Selic em 10.50%: onde investir em renda fixa?

Descubra os melhores investimentos de renda fixa para 2024 e aprenda como maximizar seus ganhos mesmo com a SELIC em 10.50%. Leia mais!

14 de maio de 2024 - por Raul Sena (Investidor Sardinha)


Com a taxa SELIC em 10.50%, muitos investidores se questionam sobre as melhores opções de investimento em renda fixa para o ano de 2024.

Nesse cenário de mudanças na economia brasileira, entender a relação entre risco e retorno na busca por outros meios para melhorar os ganhos financeiros faz toda a diferença, e é disso que vou tratar hoje neste artigo: sobre como manter seu dinheiro rendendo sem sair da renda fixa.

Relação Risco x Retorno

No mercado financeiro, existem duas regras que não mudam jamais: quem tem mais ganha mais; e quanto maior a promessa de ganho, maior o risco.

Investir em ativos de baixo risco costuma trazer retornos mais modestos, enquanto os investimentos mais arriscados podem acabar significando maiores lucros.

Por exemplo, se você decide investir em uma empresa sólida e segura nos EUA, assume um baixo risco, mas vai rentabilizar menos sobre o investimento. Já em um cenário em que você investe na Argentina, a situação se inverte. A promessa de ganhos maiores até existe, mas traz junto o risco de calote.

Porém, nem tudo está perdido: no Brasil, ainda temos algumas opções interessantes de investimento em renda fixa.

Você provavelmente já até ouviu falar delas: LCI, LCA e o já popular CDB. São opções mais seguras, com retornos normalmente menores, mas que podem ser uma boa escolha para quem não quer se arriscar. Perfeitas para uma situação como essa, com a selic em 10.50%

Vantagens e Desvantagens das Debêntures

Agora vamos falar de opções mais avançadas, ainda em renda fixa, mas que podem valer a pena considerar: as debêntures.

Debêntures são títulos emitidos diretamente pelas empresas que querem pegar um dinheiro emprestado no mercado.

A vantagem é que você empresta o seu dinheiro direto pra empresa, e se ela se sair bem, você também ganha.

Mas é preciso se manter alerta, porque se a empresa quebrar, todo o seu investimento pode ir por água abaixo também, uma vez que esse tipo de insumo não conta com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Como Montar uma Carteira com Debêntures?

Para você que se interessou em incluir debêntures na sua carteira de investimentos, vale a pena então seguir algumas dicas:

  • Diversifique seus investimentos em debêntures e em diferentes empresas, reduzindo seus riscos, exatamente como faria em uma carteira de ações;
  • Fique de olho nas debêntures incentivadas, que oferecem vantagens fiscais interessantes.

Nesse meu vídeo eu explico com detalhes como montar uma carteira de debêntures, dá uma olhada:

Não perca a chance de otimizar seus investimentos e potencializar seus ganhos neste novo cenário econômico.

Se você ganha um valor acima da média e quer dar um passo adiante no mundo dos investimentos, faça uma análise de perfil na minha escola, a AUVP.

Aproveite para aprender mais sobre investimentos e educação financeira acompanhando as nossas redes @investidorsardinha no youtube e o perfil @oraulsena no Instagram.

Agora que você já sabe o que fazer com a selic em 10.50%, leia também: Debêntures permutáveis: o que são e como funcionam?

O que acontece se não declarar o Imposto de Renda? Testei na PRÁTICA!

Fazer faculdade no Brasil vale a pena? A realidade é difícil de engolir

Ibovespa caindo! – Onde estou investindo para proteger o meu dinheiro?

A enorme BOMBA que pode enterrar de vez o Brasil