O que é IGP-M e como funciona o índice?


Neste texto, vamos aprender um pouco sobre IGP-M. Assim, este aprendizado servirá para seus investimentos. Basicamente, o IGP-M  é um índice que mede a inflação. Ou seja, seu significado é: Índice Geral de Preços do Mercado.

Portanto, este índice, junto com outros indicadores, influencia a economia de maneira geral. Além disso, este índice também ficou conhecido como inflação do aluguel. Isto aconteceu pelo seu uso no ajuste de preços de locações.

Assim, para você entender todos os aspectos do IGP-M, vamos mostrar como ele funciona.

O que é o IGP-M?

O que é IGP-M: conceito, funcionamento e abrangências

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Até aqui você já viu que o IGP-M é um índice de inflação ligado também aos aluguéis. Mas, além disso, este índice é uma das versões do índice Geral de preços (IGP).

Portanto, existe, além do IGP-M, outras versões de IGP, como:

  • IGP-DI: índice Geral de Preços – disponibilidade interna, faz medições do mês cheio (do dia 1 a 30);
  • IGP-10: índice geral de preços 10: Mede a evolução de preços do período do dia 11 do mês corrente até o dia 10 do mês corrente;
  • IGP-M: índice geral de preço do mercado, mede do dia 21 do mês anterior ao dia 20 do mês atual.

Como funciona?

O que é IGP-M: conceito, funcionamento e abrangências

Para você ter uma ideia do IGP-M, quanto ao que ele mede, veremos o seu processo. Antes de tudo, este índice é medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Assim, a fundação registra a inflação de preços em diversos itens:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
  • Saúde referente a planos;
  • Escolas e universidades;
  • Energia elétrica;
  • Alguns tipos de seguros.

Abrangências

O que é IGP-M: conceito, funcionamento e abrangências

Basicamente, o IGP-M é mais abrangente que os outros índices. No entanto, isso acontece porque o seu cálculo leva em conta outros indicadores. Estes são:

  • IPA-M: Índice de preços do Atacado-mercado
  • IPC-M: Índice de preço ao consumidor – mercado
  • INCC-M: Índice nacional de custo de construção-mercado

Assim, deu para perceber que este índice envolve muitos fatores para seu cálculo. Neste sentido, ele passa a ser um indicador macroeconômico. Ou seja, ele possibilita ter uma noção completa da inflação e da economia brasileira.

Além disso, ele é um indexador de contratos. Portanto, ele pode determinar preços de aluguéis, seguros, tarifas públicas e outros.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Composição do IGP-M

O que é IGP-M: conceito, funcionamento e abrangências

Para você ter uma ideia mais completa sobre o IGP-M, vamos analisar os outros índices que fazem parte dele.

O IPA-M registra as variações de preço do insumo da indústria e comércio. Ou seja, os preços de produtos da agropecuária e indústria nas transações entre empresas.

Por outro lado, o IPC-M mede os preços de um conjunto de produtos e serviços determinados. Assim, ele mede o consumo de famílias em uma faixa de renda entre 1 e 33 salários mínimos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Além disso, o INCC-M avalia a variação de preços em materiais de construção e outros custos. Assim ele mede custos totais das habitações no país: materiais, mão de obra.

IGP-M acumulado e investimentos

Antes de tudo, o IGP-M acumulado é a média divulgada em 12 meses. A importância desta média para investimentos é o fato do investidor ter uma visão melhor de seu rendimento.

Portanto, se o IGP-M é cotado para cima, acontece uma desvalorização do dinheiro pela inflação.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

No entanto, isto acontece porque o poder de compra do real foi desgastado. Sintetizando, os preços sobem e os salários não são corrigidos.

Assim, o IGP-M afeta os investimentos não protegidos. Ou seja, aqueles que a desvalorização da moeda não é corrigida.

Por fim, para saber mais, leia também: Inflação de aluguéis tem queda de 1,09% no IGP-M, IPA, IPC e INCC.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Conte-nos a sua opinião...