PIX errado: o que fazer?

8 de junho de 2024, por Sidemar Castro

Tempo de leitura médio: 4 min, 6 seg


Se você enviou um PIX errado, há algumas etapas que você pode seguir para resolver o problema. A primeira é entrar em contato com a instituição financeira. Ela pode ajudar a acionar o Mecanismo Especial de Devolução (MED), que é um recurso criado pelo Banco Central para casos de golpes ou envios incorretos.

Se você não conhece a pessoa que recebeu o PIX errado, tente identificá-la por meio da chave, se for CPF, e-mail ou celular. Isso pode ajudar a entrar em contato com o destinatário e solicitar a devolução. Se você conseguiu identificar o destinatário, solicite que ele use a funcionalidade “devolver valor” para resolver o problema.

Se a chave do destinatário for aleatória, a identificação é inviável. Nesse caso, sua última alternativa é entrar em contato com a instituição financeira, informando o problema e pedir que o banco faça contato com o destinatário.

É importante agir rapidamente e entrar em contato com a instituição financeira para acionar o MED ou identificar o destinatário e solicitar a devolução.

Quer saber mais? Continue a leitura!

O que fazer se enviar PIX errado?

Se você enviou um PIX errado, aqui estão algumas etapas que você pode seguir:

  1. Entre em contato com a sua instituição financeira, informe-os sobre o erro e peça assistência.
  2. Tente falar diretamente com a pessoa que recebeu por engano. Se a chave for telefone ou e-mail, é ainda mais fácil. Você pode pedir a essa pessoa que cancele o PIX e estorne o valor.
  3. Se não funcionar, abra um Boletim de Ocorrências (BO) e procure a justiça.

Vale lembrar que o cancelamento de uma transferência via PIX só é possível em caso de agendamento, ou seja, se o valor ainda não tiver sido enviado ao destinatário.

Caso o destinatário não devolva o PIX de “boa-fé”, você pode procurar a Justiça. A pessoa que recebeu o PIX errado pode ser processada por apropriação indébita, nos termos do artigo 168 do Código Penal brasileiro.

Por fim, para evitar futuros erros, sempre verifique cuidadosamente os detalhes da transação antes de confirmar um PIX.

O que fazer se receber PIX errado?

Se você receber um PIX por engano, aqui estão algumas etapas que você pode seguir:

  1. Confira os dados do remetente e verifique se o PIX é de alguém que você conhece ou algum valor devido.
  2. Entre em contato com o remetente. Se o remetente é alguém que você não conhece, verifique se a chave PIX é um e-mail ou número de celular, tente contato com a pessoa e explique o ocorrido.
  3. Guarde todos os registros.
  4. Devolva o valor. No próprio aplicativo de seu banco, na aba do PIX, tem uma opção de extratos, e nela existe outra opção de devolução do PIX, justamente para os casos em que a transferência foi recebida por engano.

Lembre-se, sempre devolva qualquer transferência que realizaram de maneira equivocada a você.

Não devolver uma transferência recebida por engano pode configurar crime de apropriação indébita, nos termos do artigo 168 do Código Penal brasileiro.

Como evitar fazer PIX errado?

Para evitar fazer um PIX errado, aqui estão algumas dicas que você pode seguir:

  1. Verifique todas as informações do destinatário com atenção: Antes de concluir a operação, cheque todas as informações do destinatário e o valor.
  2. Evite fazer a transação com pressa ou em um ambiente desconfortável: Tome seu tempo para garantir que todos os detalhes estão corretos.
  3. Utilize a função de salvar os dados do destinatário no aplicativo do banco: Isso pode ajudar a evitar erros ao digitar as informações do destinatário.
  4. Confira o valor da transação antes de confirmar o pagamento: Certifique-se de que o valor que você está enviando é o valor correto.
  5. Utilize a função de QR Code ou chave Pix para identificar os dados do destinatário com mais facilidade e precisão: Isso pode ajudar a evitar erros ao digitar as informações do destinatário.
  6. Utilize sempre os canais oficiais do banco para fazer transferências e pagamentos via PIX: Evite fazer Pix sem ser no app da sua instituição bancária.

Sempre é melhor prevenir do que remediar. Tomar essas precauções pode ajudar a evitar erros ao fazer um PIX.

Fontes: Serasa, G1 Economia, Acordo Certo, Renessa Online, Recarga Pay