Risco Brasil aumenta, FED fala em controlar a inflação sem causar recessão e Tricolor pagará compra de jogador com criptomoeda,


Ouça as notícias pelo nosso podcast

Bom dia, Investidor Sardinha. Este é o Soco Matinal, as principais notícias do dia no mercado financeiro, tudo em 5 minutos, para você já começar o dia zonzo.

Primeiramente, no pregão de quarta-feira, (27/7/2022) o IBOVESPA (índice da nossa bolsa de valores) subiu 1,67%, fechando em 101.437 pontos. De toda forma, o movimento positivo veio com a notícia do FED sobre aumentar a taxa de juros, assim como outros dados que vamos comentar mais à frente.

De antemão, do lado das maiores altas tivemos empresas como:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
  • GOL: +10.93%
  • PÃO DE AÇUCAR : +8.37%
  • YDUQS: +7.20%

Por outro lado, dentro do índice as maiores quedas foram registradas pelas empresas:

  • TELEF BRASIL: −3.21%
  • TIM: −1.59%
  • SANTANDER: −0.46%

Por fim, saindo um pouco do mercado nacional, vamos falar sobre as bolsas mundiais e os índices de mercado internacional.

Morning call de Índices Internacionais

Banco Central da Colômbia – Bloomberg Línea

Atualmente no cenário internacional as bolsas mundiais fecharam positivamente ontem com a notícia de aumento da taxa de juros em uma política do FED para voltar à meta de inflação. Contudo, o FED pretende desacelerar o crescimento da economia de forma leve para que não haja uma recessão. O próximo ajuste, conforme Jerome Powell informou, dependerá dos próximos indicadores, como relatórios de mercado de trabalho, o PIB do segundo trimestre dos EUA, dados de atividade e inflação.

Ao mesmo tempo, o dólar fechou com queda expressiva de de 2,02%, em R$ 5,24.

Nos Estados Unidos as bolsas tiveram perfomance no seguinte patamar:

  • Dow Jones: +1,37%
  • S&P 500: +2,62%
  • Nasdaq: +4,06%

Já nas bolsas europeias os resultados foram os seguintes:

  • DAX (Alemanha): -0,04%
  • FTSE 100 (Inglaterra): -0,19%
  • CAC 40 (França): +0,05%
  • FTSE MIB (Itália): +0,97%

Por fim, nas bolsas asiáticas:

  • Nikkei (Japão): +0,36%
  • Shangai (China): +0,21%
  • KOSPI (Coreia do Sul): +0,82%

Enquanto isso, as criptomoedas nas últimas 24h:

  • Bitcoin: +7,91%
  • Ethereum: +11,25%
  • Tether: +0,01%
  • USD Coin: -0,02%
  • BNB: +5,94%

Ainda, nas commodities:

  • Ouro: +0,08% (US$ 1.719,10/Onça Troy)
  • Petróleo Brent (Futuros): +2,22% (US$ 101,67/Barril)
  • Gás Natural: -3,07% (US$ 8,55/m³)
  • Minério de Ferro (Futuros): +0,22% (US$ 106,24/Tonelada)

Agora vamos falar de ações e stocks (ações no exterior).

Morning call de ações

Suno

SUZANO TEM LUCRO LUCRO MENOR E AMBEV TEM AUMENTO DE 4,2% NO LUCRO AJUSTADO

A empresa de celulose acabou encerrando o 2T22 com lucro líquido consolidado de R$ 182 milhões, o que superou as expectativas de R$ 491 milhões de prejuízo. Considerando o 2T21 quando a empresa indicou R$ 10 bilhões, o resultado atual significa uma queda de 98% do lucro, mas isso é explicado pela questão da variação cambial e marcação à mercado de derivativos.

Por outro lado, a receita líquida cresceu 17% na base anual, no valor de R$ 11,5 bilhões, superando as expectativas do mercado que projetava um montante de R$ 10,8 bilhões.

Da mesma forma como indicado pela Klabin, a empresa conseguiu repassar o reajuste dos preços, contornando os problemas enfrentados pelos efeitos da guerra entre a Rússia e Ucrânia.

Agora falando da Ambev, a empresa indicou que teve lucro ajustado de R$ 3,08 bilhões no 2T22 e mesmo com pressões de custo o desempenho do volume e crescimento da receita líquida aumentou.

Enquanto no Brasil houve grande impulso no aumento do volume de cerveja, países como os pertencentes à América Central e o Caribe tiveram desempenho de volume negativo. E algo que chama a atenção é que na Nicarágua e empresa enfrentou um problema de escassez de garras de vidro.

Por fim, a empresa destacou a importância das commodities que levaram a um aumento de 17,8% no CPV/hl (custo de produtos vendidos por hectolitro).

JETBLUE CRIARÁ A QUINTA MAIOR COMPANHIA AÉREA DOS EUA

Em acordo de US$ 3,8 bilhões, a JetBlue pretende comprar a Spirit depois do acordo de fusão entre Spirit e Frontier ter sido encerrado nesta quarta-feira, pois não houve apoio dos acionistas para esta fusão. Com a operação da compra da Spirit pela JetBlue, o valor de US$ 33,50 será pago aos acionistas da Spirit.

Desta forma, se aprovada pelos reguladores, a compra da Spirit pela JetBlue será o primeiro grande acordo desde 2016, quando a Alaska Airlines comprou a Virgin America, vencendo a JetBlue.

Depois do anúncio, as ações da Spirit subiram mais ou menos 4% no pré-mercado e a JetBlue 1%. A Frontier teve queda de 1%.

Agora vamos às notícias do mercado interno e mundial:

Resumo de notícias do Brasil e exterior

Guia do Investidor

RISCO BRASIL

Com todos os fatos acontecidos no âmbito fiscal, com questões de orçamentos e outros aspectos, o que se nota é uma dificuldade do Tesouro Nacional Brasileiro para colocar seus títulos no leilão.

Atualmente, mesmo com taxas mais elevadas, os títulos estão sobrando, mas esse não é um problema exclusivo do Brasil, a gente vê que isso ocorre também na Europa, principalmente na Itália, por exemplo, com dívida de 152% do PIB.

Embora não sejamos os únicos a enfrentar a alta inflação, o risco fiscal pesa muito na nossa economia quando o ponto de vista é do exterior, pois parte do mercado vê que os benefícios concedidos por ora podem ser permanentes, ainda que sejam classificados como temporários.

Somando-se a isto o fato de que somos um País com alta carga tributária, temos um grande problema a ser resolvido quando estamos diante destes gastos, pois logo à frente a arrecadação pode diminuir frente à inflação mais alta e crescimento econômico menor, assim como pode haver um grande impacto no custo do financiamento da dívida pública.

TAXA DE JUROS NOS EUA E EFEITO NA ECONOMIA BRASILEIRA

Ontem o mercado se animou com a elevação da taxa de juros nos EUA, inclusive com o discurso de seu presidente falando sobre o cuidado em não causar recessão para combater a inflação, conforme já comentamos.

Como pode ser observado, o dólar caiu e a bolsa reagiu positivamente aqui. Isso ocorre porque os investimentos e o câmbio sofrem diretamente os impactos das decisões do FED.

Quando você tem o aumento da taxa de juros nos EUA, o movimento de saída dos investidores de um país emergente para lá é quase certo, pois o risco de países como o Brasil não compensa o retorno envolvido. A gente já comentou sobre isso aqui outro dia. Com a saída dos investidores, o dólar pode se fortalecer e com o real mais fraco a gente aumenta a inflação aqui.

De toda forma, o que vimos ontem foi a nossa bolsa se valorizando e o dólar caindo, mas daqui a pouco a gente pode começar a ver uma demanda menor por bens e serviços, pois todos os países começam a aumentar suas taxas, o que torna as exportações mais baixas e diminui a produção.

Por fim, há quem diga que o dólar voltará à patamares elevados, outros cravam a ideia de uma derrubada da moeda, mas não há uma certeza sobre isso, principalmente quando se está diante de uma turbulência a nível global.

Agora, as notícias sobre Fundos Imobiliários:

Morning Call de Fundos Imobiliários

Wikipedia

Inicialmente, no pregão da quarta-feira (27/07) o nosso IFIX fechou ‌‌‌em‌‌ alta de 0,02%,‌‌ ‌aos‌‌ ‌‌2.795 pontos.‌‌‌ ‌‌‌Em‌‌‌ julho ‌‌‌a‌‌‌ ‌‌‌variação‌‌‌ ‌‌‌do‌‌‌ ‌‌‌índice‌‌‌ ‌‌‌é‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ -0,03% enquanto no‌‌‌ ‌‌‌ano‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ ‌‌‌2022,‌‌‌ ‌‌‌a‌‌‌ ‌‌‌variação‌‌‌ ‌‌‌é‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ -0,36%‌‌.

Atualmente o MXRF11 informou que o resultado menor no mês de junho se deu em razão do book de permutas financeiras ter arrecadado menos. Isso ocorreu em razão da liquidação da permuta que era esperada para junho, mas ocorreu apenas em julho. Com isso, apesar das permutas seguirem o fluxo, o recebimento de grande parte do recurso será recebido apenas no final da operação.

Agora, vamos ao mundo cripto:

Morning call de Criptoativos

YouTube

PRIMEIRO CLUBE DA AMÉRICA LATINA A USAR CRIPTO NA COMPRA DE JOGADOR É DO BRASIL

Se existe uma coisa que o Brasileiro gosta é de critpomoeda, já comentamos aqui que o Mercado brasileiro é bastante expressivo entre todos os países que possuem população envolvida no investimento desses ativos.

No entanto, agora vemos instituições fazendo uso de criptomoedas para várias negociações, como é o caso do São Paulo Futebol Clube. Eles fizeram a compra do jogador meio-campista Giuliano Galoppo que veio do Club Atlético Banfield, argentino.

Bom, vocês sabem que na Argentina o câmbio está desvalorizado, lá existe taxação diferenciada para transações em outras moedas, então a saída dos clubes para pagar e receber os valores em cripto é a salvação. O valor de 6 milhões de euros serão pagos em 6 meses, até porque o tricolor está sem grana e precisa de parceiros para realizar a transferência.

Por outro lado, ninguém divulgou a criptomoeda utilizada para a transação (mas a fofoquinha é de que foi USDC- stablecoin pareada ao dólar) e foi informado que o salário do jogador não será em criptomoeda.

Assim termina nosso morning call. Bons investimentos.


Conte-nos a sua opinião...