DESISTI DO MEU TRABALHO depois de aprender 2 coisas

Descubra como dois aprendizados me fizeram desistir de um trabalho como executivo empresarial e me deram a coragem para empreender.

1 de julho de 2024 - por Raul Sena (Investidor Sardinha)


Só depois de descobrir duas coisas que mudaram a minha vida para sempre, é que eu desisti do meu trabalho de executivo.

E neste post eu vou te contar exatamente o que me fez deixar para trás um trabalho que me rendia mais de seis dígitos por mês para mudar completamente o rumo da minha vida.

O divisor de águas da minha carreira

Por volta dos meus 16 anos, comecei a trabalhar com carteira assinada pela primeira vez. Pouco tempo depois, me tornei estagiário em um jornal da cidade em que eu morava, e nele fui sendo promovido então até me tornar diretor, cargo que me rendeu maior visibilidade.

Com outras empresas demostrando interesse em me contratar, optei pela mais desafiadora, uma pequena empresa. Durante o tempo em que trabalhei lá, pude acompanhar ela crescendo, também como diretor executivo, e viajava para outros países para falar sobre como crescer e se destacar na internet.

Eu já contava com experiência em Youtube, sites e, principalmente, SEO. Minha intenção na época, era de algum dia comandar a área de tecnologia de uma grande empresa multinacional como objetivo final. E eu fiz isso por um bom tempo.

Foi quando fiz minha primeira descoberta, que passou a me desanimar em relação ao meu trabalho. Me dei conta de que os gestores e donos das empresas em que eu trabalhava possuíam uma capacidade muito menor do que a minha.

Porém, a diferença é que eles tinham algo que me faltava: a coragem para começar.

Frustrado com as ineficiências que presenciava no dia a dia trabalhando com eles, passei a questionar minhas capacidades. Se eu era tão capaz, porque ainda não tinha feito nada a respeito? Com esse sentimento me consumindo, comecei a conduzir minha primeira empresa em paralelo ao trabalho. Porém, conforme ia subindo de cargo no trabalho e recebendo mais dinheiro, percebia que ganhava mais fazendo isso do que conduzindo meu próprio negócio.

Por que eu larguei a CLT?

Com minha contínua dedicação à empresa de outras pessoas, que cresciam cada vez mais, minha própria empresa foi ficando para trás. Eventualmente, isso começou a me incomodar, e passei a me sentir lesado pelo que eu estava fazendo, e me dei conta da segunda descoberta: eu era um medroso!

Por um lado, era um profissional requisitado, confiável e bem pago, a ponto de receber inúmeras propostas sem sequer enviar currículos, mas por outro, era um rapaz assustado que não confiava no próprio potencial.

Foi quando me dei conta de que estava sempre criando planos de contingência para todas as coisas que pudessem dar errado em minha vida, mas estava deixando de arriscar e viver por isso.

Quando percebi que o pior que poderia acontecer com meu fracasso era voltar a trabalhar para os outros, me concentrei, peguei meu dinheiro, organizei o caixa e optei por nunca mais ser mais empregado de ninguém.

Como decidi qual carreira seguir?

Foi quando desisti do meu trabalho para abrir meu próprio negócio. E acredite, não foi uma decisão fácil; frequentemente me pegava inquieto por isso. Apesar de pensar bastante, foram em torno de 4 ou 5 meses trabalhando muito até as coisas começarem a funcionar como eu queria.

Comecei com o Grupo Bolha, minha empresa de sites, e em seguida iniciei este site, cadastrando todas as empresas da bolsa, até por fim iniciar, como um hobby, o canal Investidor Sardinha no Youtube.

Também tive um jornal regional online, e entrei em coparticipação em alguns outros negócios, e fui me dedicando sem saber qual iria dar certo. Com o tempo, eles foram rendendo frutos, e até o que era meu hobby foi crescendo, e com isso eu tomei então minha decisão do que fazer da vida.

Ou seja, quando eu comecei a agir como se não tivesse medo, as coisas começaram a acontecer e dar certo. Quando se tem foco e dedicação no que se objetiva, as coisas podem começar a funcionar do jeito certo.

Dá uma olhada neste meu vídeo onde eu aprofundo mais essa conversa com vocês:

Então se você quer ajuda de como se preparar para essa jornada do ponto de vista financeiro, faça a sua análise de perfil na AUVP, nossa escola online de investimentos. Se receber aprovação, você vai aprender a investir no Brasil e no mundo inteiro.

Para se manter por dentro das novidades do mundo das finanças, acompanhe também os conteúdos do perfil @oraulsena no Instagram e pelo canal @investidorsardinha no Youtube.

Agora que você já sabe tudo sobre quando desisti do meu trabalho, leia também: 10 dicas importantes para quem quer largar a CLT e empreender

O que acontece se não declarar o Imposto de Renda? Testei na PRÁTICA!

Fazer faculdade no Brasil vale a pena? A realidade é difícil de engolir

Ibovespa caindo! – Onde estou investindo para proteger o meu dinheiro?

A enorme BOMBA que pode enterrar de vez o Brasil