George Soros, quem é? Vida, carreira e filantropia do bilionário

Soros é um bilionário, investidor e filantropo. O seu patrimônio está estimado em torno de US$ 8 bilhões e ele já doou outros tantos bilhões para a sua organização filantrópica Open Society Foundation.

9 de novembro de 2020 - por Jaíne Jehniffer


O bilionário George Soros é conhecido mundialmente devido ao sucesso do seu próprio fundo de investimentos, o Quantum Group of Funds. O fundo, durante décadas, conseguiu um retorno de 20% ao ano. 

Além disso, Soros é famoso por sua filantropia. Desse modo, o investidor possui sua própria fundação, onde já doou mais de US$ 32 bilhões. 

Por fim, apesar de ser referenciado, principalmente, pelos investimentos e pela filantropia, George Soros também é escritor. Dessa maneira, ele publicou alguns livros sobre o mercado financeiro.

Quem é George Soros

Soros é um bilionário, investidor e filantropo. Atualmente, o seu patrimônio está estimado em torno de US$ 8 bilhões e ele já doou alguns bilhões para a sua organização filantrópica, a Open Society Foundation. 

Times of Israel

George Soros nasceu no dia 12 de agosto de 1930, em Budapeste, na Hungria. Tendo como pais Erzsébet, descendente de uma família húngara comerciante de seda e o advogado Tivadar. 

Quando nasceu, George Soros foi batizado como György Schwartz, porém, para evitar o antissemitismo que estava em crescimento na época, o sobrenome de toda a família foi mudado para Soros. Este sobrenome foi escolhido por ser fácil de pronunciar em diversas línguas e significar, em húngaro, o próximo na linha de sucessão.

A troca de sobrenomes funcionou durante um tempo. Porém, novas medidas tiveram que ser tomadas com a vinda da Segunda Guerra Mundial.

George Soros foi morar com um oficial, como se fosse seu afilhado, e recebeu o nome de Sandor Kiss. O restante da família também mudou de nome e foram morar em casas separadas. 

Quando enfim a Segunda Guerra Mundial terminou, a Hungria sofreu a invasão soviética. Dessa forma, George Soros decidiu deixar seu país e se mudar para Londres, em 1947. 

Carreira de George Soros

George Soros formou-se em filosofia, em 1951. Três anos depois, finalizou o mestrado, também na área de filosofia. Soros pretendia escrever um livro depois de formado, mas como isso tomaria um bom tempo, ele percebeu que, por enquanto, não daria para viver somente como escritor.  

George Soros, quem é? Vida, Carreira e filantropia do bilionário

Exame

Desse modo, ele arrumou um emprego como atendente, em 1954, no banco de investimentos Singer and Friedlander. Apesar de ter começado no banco apenas como atendente, logo o jovem se destacou e foi transferido para o setor de negociações de ativos

Posteriormente, George Soros decidiu tentar a vida nos Estados Unidos. Então ele se mudou, em 1956, para New York e foi contratado no F. M. Mayer onde ficou por três anos. Quando saiu do emprego, George já tinha cidadania estadunidense. 

Depois disso, o investidor foi trabalhar na Wertheim and Co. O objetivo com esse emprego era poupar meio milhão de dólares para que pudesse voltar para a Inglaterra e estudar filosofia. 

Entretanto, os objetivos de Soros não foram totalmente atingidos. Ele de fato conseguiu juntar o dinheiro, mas não parou no meio milhão. Ele também não voltou a estudar filosofia na Inglaterra, deixando o estudos somente para as horas vagas.

Por fim, George não voltou para a Inglaterra e, na verdade, se tornou vice-presidente da Arnhold and S. Bleichroeder

Quantum Group of Funds

George Soros abriu, em 1966, com US$ 100 mil, seu primeiro fundo de investimento. A experiência foi bem sucedida e, três anos depois, ele decidiu lançar o Double Eagle. 

Com a experiência da abertura dos dois fundos, o investidor criou sua própria gestora, a Soros Fund Management, juntamente com Jim Rogers. Posteriormente, a gestora foi rebatizada como Quantum Group of Funds

George Soros, quem é? Vida, Carreira e filantropia do bilionário

Uol

Inicialmente, a gestora possuía um patrimônio de US$ 12 milhões. Porém, com o sucesso da gestão de Soros, ela acumulou US$ 44 bilhões, até 2011, quando então passou a ser um fundo de investimentos destinado apenas à gerir o patrimônio da família Soros.  

O fundo de Soros é um dos mais rentáveis de todo o mundo, com um retorno médio de 20%, ao ano. George Soros atribui o sucesso à algumas estratégias simples que ele adota, como, por exemplo: seguir sua intuição, aprender com os erros e se manter bem informado. 

Filantropia

George Soros é filantropo desde 1979, época em que, durante o Apartheid, começou a doar bolsas de estudo para jovens da África do Sul. Já em 1984, o bilionário fundou o Open Society Foundation, uma organização não-governamental. 

Apnews

Somente em 2017, George Soros doou mais de US$ 18 bilhões para a Open Society Foundation. Dessa maneira, desde a criação da organização, até o ano de 2017, Soros doou mais de US$ 32 bilhões para a sua fundação. 

Livros

Apesar de ter feito fama no mundo dos investimentos, Soros não desistiu de escrever. Dessa forma, alguns de seus livros são:

A Alquimia das finanças – Nesta obra, George Soros defende a ideia de que, moralmente falando, o mercado não é bom. Isso porque, o mercado seria manipulado para defender apenas os interesses dos ricos.

George Soros, quem é? Vida, Carreira e filantropia do bilionário

Expresso

O Novo Paradigma dos Mercados Financeiros: a Crise Financeira de 2008 e o seu Significado – No livro, Soros fala sobre como ocorreu a crise de 2008 e suas consequências.

Em defesa da Sociedade Aberta – Trata-se de um livro repleto de questionamentos sobre a possível ameaça aos valores sociais e a liberdade das sociedades abertas.

A era da insegurança – Por meio dessa obra, George analisa a situação política dos Estados Unidos, no ano de 2001.

E aí, curtiu conhecer a biografia do bilionário George Soros? Então, aproveite para descobrir quais são os Homens mais ricos do mundo e do Brasil – Quem são e valor das fortunas

Fontes: Infomoney, Bbc,  Suno, getabstract, Amazon, Almedina e Estante virtual

Imagens: Ny timesTimes of Israel, Apnews, Exame, Uol e Expresso

Daniel Kahneman: biografia e carreira do Nobel de economia

Jim Simons: quem foi o criador do fundo Medalliou

Anne Werninghaus: quem é essa bilionária brasileira?

Nath Finanças: conheça a vida e carreira da influenciadora