 foi de R$ 703 milhões, sofrendo uma redução de 34% em relação ao mesmo trimestre de 2022. Diversos fatores contribuíram para essa diminuição, incluindo quedas nos spreads de mercados internacionais de PVC, PP e PE, além de reduções no volume de vendas de resinas e químicos no Brasil.

Houve também efeitos compensatórios, como um aumento de 36% nas exportações de químicos no Brasil e incrementos nos volumes de vendas de PP nos Estados Unidos e PE no México.

A empresa planeja investir R$ 4 bilhões até o final do ano, já tendo alocado R$ 1,7 bilhão no primeiro semestre. Os principais investimentos serão direcionados à manutenção de instalações em Camaçari e Alagoas, bem como a melhorias na confiabilidade operacional.

CVC BRASIL

– Prejuízo no 2º Trimestre 2023: R$ 167 milhões (76% pior)

– Receita Líquida: R$ 269,4 milhões (queda de 0,1%)

– EBITDA Ajustado: Negativo, R$ 14,9 milhões

Motivos do Prejuízo:

Agravou devido a provisões de juros de renegociação das debêntures (prêmio PIK) e juros de antecipação de recebíveis. A empresa destacou que a queda de 5,1% na receita no mercado brasileiro foi causada pela redução nas reservas consumidas, principalmente no segmento B2B, assim como embarque de produtos vendidos durante a Black Friday e alteração no mix entre unidades de negócios e produtos, como o aumento da participação dos produtos marítimos.

Reservas e Despesas:

As reservas confirmadas na CVC aumentaram 2% em relação ao mesmo período do ano anterior, impulsionadas por uma grande procura por viagens devido à ausência de restrições sanitárias mais severas até o 1º trimestre de 2022. Desta forma, as Despesas Gerais e Administrativas caíram 13%, resultado do controle de despesas e ações como a adequação no quadro de colaboradores, redução de aluguéis e outras medidas de redução de custos.

ENGIE

– Lucro Líquido 2º Trimestre 2023: R$ 733 milhões (aumento de 85,6%)

– EBITDA Ajustado 2º Trimestre 2023: R$ 1,798 bilhão (queda de 5,2%)

– Margem EBITDA Ajustada 2º Trimestre 2023: 68,9% (aumento de 5,6 p.p.)

– Receita Líquida 2º Trimestre 2023: R$ 2,610 bilhões (diminuição de 12,9%)

– Retorno sobre o Patrimônio (ROE) Ajustado 2º Trimestre 2023: 35,1% (aumento de 2,7 p.p. em relação ao ano anterior)

– Despesas com Vendas, Gerais e Administrativas 2º Trimestre 2023: R$ 108,5 milhões (crescimento de 40,5%)

– Resultado Financeiro Líquido 2º Trimestre 2023: Negativo em R$ 492 milhões (diminuição de 49,8%)

– Dívida Líquida em 30 de junho de 2023: R$ 13,890 bilhões (recuo de 15%)

– Indicador de Alavancagem Financeira em junho de 2023: 2 vezes (queda de 0,1 p.p. em relação a março de 2023)

– Dividendos Intercaleares Aprovados: R$ 767,2 milhões (correspondentes a R$ 0,94027879765 por ação)

Resumo:

A Engie registrou um aumento de 85,6% no lucro líquido do segundo trimestre de 2023 em comparação com o mesmo período do ano anterior, totalizando R$ 733 milhões. O EBITDA ajustado teve uma queda de 5,2%, atingindo R$ 1,798 bilhão, mas a margem EBITDA ajustada subiu para 68,9%. A receita líquida diminuiu 12,9%, chegando a R$ 2,610 bilhões. O ROE ajustado aumentou para 35,1%. As despesas com vendas, gerais e administrativas cresceram 40,5%. O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 492 milhões, uma diminuição de 49,8%. A dívida líquida caiu 15% em relação ao ano anterior. O indicador de alavancagem financeira ficou em 2 vezes. A empresa também aprovou a distribuição de dividendos intercaleares no valor de R$ 767,2 milhões, correspondendo a R$ 0,94027879765 por ação.

ELETROBRAS

– Lucro Líquido 2º Trimestre 2023: R$ 1,619 bilhão (aumento de 16%), o acumulado 1º Semestre 2023: R$ 22,018 bilhões (aumento de 8%)

– EBITDA 2º Trimestre 2023: R$ 6,595 bilhões (aumento de 59%). O recorrente 2º Trimestre 2023: R$ 5,431 bilhões (aumento de 2%)

– Margem EBITDA 2º Trimestre 2023: 71% (queda de 24,5 p.p.), o recorrente 2º Trimestre 2023: 59% (queda de 1 p.p.)

– EBITDA Acumulado 1º Semestre 2023: R$ 11,150 bilhões (aumento de 48%), o recorrente acumulado 1º Semestre 2023: R$ 11,007 bilhões (aumento de 4%)

– Receita Operacional Líquida 2º Trimestre 2023: R$ 9,246 bilhões (aumento de 4%, a recorrente 2º Trimestre 2023: R$ 9,209 bilhões (aumento de 4%)

– Receita Líquida Acumulada 1º Semestre 2023: R$ 18,455 bilhões, a recorrente Acumulada 1º Semestre 2023: R$ 18,475 bilhões (aumento de 9%)

– Dívida Líquida Recorrente em Setembro 2023: R$ 37,904 bilhões (aumento de 150%

– Alavancagem (Dívida Líquida/Ebitda Recorrente) em Setembro 2023: 2,0 vezes (aumento de 129%)

– Investimentos 2º Trimestre 2023: R$ 1,388 bilhão (redução de 46% )

– Investimentos Acumulados 1º Semestre 2023: R$ 2,504 bilhões (redução de 18%)

Resumo:

A Eletrobras registrou um aumento de 16% no lucro líquido do segundo trimestre de 2023 em comparação com o mesmo período do ano anterior, totalizando R$ 1,619 bilhão. O EBITDA teve um aumento significativo de 59%, atingindo R$ 6,595 bilhões. A margem EBITDA caiu para 71%, enquanto a margem EBITDA recorrente foi de 59%. A receita operacional líquida aumentou 4% para R$ 9,246 bilhões. A receita líquida acumulada no primeiro semestre foi de R$ 18,455 bilhões. A dívida líquida recorrente aumentou 150%, atingindo R$ 37,904 bilhões. A alavancagem também aumentou para 2,0 vezes. Os investimentos no trimestre diminuíram 46%, chegando a R$ 1,388 bilhão. No acumulado do ano até junho, a empresa investiu R$ 2,504 bilhões, uma redução de 18%.

ENJOEI

– Prejuízo Líquido 2º Trimestre 2023: R$ 4,866 milhões (queda de 73,10%)

– EBITDA 2º Trimestre 2023: -R$ 2,14 milhões (redução de 86,3%)

– GMV (Volume Total Transacionado) 2º Trimestre 2023: R$ 262,3 milhões (crescimento de 8,3%)

– GMV de Moda 2º Trimestre 2023: aumento de 15% em relação ao trimestre anterior e 4,2% em relação ao ano anterior.

– Receita Líquida 2º Trimestre 2023: R$ 40,1 milhões, avanço de 6,8% e acumulada 1º Semestre 2023: crescimento de 12% em relação ao primeiro semestre de 2022

– Lucro Bruto 2º Trimestre 2023: R$ 20,3 milhões (aumento de 53%)

– Margem Bruta 2º Trimestre 2023: 50,6% (aumento de 15,2 p.p.)

Resumo:

A Enjoei reportou um prejuízo líquido de R$ 4,866 milhões no segundo trimestre de 2023, revelando uma queda acentuada de 73,10% em relação ao mesmo período do ano anterior. O EBITDA também registrou uma redução expressiva de 86,3%, atingindo -R$ 2,14 milhões.

Entretanto, destaca-se que o GMV (Volume Total Transacionado) apresentou um aumento de 8,3% em relação ao trimestre anterior, totalizando R$ 262,3 milhões. Especificamente, o GMV de Moda cresceu 15% em relação ao trimestre anterior e 4,2% em relação ao ano passado. Em paralelo, a receita líquida demonstrou um avanço de 6,8%, alcançando R$ 40,1 milhões.

Vale ressaltar que o lucro bruto experimentou um crescimento notável de 53% em relação ao ano anterior, totalizando R$ 20,3 milhões, e a margem bruta atingiu 50,6%.

Para o futuro, a empresa tem planos de retomar a agenda de crescimento a partir do terceiro trimestre, com foco na consolidação da base de vendedores e na ampliação do sortimento disponível. Nesse sentido, é possível observar uma abordagem estratégica visando à superação dos desafios enfrentados.

Em síntese, a Enjoei enfrentou oscilações marcantes em seus indicadores financeiros, porém, ao se direcionar para a ampliação e aprimoramento de sua plataforma, busca reinserir-se em um caminho de crescimento sustentável.

MOVIDA

No 2T23, a Movida reportou prejuízo de R$ 17,9 mi, revertendo lucro de R$ 186,8 mi do mesmo período em 2022. EBITDA atingiu R$ 890 mi, aumento de 1,7%. Receita líquida cresceu 11,1%, R$ 2,479 bi. Locação gerou R$ 1,2 bi, crescimento de 23,1%. EBITDA de Locação expandiu 13%. Frota Rent-a-Car (RAC) 2T23: 90 mil carros (menos 8 mil). Receita Líquida RAC 2T23: R$ 675,6 mi, crescimento de 15,5%. Frota GTF 2T23: 114 mil carros, crescimento de 16% em 1 ano. Receita Líquida GTF: R$ 558,1 mi, expansão de 31% em 1 ano. Venda de Seminovos: 19 mil carros. Receita: R$ 1,2 bi. Dívida Bruta 2T23: R$ 14,0 bi (menos R$ 1,2 bi ante o trimestre anterior). Dívida Líquida: R$ 11,4 bi (mais R$ 161 mi ante o trimestre anterior). Alavancagem 2T23: 2,9 vezes.

Resumo:

A Movida teve prejuízo de R$ 17,9 mi no 2T23, revertendo lucro de R$ 186,8 mi em 2022. EBITDA: R$ 890 mi, alta de 1,7%. Receita: R$ 2,479 bi, crescimento de 11,1%. Receita de Locação: R$ 1,2 bi, alta de 23,1%. Dívida Bruta caiu para R$ 14,0 bi; Dívida Líquida: R$ 11,4 bi. Alavancagem: 2,9 vezes.

RD

No 2º Trimestre 2023, a RD – Raia Drogasil registrou lucro líquido de R$ 363,2 mi, baixa anual de 2,4%. Lucro ajustado: R$ 349,2 mi, avanço de 1,6%. EBITDA ajustado cresceu 5,5% para R$ 767,6 mi, com margem de 8,5% (queda de 1 p.p. ante o período anterior). Receita bruta: R$ 9,024 bi, alta de 18,1%. Lucro bruto: R$ 2,610 bi, margem bruta de 28,9% (queda de 1,4 p.p.). Despesas Gerais e Administrativas: R$ 319,2 mi (3,5% da receita bruta). Margem de Contribuição: R$ 1,086 bi (12,0% da receita bruta). Inauguração de 64 novas farmácias no 2º Trimestre 2023, totalizando 2.807 em operação. Dívida líquida cresceu 50,3%, R$ 2,907 bi, alavancagem financeira (Dívida Líquida/EBITDA Ajustado): 1,2 vezes. Fluxo de Caixa Livre negativo em R$ 487,8 mi, Consumo Total de Caixa: R$ 763,3 mi. Recursos das Operações: R$ 499,0 mi (5,5% da receita bruta).

Resumo:

No 2T23, a RD – Raia Drogasil teve lucro líquido de R$ 363,2 mi (baixa de 2,4% em relação a 2022), lucro ajustado: R$ 349,2 mi (avanço de 1,6%). EBITDA ajustado cresceu 5,5%, R$ 767,6 mi, margem de 8,5%. Receita bruta: R$ 9,024 bi, alta de 18,1%. Lucro bruto: R$ 2,610 bi, margem bruta: 28,9%. Despesas Gerais e Administrativas: R$ 319,2 mi (3,5% da receita). Inauguradas 64 farmácias, total: 2.807. Dívida líquida: R$ 2,907 bi, alavancagem: 1,2 vezes. Fluxo de Caixa Livre: -R$ 487,8 mi, Consumo Total de Caixa: R$ 763,3 mi. Recursos das Operações: R$ 499,0 mi (5,5% da receita).

SANTOS BRASIL

No 2º Trimestre 2023, a Santos Brasil (STBP3) apresentou um lucro líquido de R$ 94,4 mi, queda de 3,3%. O EBITDA atingiu R$ 222,2 mi, aumento de 3,5%, elevando a margem para 43,8% (+1,0 p.p.). A receita líquida cresceu 1,3%, atingindo R$ 507,3 mi. Destaca-se o crescimento de 9,8% no EBITDA dos Terminais de Contêiner e Carga Geral, mas também a queda de 7,8% e 24,2% no EBITDA da Santos Brasil Logística e TEV, respectivamente.

Os Terminais de Líquidos se beneficiaram do início da operação dos terminais brownfield. No entanto, houve uma queda de 5,4% na receita líquida anual da Santos Brasil Logística e de 23,3% na receita líquida do TEV no 2T23. Os Custos Operacionais Consolidados caíram 0,7%, enquanto as Despesas Operacionais aumentaram 8,2%.

A empresa anunciou proventos de R$ 43,6 mi em dividendos intermediários e R$ 37,1 mi em Juros sobre o Capital Próprio (JCP), totalizando cerca de R$ 90 mi em novo pagamento de proventos.

Em resumo, a Santos Brasil (STBP3) teve lucro líquido de R$ 94,4 mi no 2T23, queda de 3,3%. O EBITDA aumentou 3,5% para R$ 222,2 mi, com margem de 43,8%. A receita líquida cresceu 1,3% para R$ 507,3 mi. Destaca-se o crescimento nos Terminais de Contêiner e Carga Geral, apesar das quedas na receita líquida da Logística e do TEV. A empresa também anunciou proventos de R$ 90 mi.

GERDAU

– Lucro Líquido Ajustado 2º Trimestre 2023: R$ 2,14 bilhões (queda de 50,1%)

– EBITDA Ajustado 2º Trimestre 2023: R$ 3,79 bilhões (queda de 43,2%)

– Margem EBITDA Ajustada 2º Trimestre 2023: 20,8% (-8,3 pontos percentuais)

– Receita Líquida 2º Trimestre 2023: R$ 18,2 bilhões (queda de 2,05%)

– Produção de Aço Bruto: Queda de 10,2% no período

– Dividendos: Distribuição de aproximadamente R$ 1 bilhão em dividendos pela Gerdau e Metalúrgica Gerdau

Resumo:

Antecipadamente, é importante destacar que a Gerdau (GGBR4) apresentou resultados financeiros no segundo trimestre de 2023. Antes de mais nada, vale ressaltar que houve uma variação considerável em relação ao mesmo período do ano anterior. A princípio, o lucro líquido ajustado registrou um montante de R$ 2,14 bilhões, denotando uma queda significativa de 50,1%.

Além disso, o EBITDA ajustado também demonstrou uma redução notável de 43,2%, totalizando R$ 3,79 bilhões, e exibindo uma margem EBITDA ajustada correspondente a 20,8%. Nesse sentido, observa-se que a performance da empresa enfrentou desafios no período em análise.

Contudo, a análise das informações não para por aí. Em contrapartida, a receita líquida apresentou uma diminuição anual de 2,05%, atingindo o valor de R$ 18,2 bilhões. Essa queda pode ser atribuída a diversos fatores, como a redução das vendas de aço durante o trimestre e elementos como a forte base de comparação, bem como a depreciação do dólar em relação ao real.

Do mesmo modo, é relevante notar que a produção de aço bruto registrou um recuo de 10,2% durante esse período, contribuindo para um declínio acumulado de 11,3% nos seis primeiros meses do ano. Esses números destacam a complexidade do cenário enfrentado pela Gerdau.

Em suma, é possível concluir que tanto a Gerdau quanto a Metalúrgica Gerdau anunciaram a distribuição de aproximadamente R$ 1 bilhão em dividendos. Por fim, diante desses números e desdobramentos, fica evidente a importância de uma análise criteriosa desses resultados para compreender plenamente o contexto econômico da empresa.

BTG PACTUAL

– Lucro Líquido Ajustado 2º Trimestre 2023: R$ 2,575 bilhões (alta de 18% em relação ao mesmo período do ano anterior e 13,8% em relação ao 1º trimestre de 2023)

– Retorno sobre o Patrimônio Líquido Anualizado 2º Trimestre 2023: 22,7% (subiu em comparação ao mesmo período do ano anterior e ao 1º trimestre de 2023)

– Receitas Totais 2º Trimestre 2023: R$ 5,443 bilhões (alta de 21% em 12 meses e 13,3% em comparação ao 4º trimestre)

– Patrimônio Líquido 2º Trimestre 2023: R$ 46,7 bilhões (aumento de 12,9% em relação ao mesmo trimestre de 2022 e 5,6% em relação ao 1º trimestre)

– Índice de Basileia 2º Trimestre 2023: 15,4% (subiu em comparação ao mesmo trimestre de 2022 e caiu em relação ao 1º trimestre)

Resumo:

O BTG Pactual (BPAC11) apresentou um lucro líquido ajustado de R$ 2,575 bilhões no segundo trimestre de 2023, o que representa um aumento de 18% em relação ao 2T22 e 13,8% em relação ao primeiro trimestre de 2023. O retorno sobre o patrimônio líquido anualizado subiu para 22,7% no segundo trimestre, comparado a 21,6% 2T22 e 20,9% no primeiro trimestre. As receitas totais atingiram R$ 5,443 bilhões no segundo trimestre, com um aumento de 21% em 12 meses e 13,3% em relação ao quarto trimestre. O patrimônio líquido cresceu para R$ 46,7 bilhões no segundo trimestre, um aumento de 12,9% em relação ao 2T22 e 5,6% em relação ao primeiro trimestre. O índice de Basileia, uma métrica de adequação de capital, foi de 15,4% no primeiro trimestre, subindo em relação ao 2T22, mas caindo em relação ao primeiro trimestre.

Por fim, o CEO do BTG Pactual, Roberto Sallouti, destacou a resiliência e diversificação dos negócios da empresa, registrando recordes de receita e lucro líquido em um ambiente macroeconômico desafiador.

Nossa, cansei, viu? hahahah

EXTERIOR

BAYER

O segundo trimestre foi impactado por quedas no negócio de glifosato (Herbicida amplamente utilizado na agricultura para controlar ervas daninhas e plantas indesejadas que competem com culturas agrícolas. O uso do glifosato é controverso devido a preocupações relacionadas à sua segurança ambiental e à saúde humana).

Vendas do Grupo caíram para €11,0 bilhões (ajustado por câmbio e portfólio: -8,2%).

EBITDA antes de itens especiais: €2,5 bilhões (-24,5%).

O negócio Crop Science caiu significativamente, principalmente devido à queda acentuada nos volumes e preços do glifosato.

Vendas estáveis na área de Pharmaceuticals (ajustado por câmbio e portfólio), lucros abaixo do ano anterior.

Consumer Health registrou aumento nas vendas (ajustado por câmbio e portfólio), com lucros ligeiramente mais altos.

Lucro líquido por ação: €1,22 (-36,8%).

Lucro líquido de menos €1,9 bilhão, afetado por perdas por impairment (desvalorização que ocorre quando o valor contábil de um ativo excede seu valor recuperável) de €2,3 bilhões.

Fluxo de caixa livre de menos €0,5 bilhão.

Perspectiva do Grupo para 2023 reduzida.

Agora vamos às notícias do cenário interno e mundial:

Resumo de notícias do Brasil e exterior

09.08.23

Imagem: uma mão de um homem que segura uma pilha de moedas como se movesse ela na horizontal deixando um rastro de sinais de porcentagem – Fonte: Portal Contábeis

BRASIL

REFORMA TRIBUTÁRIA

Antecipadamente, faz tempo que não comento sobre esse assunto, einh? Deu uma esfriada, mas só não esfriou nosso bolso que o Estado quer dar uma mãozada:

O Ministério da Fazenda alerta que a reforma tributária, aprovada com exceções na Câmara dos Deputados, pode resultar em um imposto brasileiro de até 27%. A alíquota final do novo Imposto sobre Valor Agregado (IVA) poderia se tornar a mais alta do mundo devido a essas exceções. Desde já, o governo busca sensibilizar o Senado para reduzir a lista de benefícios da reforma.

Em primeiro lugar, o estudo da Fazenda ressalta que as exceções poderiam acrescentar 4,89 pontos percentuais à alíquota final do IVA, elevando-a de 22% para 27% no cenário conservador. Analogamente, esse número seria igual à alíquota da Hungria, a mais alta entre os países desenvolvidos da OCDE.

Além disso, a Fazenda reconhece que as alíquotas projetadas são elevadas para padrões internacionais. No entanto, essas taxas refletem a alta tributação sobre o consumo de bens e serviços no Brasil em relação ao PIB. Bem como, o Ministério destaca que as estimativas não são precisas devido a fatores em aberto, mas é possível estimar o impacto do que já foi aprovado pela Câmara.

Portanto, a mensagem que o Ministério busca transmitir é a importância de reduzir as exceções para evitar uma alíquota extremamente alta. Afinal, a lista de exceções poderia levar o Brasil a ter um dos impostos mais elevados do mundo, prejudicando a economia. Enfim, é fundamental uma análise cuidadosa das exceções na reforma tributária visando um equilíbrio entre a carga tributária e a competitividade do país.

DADOS ECONÔMICOS

No mês de junho de 2023, o volume de vendas no comércio varejista permaneceu estável (0,0%) em relação a maio, antecipadamente após ajuste sazonal. Isso significa que a quantidade de produtos vendidos no comércio não apresentou um aumento significativo em comparação com o mês anterior, à primeira vista após considerar as variações típicas das estações do ano. A média móvel trimestral do varejo registrou uma pequena queda de -0,3% no trimestre encerrado em junho. Além disso, isso indica que, em média, as vendas nos últimos três meses diminuíram ligeiramente.

Acima de tudo, na comparação anual, o comércio varejista apresentou um aumento de 1,3% em relação a junho de 2022. Em outras palavras, isso significa que, em relação ao mesmo mês do ano anterior, houve um crescimento de 1,3% nas vendas.

Principalmente, o varejo acumula um crescimento de 1,3% no primeiro semestre de 2023 em relação ao mesmo período de 2022. Por outro lado, isso significa que ao longo dos primeiros seis meses deste ano, as vendas no comércio aumentaram em 1,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. Nos últimos 12 meses, o varejo manteve uma tendência positiva pelo nono mês consecutivo, alcançando um aumento de 0,9% em junho de 2023. Em resumo, isso indica que, ao longo do último ano, as vendas no comércio têm apresentado um crescimento constante.

No segmento ampliado do comércio varejista, que inclui veículos, motos, partes, peças e material de construção, o volume de vendas aumentou 1,2% em relação a maio, em seguida após ajuste sazonal. Isso significa que, considerando também os setores mencionados, as vendas cresceram em 1,2% em relação ao mês anterior, ao passo que consideram as variações sazonais.

Todavia, no âmbito do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) calculado pela FGV, foi registrada uma queda de -0,81% na primeira leitura de agosto. O IGP-M é um indicador que mede a variação média dos preços de uma cesta de produtos e serviços consumidos pelas famílias brasileiras. Essa queda significa que, em média, os preços desses produtos e serviços tiveram uma redução de 0,81% em relação ao mês anterior. Esse índice é importante para compreender a inflação e a variação dos preços ao longo do tempo.

De acordo com a FGV, esse dado vem após uma queda de -1,29% na mesma leitura de julho. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) registrou uma queda de -1,17%, assim como o Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado (INCC-M) subiu +0,13% por sua vez em relação à mesma leitura de julho. Já o Índice de Preços ao Consumidor – Mercado (IPC-M) apresentou um aumento de +0,01% em contrapartida a uma queda de -0,07% na leitura anterior.

Esses índices ajudam a gente a entender melhor o cenário econômico, por isso sempre trago isso para vocês.

EXTERIOR

SALVE-SE QUEM PUDER

A Itália anunciou um imposto singular de 40% sobre os lucros extraordinários dos bancos, possivelmente arrecadando 3 bilhões de euros por ano. Isso devido à falta de repasse dos lucros bancários aos clientes poupadores enquanto os bancos lucram com as altas nas taxas de juros do BCE para controlar a inflação na zona do euro. Neste sentido, a taxa do continente está em 3,75%, a mais alta em 22 anos, a taxa de repasse dos bancos italianos é de 12%, comparada aos 22% na zona do euro.

De acordo com o vice-primeiro-ministro, a taxação permitirá redução tributária e apoio aos hipotecados. Essa medida visa corrigir o comportamento bancário e já causou quedas nas ações bancárias italianas, até 8%, afetando o mercado europeu com medo de medidas semelhantes em outros países. Apenas Espanha e Hungria têm taxas similares. No entanto, depois da repercussão mega negativa, a galera lá deu uma recuada e limitou o imposto a 0,1% e quem já deu um aumentinho para os clientes serão salvos.

Agora, as notícias sobre Fundos Imobiliários:

Morning Call de Fundos Imobiliários

18.07

Imagem: casas de papel e pilhas de moedas à frente – Fonte: Gorila

Em primeiro lugar, o IFIX teve queda de 0,08% e fechou com 3.217 pontos. No ano +12,19% e no mês +0,61%.

Os destaques positivos:

  • WHGR11: 1,78%
  • BTCI11: 1,71%
  • TRXF11: 1,39%
  • HGBS11: 1,2%
  • RBRR11: 1,2%

Por outro lado, os destaques negativos:

  • HCTR11:  -5,42%
    DEVA11:  -4,83%
    TORD11:  -4,04%
    BTRA11:  -2,42%
    BCFF11:  -2,25%

Assim termina nosso morning call. Bons investimentos.

Microeconomia: o que é, como funciona e quais são os elementos?

George Stigler: vida e carreira do Nobel de economia

Margaret Thatcher: quem foi e quais foram as contribuições dela?

Economia comportamental: o que é e como funciona?