Situação econômica atual faz com que 60% das pessoas reduzam gastos


A situação econômica do Brasil ainda apresenta fragilidades e aproximadamente 60% das pessoas diminuíram os gastos. A coleta de dados foi realizada pelo Instituto FSB Pesquisa, com solicitação da SulAmérica.

Mesmo com o aumento de brasileiros vacinados, que suavizou as ações financeiras e também para o estresse da cabeça, o cenário econômico do Brasil ainda está abalado.

Ainda de acordo com o estudo, de 10 pessoas que foram avaliadas, 4 demonstraram estar com grande preocupação com a situação financeira do que com a própria situação física ou sentimental. Portanto, são 30% e 26% das pessoas, respectivamente. Além disso, 60% das pessoas baixaram os gastos durante a pandemia da Covid-19.

Detalhes da Pesquisa

Situação econômica atual faz com que 60% das pessoas reduzam gastos

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Segundo a análise, 66% das pessoas foram obrigadas a reduzir gastos dentro de casa. Além disso, 57% abaixaram os custos com transporte e 56% optaram por não programar a aquisição ou reformar a residência.

A pesquisa revelou também que 36% das pessoas pediram alguma espécie de empréstimo ou tiveram dívidas nos últimos 12 meses. Dentre esses, 58% creem que pagaram as contas dentro do prazo estabelecido.

Das pessoas entrevistas, foi possível notar que as que mais possuem dívidas são a geração X. Ou seja, aquelas com idade entre 40 e 60 anos. Cerca de 42% das pessoas usaram crédito no ano passado.

Precauções

Situação econômica atual faz com que 60% das pessoas reduzam gastos

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Aproximadamente 70% das pessoas envolvidas na pesquisa disseram que tomam precauções antes de utilizar o dinheiro e 44% revelaram que são poucos os momentos ou jamais economizam verba. Porém, cerca de 20% conseguem guardar o capital com frequência ou sempre, mesmo se restar até 43% do monetário no final de cada mês.

Dentre as pessoas que economizam, 36% tem como objetivo uma quantia para casos de emergências. Ademais, apenas 7% realizam investimentos. Além disso, temos também:

  • Aquisição de imóveis: 5%
  • Pagamento de contas: 6%
  • Planejamento para o futuro: 7%
  • Viagens: 6%

Positividade

Situação econômica atual faz com que 60% das pessoas reduzam gastos

O estudo também apontou, em contrapartida, uma certa positividade dentro de todo o cenário. Das pessoas envolvidas na pesquisa, 46% creem que no ano que vem tudo estará bem melhor como era antes da pandemia do coronavírus.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Esse estudo foi feito em setembro deste com um total de 2010 pessoas metidas na pesquisa, feita de forma virtual e em todos os estados do Brasil.

Leia também sobre o Aumento nas projeções em grande escala que engloba inflação, PIB e Selic!


Conte-nos a sua opinião...