Como está o Brasil 200 anos depois da Independência e mais sinais de recessão aparecem pelo mundo


 Ouça as notícias pelo nosso podcast!

Bom dia, Investidor Sardinha. Este é o Soco Matinal, as principais notícias do dia no mercado financeiro, tudo em 5 minutos, para você já começar o dia zonzo.

Primeiramente, no pregão de terça-feira, (6/9/2022) o IBOVESPA (índice da nossa bolsa de valores) caiu 2,17%, fechando em 109.763 pontos. O discurso do Presidente do Banco Central do Brasil alegando que não está pensando em queda de juros no momento e que a batalha contra a inflação ainda “não está ganha”.

De antemão, do lado das maiores altas tivemos empresas como:

  • TIM: +2.19%
  • SÃO MARTINHO: +1.97%
  • TELEF BRASL: +0.77%

Por outro lado, dentro do índice as maiores quedas foram registradas pelas empresas:

  • MRV: -8.51%
  • VIA: -7.67%
  • MAGAZINE LUIZA: -7.41%

Por fim, saindo um pouco do mercado nacional, vamos falar sobre as bolsas mundiais e os índices de mercado internacional.

Morning call de Índices Internacionais

Banco Central da Espanha – Desbravando Madrid

Atualmente no cenário internacional as bolsas mundiais fecharam sem direção única, enquanto o dólar está R$ 5,24 com queda de 0,09% na data de ontem.

Nos Estados Unidos as bolsas tiveram os seguintes desempenhos:

  • DOW JONES: +1,40
  • S&P 500: +1,83%
  • NASDAQ: +2,14%

Já nas bolsas europeias os resultados foram os seguintes:

  • DAX (Alemanha): -0,18%
  • FTSE 100 (Inglaterra): +0,28%
  • CAC 40 (França): +0,19%
  • FTSE MIB (Itália): -0,48%

Por fim, nas bolsas asiáticas:

  • Nikkei (Japão): +2,31%
  • Shangai (China): -0,33%
  • KOSPI (Coreia do Sul): +0,33%

Enquanto isso, as criptomoedas nas últimas 24h (6h37min):

  • Bitcoin: +2,24%
  • Ethereum: +6,33%
  • Tether: 0
  • USD Coin: -0,01%
  • BNB: +4,76%

Ainda, nas commodities:

  • Ouro: +0,87% (US$ 1.727,80/Onça Troy)
  • Petróleo Brent (Futuros): -5,20% (US$ 88/Barril).
  • Gás Natural: -3,72% (US$ 7,84/m³)
  • Minério de Ferro (Futuros): -0,26% (US$ 97,19/Tonelada)

Agora vamos falar de ações e stocks (ações no exterior).

Morning call de ações

Vecteezy

NOTÍCIAS PARA RETOMAR O FÔLEGO PÓS-FERIADO

  • PRIO informa queda de 12,8% n produção diária no mês de agosto comparado a julho.
  • CSN informa conclusão na aquisição de 100% da LafargeHolcim pela CSN Cimentos.
  • O Pão de Açúcar prevê inauguração de até 300 unidades até 2024, sendo 50 supermercados e 250 lojas.
  • O Branco Banrisul aprovou pagamento de JCPs em R$ 45 milhões, o pagamento em 28 de setembro será de mais ou menos R$ 0,11 por ação.

IPHONE 14 MAIS CARO NO RESTO DO MUNDO, MAS NOS EUA E CHINA AINDA É O MESMO PREÇO

O preço do iPhone 14 em relação o iPhone 13 está mais caro no Reino Unido, Japão e Alemanha. O aumento se deve ao fato de que os custos dos componentes aumentou e o dólar está mais forte, conforme estudo de alguns analistas.

No entanto, não aumentou o preço na China onde a Apple tem um de seus principais mercados e que continua a enfrentar ventos contrários econômicos por conta dos bloqueios da COVID e dados que demonstram a dificuldade da economia por lá.

Para efeitos de comparação o iPhone 14 começa em US$ 799, com o preço mais alto que é do iPhone 14 Pro Max começando em US$ 1.099, assim como era no lançamento do iPhone 13. No entanto, no Reino Unido o valor de lançamento do Iphone 13 e 14 tem um aumento de US$ 80, enquanto na Austrália é de US$ 33, no Japão é US$ 146 e Alemanha US$ 100.

Uma pesquisa aponta uma contração de 13% neste ano para o mercado de smartphones na China, por isso acredita-se que a empresa optou por manter os preços. Por lá ela tem participação de 70% no segmento e conta com as sanções dos EUA que diminui o aparecimento da Huawei por lá.

Agora vamos às notícias do mercado interno e mundial:

Resumo de notícias do Brasil e exterior

Brasília – DF, 07/09/2011. Esquadrilha da fumaça. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR – Wikipedia

Inscreva-se na Pior Newsletter Possível!

Receba os melhores conteúdos (ou não) gratuitamente!

Usamos a Sendinblue como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para enviar este formulário, você reconhece que as informações fornecidas por você serão transferidas para a Sendinblue para processamento, de acordo com o termos de uso deles

200 ANOS DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL, COMO ESTAMOS?

Simultaneamente muitos comemoram o ato da independência do nosso País ontem, mas o que mudou desde a época em que a expectativa de vida era de 25 anos, com escola apenas para brancos e uma população de 4,5 a 4,8 milhões de habitantes dos quais 1/3 eram escravos?

Ao passo que essa população é basicamente menor em densidade demográfica que a do Estado de Goiás com seus 7,2 milhões de pessoas, enquanto o Brasil todo tem 215 milhões de habitantes, ou seja: 4.200% de aumento nesses 200 anos. Em relação à expectativa de vida: de 25 anos, passamos para 76 anos.

Agora, falando no Brasil e seus negócios, passamos de um país com economia agrária e baseada na exportação de matéria-prima como café, açúcar, tabaco e ouro para uma economia com forte participação do agronegócio, mas também com importância no setor de serviços e indústria.

O analfabetismo em 1822 era de 81%, enquanto hoje é de 6,6%, mas o analfabetismo funcional atinge quase 30% da população, ou seja: praticamente 1/3 da população brasileira apesar de ler e escrever reconhecendo letras e números apresentam dificuldade em compreender textos simples.

Nesse ínterim, 200 anos se passaram e o Brasil continua sendo exportador de matéria-prima e importador de produtos industrializados. Desta forma somos diretamente afetados pelas variações cambiais do mercado internacional. Países mais industrializados vivem menos oscilações referente aos ciclos que países exportadores de matéria-prima, pois aqueles estão mais protegidos dessas flutuações porque os produtos industriais são menos dependentes dos humores do mercado mundial do que as commodities, por exemplo.

Atualmente somos a 10ª maior economia do mundo, 8º lugar em relação ao desempenho do PIB quando comparado a outras 32 economias como Estados Unidos, Peru, China e Suíça, por exemplo. No entanto, somos uma das nações menos competitivas do mundo no quesito de capacidade de gerenciar fatores e competências que possibilitem o alcance de um crescimento econômico de longo prazo.

MAIS INDÍCIOS DE RECESSÃO GLOBAL

Primeiramente, o petróleo Brent tem seu preço reduzido à medida que os temores de recessão estão cada vez aumentando mais. Nesse sentido, os valores estão abaixo dos níveis antes da invasão da Ucrânia pela Rússia, somando-se aos dados comerciais chineses com pessimismo e que conta com o preço de energia na Europa cada vez mais acentuado.

Do mesmo modo, por todo mundo os bancos centrais devem continuar subindo taxas de juros para conter a inflação e desta forma os Estados Unidos podem estar em melhor posição fazendo com que o dólar pressione os preços do petróleo por que a moeda deles é usada na maior parte das vendas mundiais.

Outro sinal que aparenta a chegada da recessão global é que as taxas de envio estão caindo, O volume de comércio global desacelera e o frete tem preço menor como resultado da diminuição da demanda por mercadorias. Não podemos esquecer, no entanto, que as taxas do frete caíram também em razão da flexibilização das interrupções da cadeia de suprimentos. Nesse meio tempo o volume do comércio mundial de mercadorias está estagnado com crescimento anual no primeiro trimestre diminuindo para 3,2% enquanto no último trimestre de 2021 era de 5,7%.

Por fim, mais uma vez esse movimento é visto em decorrência da Guerra entre Rússia e Ucrânia, juntamente com os bloqueios na China.

Agora, as notícias sobre Fundos Imobiliários:

Morning Call de Fundos Imobiliários

2 agosto

Gorila

Inicialmente, no pregão de terça-feira (6/09) o nosso IFIX fechou com queda de 0,13%,‌‌‌ ‌‌aos ‌‌2.977 pontos.‌‌‌ ‌‌‌No ‌‌‌mês de setembro o índice está em +0,02% e no ano‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ ‌‌‌2022 a variação é de‌‌‌ ‌6,14%.

Entre os destaques positivos da sessão:

  • SNFF11: +1,96%
  • GTWR11: +1,88%
  • TGAR11: +1,69%
  • OUJP11: +1,29%
  • HSLG11: +1,22%

Já os destaques negativos:

  • RBRF11: -2,88%
  • BPFF11: -2,52%
  • BLMR11: -1,89%
  • CARE11: -1,75%
  • BRCR11: -1,66%

Agora, vamos ao mundo cripto:

Morning call de Criptoativos

Seu Dinheiro

AREZZO USA BLOCKCHAIN PARA RASTREAR MATÉRIA-PRIMA

Antes de tudo, a empresa não é a primeira a fazer uso da tecnologia. Segundo dados, a Renner e Youcom já utilizam a tecnologia, da mesma forma a Arezzo&Co resolveu investir na tecnologia criptografada. Assim, o couro que é amplamente utilizado pelas marcas da empresa terão como compartilhar com os clientes a origem de seus produtos.

Atualmente a empresa quer se comprometer com o público, de forma que os insumos sejam rastreados em suas cadeias e certificados até o ano de 2024 em 100%, em suma.

Em síntese, a empresa busca garantir um compromisso com o movimento ESG junto aos consumidores e assim aumentar a transparência na cadeia de produção para aprimorar a veracidade dos dados sobre suas certificações.

Assim termina nosso morning call. Bons investimentos.

Conte-nos a sua opinião...