Superávit na balança comercial e decisão sobre juros no Brasil e EUA nesta Super Quarta


Ouça as notícias pelo nosso podcast!

Bom dia, Investidor Sardinha. Este é o Soco Matinal, as principais notícias do dia no mercado financeiro, tudo em 5 minutos, para você já começar o dia zonzo.

Declaração do Imposto de Renda: início dia 15 de março de 2023 e encerramento dia 31 de maio de 2023.

IBOVESPA

De antemão, no pregão de terça-feira, (02/05/2023) o IBOVESPA (índice da nossa bolsa de valores) fechou em queda de 2,40% aos 101.926 pontos.

As expectativas sobre a decisão da taxa de juros aqui no Brasil e nos EUA contribuíram para a queda que vimos, assim como as commodities que caíram, Petróleo e Minério de Ferro. Vocês já sabem: a nossa bolsa tem empresas desse setor com grande participação no índice, caiu lá, cai aqui.

Tudo o que se espera, basicamente, é uma manutenção da taxa de juros aqui, que atualmente é de 13,75% e nos EUA um aumento de 25 pontos base.

Agora vamos ver os destaques do último pregão.

Inicialmente, as empresas com os melhores desempenhos dentro do índice foram:

  • IRB BRASIL: +7,40%
  • SUZANO: +2,21%
  • HAPVIDA: +1,45%

Por outro lado, as empresas com as maiores quedas:

  • VIBRA: -6,82%
  • PETZ: -6,16%
  • LOJAS RENNER: -5,93%

Enquanto isso, o dólar fechou em R$ 5,05 com uma alta de 1,19%.

Por fim, saindo um pouco do mercado nacional, vamos falar sobre as bolsas mundiais e os índices de mercado internacional.

Morning call de Índices Internacionais

Imagem: moedas de 1 real sob notas de dólares e de 50 reais – Fonte: Remessa online

Atualmente no cenário internacional as bolsas mundiais fecharam majoritariamente negativas.

Nos Estados Unidos as bolsas tiveram os seguintes desempenhos:

  • DOW JONES: -1,08%
  • S&P 500: -1,16%
  • NASDAQ: -1,08%

Já nas bolsas europeias tivemos os seguintes resultados:

  • DAX (Alemanha): -1,23%
  • FTSE 100 (Inglaterra): -1,24%
  • CAC 40 (França): -1,45%
  • FTSE MIB (Itália): -1,65%

Por fim, nas bolsas asiáticas:

  • Nikkei (Japão): +0,12%
  • Shangai (China): —
  • KOSPI (Coreia do Sul): +0,91%

Enquanto isso, as criptomoedas nas últimas 24h (07h29min):

  • Bitcoin: +2,29% (US$ 28.624)
  • Ether: +2,05% (US$ 1.866)

Ainda, nas commodities: 

  • Ouro: +1,56% (US$ 2.023,30/Onça Troy)
  • Petróleo Brent (Futuros): -5,03% (US$ 75,32/Barril)
  • Gás Natural: -4,49% (US$ 2,21/m³)
  • Minério de Ferro (Futuros): +2,32% (US$ 106,01 a tonelada)

Agora vamos falar de ações e stocks (ações no exterior).

Morning call de ações

Imagem: “IRB Brasil RE”- Fonte: IRB Brasil

IRB BRASIL SALTA ENQUANTO IBOV TEM QUEDA EXPRESSIVA

Quem te viu, quem te vê. Irbzinha da massa voltou para o IBOV e já está toda, toda. Olha, com a queda de ontem no índice a valorização dessa bichinha, podemos dizer que quase não lembramos do agrupamento que ela teve que fazer esses tempos aí por ter virado penny stock.

Agora, tem fato relevante? Não. Tem aviso importante aos acionistas? Não também. A única coisa é que foi anunciado o dia do resultado: 15 de maio depois do fechamento do mercado. Talvez para o mercado isso já seja positivo.

TEMPORADA DE BALANÇOS

Inicialmente quero dizer que a temporada de balanços não começou agora, claro, mas por esses dias é que a chapa esquentou, então vou trazer aqui basicamente todo dia um ou mais resultados.

Para explicar, todas as comparações sobre aumento ou diminuição são referente ao mesmo período do ano anterior, portanto a referência é do 1T23 contra o 1T22 (primeiros trimestres de 2023 e 2022). Por fim, Ebitda significa lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização, beleza?

CARREFOUR BRASIL

Já no primeiro trimestre do ano o varejista enfrenta um prejuízo líquido ajustado de R$ 375 milhões. Nem parece o mesmo que teve lucro líquido de R$ 421 milhões no 1T22.

O que rolou? Aumento de despesas financeiras e administrativas. E aí veio um Ebitda ajustado de R$ 1,038 bilhão que foi o resultado de uma queda de 16,8%, contando com o Grupo BIG. Sem ele a coisa já seria diferente: R$ 1,254 bilhão com aumento de 0,6%. A margem ebitda foi de 4,3% com queda de 2,4 pontos percentuais e a receita líquida cresceu 29,4% com R$ 24,385 bilhões.

Assim o lucro bruto foi de R$ 4,804 bilhões, um aumento de 29%, assim como a dívida líquida aumentou 115% com R$ 20,256 bilhões.

ISA CTEEP

Essa foi de dar alegria, einh? Aumentou o lucro líquido em 171,9% com seus R$ 306 milhões e a receita líquida em 24,6% com R$ 891,6 milhões. O Ebitda aumentou 38,9% com R$ 739,0 milhões, enquanto a margem ficou em 82,9% com aumento de 8,5 pontos percentuais.

Esses resultados foram explicados pelos custos que a empresa tem com o crescimento, além de operações para melhoras, assim como o reajuste inflacionário que foi positivo para ela. No entanto o resultado financeiro foi negativo com R$ 233,4 milhões.

IGUATEMI

Com um lucro líquido de R$ 48,8 milhões ao invés de um prejuízo de R$ 16,4 milhões, a operadora de shoppings mostrou um primeiro trimestre com lucro líquido 72,7% acima. Além disso, o Ebitda teve aumento de 20,6% com seus R$ 174,5 milhões e a margem ficou em 65,3% com mais 1,2 ponto percentual.

Por outro lado a receita líquida teve crescimento menor: 18,3% que resultou em R$ 267,1 milhões mostrando o crescimento de 15% nas vendas. Os aluguéis também aumentaram 19,7%. Ainda assim o resultado financeiro ainda ficou negativo com R$ 62,4 milhões, aumentando 67,2%.

AREZZO

Hmmm, será que a coisa não está legal para a loja de sapatos e acessórios? Com queda de 34,9% no seu lucro líquido, com R$ 63,3 milhões ela informou que isso aí foi por conta de efeitos não recorrentes e contábeis, em outras palavras: no outro trimestre ela tinha recebido créditos de PIS/Cofins, aí nesse não recebeu, então ficou com essa queda.

Ela teve alta de 27% no lucro líquido recorrente e aumentou 23,4% a sua receita com R$ 1,3 bilhão e o Ebitda recorrente aumentou 22,8% com seus R$ 164 milhões.

COPASA

Essa aí se saiu bem na fita: aumento de lucro líquido em nada menos que 101,6%, com R$ 337,7 milhões. A receita líquida foi de R$ 1,6 bilhão que representa 24,1% a mais. Ainda, o Ebitda foi de R$ 677,5 milhões, alta de 52,2%.

Entretanto não é só isso, as despesas administras também aumentaram, mas foram apenas 7,3% com o valor total de R$ 702,4 milhões.

RAIA DOGRASIL

O lucro líquido ajustado aumentou 40,4% e foi de R$ 204 milhões, enquanto o Ebitda ajustado teve elevação de 45% resultando em R$ 563 milhões. A receita bruta foi de R$ 8,48 bilhões demonstrando aumento de 21,6% ano a ano.

EXTERIOR

FORD

A fabricante está com tudo quando o assunto é SUV e caminhões. Não por menos ela conseguiu um lucro de US$ 1,8 bilhão enquanto que no ano anterior ela havia amargado um prejuízo de US$ 3,1 bilhões.

Esse resultado superou o que era esperado pelo mercado, pois ficou com um EBIT de US$ 3,4 bilhões enquanto Wall Street tinha fé que viriam US$ 2,4 bilhões.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL X HUMANIDADE

Esse é o atual cenário para muitas pessoas, inclusive para Geoffrey Hinton, Nobel da Computação, que jogou a toalha e saiu do cargo de diretor do Google e alertando para os problemas da inteligência artificial.

Ele falou sobre a questão da extinção de determinados empregos e também do problema relacionado às notícias falsas que podem ser espalhadas por aí. (É verdade, outro dia perguntei ao ChatGPT uma lista de empresas da B3 que nunca tiveram prejuízo e ele respondeu “Petrobras”, daí perguntei: tem certeza? Daí ele corrigiu a informação).

Acontece que ele mesmo contribuiu para a criação de ferramentas que acabaram servindo de base para outras como a que citei, daí ele até fala que se não fosse ele, outra pessoa teria contribuído. Agora é meio tarde também para se arrepender, né?

Agora vamos às notícias do cenário interno e mundial:

Resumo de notícias do Brasil e exterior

Imagem: abastecimento de avião – Fonte: Valor Econômico

BRASIL

  • O litro da querosene na aviação aqui no Brasil terá queda no preço médio, vai chegar para as distribuidoras com menos 11,5% no valor, afirmou a Petrobras. Já pode pedir música no Fantástico porque é a terceira queda consecutiva no mês. Só neste ano já vimos uma queda de mais de 1/4 neste combustível. No entanto o valor atual ainda é 124% a mais do que tínhamos em abril de 2020.
  • O Brasil fofinho que é, mais a China, outra queridona, querem dar uma ajudinha para a Argentina. E aí entram no jogo as linhas de financiamento para comércio exterior, coisa que já mencionei na edição passada. Só que assim, né? Vamos falar a verdade: Argentina esse ano tem eleição e daí a gente fica com a pulga atrás da orelha: será que essa linha de crédito é mesmo uma questão de negócios? Já a China olha a falta de dólar na Argentina e tem a tendência de não se meter nas questões políticas dos hermanos. Enfim, estamos aqui de braços abertos, cofre aberto também e prontos para um calote! O BRICS também está à disposição.
ECONOMIA
  • A balança comercial do Brasil teve superávit de US$ 8,225 bilhões no mês de abril e demonstra aumento de 5,5%. E advinha quem foi o parceiro que mais aumentou a importação dos nossos produtos? Argentina. 38,3% de aumento. Os EUA já deram aquela pisada no freio, nossa situação com eles nem anda muito legal também, daí teve uma queda de 7,6%.
  • O PMI da indústria no Brasil caiu pela sexta vez consecutiva e de 47 em março agora ficou em 44,3 no mês de abril. Poder de compra caiu, a demanda também deu aquela enfraquecida e assim: todo mundo tem medo do que vai restar com esses planos do Governo, daí também não teve como o setor conseguir um bom desempenho.

EXTERIOR

  • A China informou que o seu PMI Industrial teve queda e ficou em 49,2, ou seja, abaixo dos 50 pontos. O resultado veio menor do que os 51,9 vistos anteriormente. Com isso o que se entende é que estamos diante de uma contração na atividade deles. E com isso vimos a Vale caiu bastante no pregão de ontem, pois o setor de mineração como um todo perde fôlego se a China diminui a demanda com essa contração.
  • A crise bancária preocupa mesmo depois de algumas soluções adotadas como aquisição de bancos para evitar problemas de solvência. O First Republic Bank veio à falência e o JPMorgan acudiu, mas assim: com uma bela ajuda do FIDC (tipo o nosso FGC). Nessa bagunça toda, acionistas e donos de títulos do banco acabaram na pior. E aquela história de que existem bancos grandes demais para irem à falência já começa a dar um frio na espinha…
  • Nos EUA tá rolando um entrave sobre teto da dívida e o Biden está tentando negociar com o Congresso. É preciso ter pressa sobre o assunto, porque o Departamento do Tesouro dos EUA já falou: olha, o boleto vence dia 1º de junho, e aí, qual vai ser? Na vez do Trump eles aumentaram esse teto e não foi uma vez só, foram três. Só que assim, conforme isso aí vai se desenrolando e aumentando, tem risco de calote ficando mais forte, né? E aí tem que pensar bem.

Agora, as notícias sobre Fundos Imobiliários:

Morning Call de Fundos Imobiliários

Descrição de imagem: prédios espelhados, ângulo da foto debaixo para cima e o céu – Fonte: Money Times

Primeiramente, no pregão de terça-feira (02/5) o nosso IFIX fechou com 2.860 com alta de 0,04%. Assim a queda anual é de 0,26%.

Inicialmente as maiores altas foram:

  • VSLH11:  +7,67%
  • TORD11: +7,41%
  • RZAT11: +4,59%

Por outro lado, os destaques negativos da sessão foram:

  • HGRE11: -6,34%
  • RCRB11: -4,84%
  • RBRP11: -4,83%

Assim termina nosso morning call. Bons investimentos.

Conte-nos a sua opinião...