Parcelar é melhor do que comparar à vista?

Uma das maiores polêmicas financeiras entre os brasileiros é se parcelar é melhor do que comprar à vista. Descubra a melhor opção para você!

27 de maio de 2024 - por Raul Sena (Investidor Sardinha)


Essa é uma das maiores dúvidas, e também das mais polêmicas. Parcelar é melhor do que comprar à vista?

Dividindo opiniões entre os brasileiros, a verdade é que depende de muitos fatores. E ao longo deste artigo eu vou te explicar exatamente o porquê a resposta é mais complexa do que parece, e tentar resolver de uma vez por todas essa questão do que vale mais a pena.

Quando devo parcelar uma compra?

Quem nunca se viu tentado por aquelas suaves prestações de 12x sem juros? Parece uma maravilha, né? Mas será que é sempre um bom negócio?

A primeira coisa a levar em consideração é que o parcelamento não deve ser feito quando você não tem dinheiro para comprar. Essa é a pior armadilha que você pode cair.

Ao dividir a compra, a gente tende a sentir menos o impacto no bolso, mas essa sensação pode levar a um descontrole financeiro sem volta.

Ou seja, evite o máximo que puder se comprometer com gastos com os quais você não consegue lidar, pois esse tipo de conta vira uma bola de neve e ninguém quer passar a vida trabalhando só para pagar dívidas.

Comprar à vista ou no cartão?

Pagar à vista é o famoso “matador de dívidas”. Quando a gente paga tudo de uma vez, não fica preso a parcelas futuras e ainda tem a possibilidade de negociar descontos. A vantagem é que ele traz uma sensação de liberdade, porque a dívida é liquidada na hora.

Além disso, ao pagar à vista, você evita a tentação de acumular mais dívidas com outras compras parceladas. Mas calma, não estou dizendo que parcelar é sempre ruim.

Existem situações onde o parcelamento pode ser vantajoso, principalmente quando estamos falando de investimentos ou compras que têm um impacto significativo no nosso orçamento.

Parcelar pode ser uma estratégia interessante se o valor total da compra for investido, por exemplo, e os juros forem superiores ao desconto oferecido pelo pagamento à vista.

Mas atenção: sempre verifique as condições do parcelamento para não cair na armadilha que te falei antes.

Dá uma olhada nesse meu vídeo onde eu simulo opções em que o parcelamento seria viável e quando ele não vale a pena:

Qual a Melhor Escolha?

Depende do seu perfil financeiro, das suas prioridades e do seu planejamento. Se for para conseguir um rendimento baixo, e ter que ficar esquentando a cabeça por R$ 10, R$ 12 reais no final, não vai valer a pena fazer todo esse malabarismo para ficar vigiando as parcelas e sacando o valor.

Mas se você já tem dinheiro suficiente guardado e não tem muito com o que se preocupar, e o desconto não passa de 5%, a melhor coisa é passar tudo no cartão. Pode sair até mais vantajoso, caso você tenha benefícios como cashback, milhas e outros descontos que a operadora oferece.

Mas quer parar de ficar se preocupando com esse tipo de cálculo e aprender a investir de verdade? Entra na AUVP, nossa escola de educação financeira e faça a sua análise de perfil para começar a tomar as melhores decisões financeiras para a sua vida.

Acompanhe também nossos conteúdos gratuitos no Instagram @oraulsena e no canal do Youtube @investidorsardinha.

O que acontece se não declarar o Imposto de Renda? Testei na PRÁTICA!

Fazer faculdade no Brasil vale a pena? A realidade é difícil de engolir

Ibovespa caindo! – Onde estou investindo para proteger o meu dinheiro?

A enorme BOMBA que pode enterrar de vez o Brasil