Juros de mora: o que são e como calcular?


Os juros de mora são um tipo de juros cobrado quando ocorre o atraso no pagamento de uma conta. Desse modo, ele funciona como uma compensação pelo atraso no pagamento.

A cobrança dos juros de mora é feita em cima do valor que está em aberto e cresce de acordo com o tempo de atraso na quitação.

Portanto, quanto mais tempo demorar para pagar a conta atrasada, maior será o valor dos juros de mora.

No entanto, o percentual cobrado nos juros, não pode ser maior do que 1% ao mês, pois este é o limite definido pelo Código Civil e pelo Código Tributário Nacional.

Apesar de parecer uma porcentagem pequena, os juros de mora estão longe de serem inofensivos. Isso porque, se a sua conta tiver um valor muito alto e você atrasar por muito tempo, os juros ficam bem altos.

Logo, os juros de mora podem acabar prejudicando a sua receita mensal, sendo que ele é um dinheiro que você poderia usar em outras coisas.

Como calcular os juros de mora?

Os juros de mora são calculados em cima do valor da parcela em atraso e sobre o tempo em que a conta está atrasada.

Contudo, o Código Civil e o Código Tributário Nacional determinam que o percentual de juros não pode ser maior do que 1% ao mês.

Sendo que, quando o atraso é inferior a 30 dias, o cálculo é proporcional: 0,0333% por dia de atraso, aplicado em cima do valor da conta. Portanto, os juros correm até o dia do pagamento.

Para você entender melhor, vamos usar um exemplo. Vamos supor que você deve uma prestação de R$ 1000, com uma taxa de juros de mora de 1% ao mês.

Vamos imaginar também, que o vencimento foi no dia 10 do mês, mas você pagará a conta apenas no dia 30. Sendo assim, o cálculo é:

  • 1000,00 x ( 1% ÷ 30 ) x 20 dias de atraso = 1000 x 0,67% = R$ 6,70

Portanto, o valor final a pagar, com os juros de mora aplicados, é: 1000,00 + 6,70 = R$ 1006,70.

Diferenças entre os juros e a multa demora

Os juros são cobrados segundo a legislação brasileira. Já as multas, são cobradas apenas por aquilo que estiver estabelecido em contrato.

Por exemplo, se você atrasar o pagamento de um boleto por 1 dia ou 20 dias, a multa será a mesma. Isso porque, a multa tem um valor fixo.

Por outro lado, os juros de mora são proporcionais ao tempo de atraso e são cobrados em cima do valor da parcela devida.

Um detalhe importante é que a multa e os juros de mora podem vir juntos. Com isso, você pode ter um prejuízo bem grande.

Vamos usar novamente o exemplo em que você atrasa uma conta de R$ 1000 por 20 dias. Só que dessa vez, além do juros de mora, vamos considerar a multa de 2%. Sendo assim, temos o seguinte cálculo:

Multa por atraso: 1000,00 x 2% = R$ 20,00

Inscreva-se na Pior Newsletter Possível!

Receba os melhores conteúdos (ou não) gratuitamente!

Usamos a Sendinblue como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para enviar este formulário, você reconhece que as informações fornecidas por você serão transferidas para a Sendinblue para processamento, de acordo com o termos de uso deles

Juros de mora: 1000 x 0,67% = R$ 6,70

Portanto, a soma do valor a ser pago com juros e multa é de 1000 + 20 + 6,70 = R$ 1026,70. 

Vale destacar que a multa de mora pode ocorrer também em negociações entre duas pessoas jurídicas firmadas em contrato.

Nesse tipo de situação, a multa de mora pode variar de 10% a 20% sobre o valor estabelecido no contrato.

Juros moratórios versus juros compensatórios

Os juros de mora são juros moratórios. Isso porque, eles funcionam como uma punição contra quem atrasa o pagamento de uma conta.

Por outro lado, os juros compensatórios ou juros remuneratórios, funcionam de forma diferente dos juros de mora. Isso porque, nos juros compensatórios não existe uma punição.

Em resumo, os juros remuneratórios são cobrados em cima do valor de um empréstimo. Sendo que eles são sempre informados na hora da aquisição do crédito.

Dicas para evitar os juros de mora

Algumas dicas para evitar os juros de mora são:

1- Organização

Por meio da organização das suas contas, você consegue evitar que elas vençam e você tenha que pagar os juros de mora.

Uma forma de fazer isso, é colocar todas as contas possíveis no débito automático. Você pode ainda agendar lembretes no celular alguns dias antes do vencimento dos boletos.

2- Controle dos gastos

Além disso, não deixe de manter um controle dos seus gastos. Assim você evita gastar mais do que o planejado. Até porque, se você gastar depois, pode faltar dinheiro para pagar alguma conta depois.

LEIA MAIS

O que são juros rotativos?

Tipos de Juros: conheça os sete principais e como impactam suas finanças

Entenda a mágica dos juros compostos e saiba como e onde calcular

Países com as maiores taxas de juros do mundo

O que é Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP)?

Taxa de juros em 2022: confira as projeções da Taxa Selic

Como calcular juros simples: passo a passo para não errar

Conte-nos a sua opinião...