Como fazer um plano de negócio: importância e primeiros passos

O plano de negócio é o ponto de partida se coloca todo o potencial do negócio em termos de lucratividade e diferenciais, sendo realista.

12 de outubro de 2021 - por Pedro Guimarães


Para todo o empreendedor, o plano de negócio é o ponto de partida. Ou seja, é neste plano que você coloca todo o potencial de seu negócio em termos de lucratividade e diferenciais.

Porém, o plano de negócio tem que ser realista. Neste sentido, é preciso relacionar todas as despesas que você terá com o seu negócio, como despesas fixas e variáveis.

Além disso, neste planejamento você calcula o quanto será investido, os sócios (se tiver) e o porte de sua empresa, bem como a análise da concorrência.

Conceito do plano

Como fazer um plano de negócio: Conceito, importância e passos

Basicamente, o plano de negócio é um documento onde você registra e descreve por inteiro o seu negócio. Neste sentido, você planeja os seus objetivos e as estratégias para alcançá-los.

Contudo, é preciso ser realista e descrever detalhadamente a viabilidade de seu empreendimento.

Assim, com uma análise do mercado de seu segmento, você tem que ver se vale a pena o investimento. Ou seja, se o setor que você investirá não está saturado, caso esteja, se você possui um diferencial que destaque o seu negócio.

Além disso, outros pontos que farão parte de um bom plano de negócio são as análises de mercado e o funcionamento operacional.

Importância de um plano de negócio

Como fazer um plano de negócio: Conceito, importância e passos

Primeiramente, qualquer projeto precisa de um plano, seja um projeto empresarial, educacional ou até artístico. Neste sentido, para tudo que você queira elaborar e que tenha o objetivo de ser eficaz é necessário um plano.

Para dar um exemplo, se você quer abrir um restaurante, primeiro você precisa ter informações da região que você vai abrir seu negócio. Neste sentido, precisa saber sobre o público que passa pelo local, os moradores do bairro e, o mais importante, a concorrência.

Assim, com estas primeiras informações você saberá como divulgará o seu restaurante, e como irá buscar um diferencial que destaque o seu restaurante frente aos demais da região.

Além disso, quando acrescentar o investimento, despesas e lucratividade terá uma noção prévia da funcionalidade da empresa na lógica de mercado.

No entanto, os fatores presentes nesta lógica são: projeção de retorno financeiro, balanço entre receita e despesas, prazo para saudar a sua dívida de investimento.

Passos na elaboração

Como fazer um plano de negócio: Conceito, importância e passos

  • Informação: pesquise sobre o seu setor em jornais, revistas, associações, feiras, cursos e junto a outros empresários do ramo;
  • Traçar um caminho: O plano não deve ser encarado como um instrumento rígido. Neste sentido, está sujeito a correções;
  • Clareza: Quanto mais o negócio for mapeado em todas seus pontos positivos e negativos melhores serão os resultados;
  • Objetivo do plano: O principal beneficiário de um bom plano é o empreendedor. Contudo, ele é feito também para angariar sócios e investidores.

Sumário executivo do plano

Como fazer um plano de negócio: Conceito, importância e passos

Para começar o plano de negócio é preciso definir um sumário executivo. Assim, você colocará neste sumário os dados mais importantes que descrevem o seu negócio:

  • Principais pontos do plano;
  • Dados dos empreendedores: experiência profissional e outras atribuições;
  • Dados do empreendimento;
  • Missão da empresa;
  • Setor;
  • Forma jurídica;
  • Enquadramento tributário;
  • Capital social: Investimento;
  • Fontes de recursos: recursos próprios ou de bancos.

Descrição dos principais pontos do plano de negócio

Basicamente, nesta descrição, você colocará primeiro os seus principais produtos ou serviços definindo o seu negócio.

Além disso, é preciso mapear quem serão seus clientes. Ou seja, o seu público-alvo. Para obter este dado, você precisa ter bastante conhecimento porque ele diz respeito ao seu ramo.

Contudo, outro fator muito importante é a localização de sua empresa, pois é preciso realizar este empreendimento perto de seu público. Porém, se seu negócio é digital e funciona somente na web, é preciso também conhecer o seu público e onde ela trafega nas redes sociais.

Capital plano de negócio

No âmbito da capitalização, é preciso primeiro saber quanto será investido e quanto será o faturamento mensal. Assim, a partir destes dados, ter uma estimativa da lucratividade em relação ao que foi investido e ao faturamento mensal.

Vale lembrar que faturamento e lucro são dados diferentes. Assim, o faturamento mensal é o quanto uma empresa tira no mês, sem ainda descontar as despesas. Ou seja, é o dinheiro bruto. Por outro lado, o lucro é o valor mensal que sobrou após descontar as despesas. Neste sentido, é a liquidez da empresa.

Por último, o que deve constar em um plano de negócio também é o retorno do capital. Ou seja, qual o tempo necessário para que o capital investido retorne. A propósito, este dado é muito importante quando o empreendedor tem que apresentar o plano para um investidor, sejam investidores particulares ou bancos.

Se você precisa de  informação sobre investimentos para aumentar seu capital, leia também: como escolher e abrir conta em uma corretora?

10 livros essenciais para entender sobre economia comportamental

10 dicas de como melhorar a sua relação com o dinheiro

Mitos e verdades sobre empreendedorismo que devemos conhecer

8 dicas do que fazer com a restituição do IR