BB tem lucro recorde, Apple perde posto de mais valiosa do mundo e Bitcoin segue caindo


Bom dia, Investidor Sardinha. Este é o Soco Matinal, as principais notícias do dia no mercado financeiro, tudo em 5 minutos, para você já começar o dia zonzo.

Em primeiro lugar, no pregão de quarta-feira, (11/5/2022) o IBOVESPA (índice da nossa bolsa de valores) subiu 1,25%, fechando em 104.397 pontos.

De antemão, do lado das maiores altas tivemos empresas como:

  • Petrobras: +5,04% 
  • Petrorio: +5,03%
  • Vale: +4,17%

Por outro lado, dentro do índice as maiores quedas foram registradas pelas empresas:

  • Qualicorp: -12,80%
  • Hapvida: -4,36%
  • Locaweb: -5,71%

Por fim, saindo um pouco do mercado nacional, vamos falar sobre as bolsas mundiais e os índices de mercado internacional.

Morning call de Índices Internacionais

Taxação de super-ricos e a alta de quase 10% de Sinqia

Banco Central do Japão – Agência CMA

Inicialmente, no cenário internacional as bolsas mundiais fecharam totalmente negativas, com exceção da nossa Bolsa, puxada pela Vale, Petrorio e Petrobras, a Bolsa da Rússia e do México. Por outro lado, o dólar está cotado a R$ 5,13 (+0,01%).

Nos Estados Unidos as bolsas performaram na seguinte linha:

  • Dow Jones: -1,02%
  • S&P 500: -1,65%
  • Nasdaq: -3,18%

Já nas bolsas europeias os resultados foram os seguintes:

  • DAX (Alemanha): -1,92%
  • FTSE 100 (Inglaterra): -2,05%
  • CAC 40 (França): -2,28%
  • FTSE MIB (Itália): -1,58%

Por fim, nas bolsas asiáticas:

  • Nikkei: -1,77%
  • Shangai: -0,12%
  • China: -0,58%
  • KOSPI: -1,63%

Enquanto isso, as criptomoedas nas últimas 24h:

  • Bitcoin: -9,72%
  • Ethereum: -18,24%
  • Tether: -0,95%
  • USD Coin: +1,29%
  • Binance Coin: -12,41%

Ainda, nas commodities:

  • Ouro: +0,46%
  • Petróleo Brent: -1,25%
  • Gás Natural: -4,02%
  • Minério de Ferro (Futuros): +1,79%

Morning call de ações

Bancários Joinvile

Banco do Brasil anuncia dados acima da expectativa

O bancão informou que teve lucro líquido ajustado no valor recorde de R$ 6,6 bilhões no 1T22, o que significa um aumento de 34,6% em relação ao 1T21. Entretanto, se comparado ao último trimestre de 2021, o desempenho foi apenas 11,5% maior.

Além disso, o ROE (retorno sobre patrimônio líquido ajustado) aumentou 17,3%, assim como o lucro teve um aumento considerando que a margem financeira subiu 3,6%, as despesas com  Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa (PCLD) tiveram redução de 27,2% e as despesas administrativas tiveram um recuo de 3,7%.

Por outro lado, receitas de prestação de serviços somaram R$ 7,5 bilhões, com uma diminuição de 3,8% comparado ao mesmo período do ano passado. Isso ocorreu em razão das receitas de operações de crédito que caíram 13,3% e mercado de capitais com -40,4%. Entretanto, as receitas com seguridade tiveram uma leve subida, com 1,4% e consórcios +4,6%.

*Esperamos que os sardinhas raiz não façam parte desse aumento de consórcio, einh? (Entenda o porquê)

Por fim, a inadimplência teve crescimento e está em 1,89%, porém esse índice é menor que aquele apresentado em março de 2021. Ainda, anunciada a distribuição de R$ 443.296.279,71 em dividendos e R$ 1.477.370.475,92 de Juros sobre Capital Próprio (JCP), ambos referentes ao 1T22.

Apple perde posto de empresa mais valiosa do mundo

Nesta quarta-feira a empresa de tecnologia perdeu o seu posto para a empresa Saudi Aramco com o valor de US$ 2,43 trilhões.

Com o aumento da taxa de juros, entre outros aspectos, a empresa de tecnologia teve uma queda de 20% desde o seu pico em 4 de janeiro, quando o seu valor era de US$132,94.

Os aspectos mais relevantes para os investidores saírem os investimentos em empresas de tecnologia e migrarem para setores com os de commodities estão relacionados à taxa de juros, inflação e problemas na cadeia de suprimentos.

Somente neste ano as ações da empresa de petróleo subiram 27%, além disso, ela informou que o seu lucro anual no ano passado aumentou mais do que o dobro em decorrência do aumento do preço do petróleo.

Agora vamos às notícias do mercado interno e mundial:

Resumo de notícias do Brasil e exterior

Contábeis

Corte de impostos como estratégia para conter a inflação

Chegamos a um ponto crítico na economia brasileira, o País conhecido por tantos impostos agora está se vendo na necessidade de cortar impostos, o que é coisa rara por aqui.

O Presidente anunciou que carnes, farinha de trigo e biscoitos terão corte de impostos de importação, mesmo sabendo que medidas como essas não revertem a inflação, afirmou o secretário-executivo Marcelo Guaranys.

A redução do imposto começa hoje e vigorará até 31 de dezembro deste ano. Assim, a carne desossada e miúdos que tinham em torno de 10% de imposto, terão imposto zero. Assim como a farinha de trigo com a mesma alíquota. Biscoito tem alíquota de 16,2% e milho de 7,2%, também terão imposto zerado.

Considerando que o imposto de importação tem função de regular o mercado e não de arrecadar valores, os R$ 700 milhões que não serão recolhidos não precisam ser compensados, ou seja: não será criado um imposto para substituí-lo.

COVID no Brasil e no mundo hoje

Embora os dados sobre pessoas infectadas e que infelizmente acabaram falecendo em decorrência da COVID-19 tenham deixado de aumentar na mesma velocidade de antes, a pandemia ainda não acabou.

A Europa já tem 2 milhões de óbitos registrados, o Brasil tem mais de 664 mil mortes, EUA tem quase um milhão de mortos e, atém mesmo a Coreia do Norte que nunca divulgou dados, afirma que tem 1 caso de COVID-19 em seu País.

Enquanto a China decreta novos lockdowns comprometendo  a cadeia de suprimentos, assim como interrompendo toda a logística de componentes como semicondutores, por exemplo. O que impacta o mundo inteiro, encarecendo produtos, seja pelo custo maior de se manter a reposição com outros fornecedores ou seja pela escassez.

Até março deste ano, os países que mais vacinaram sua população eram: Emirados Árabe, com 94,84%, Portugal, com 92,29%, Singapura, 89,82%. Seguidos de Chile, Cuba, Coreia do Sul, China, Espanha, Camboja. Em fevereiro deste ano já tínhamos mais de 93% da população vacinada no Brasil.

Agora, as notícias sobre Fundos Imobiliários:

Morning Call de Fundos Imobiliários

FIIs

Inicialmente, o IFIX fechou a quarta-feira ‌(11)‌ aos 2.764 pontos, com desvalorização de 0,15%. Desta forma, o mês de maio possui uma rentabilidade de -1,74% enquanto o ano tem rentabilidade de -1,45%.

E apesar das baixas seguidas vividas pelo IFIX, o fundo JSRE11 subiu quase 4% no pregão de ontem, além do fundo CARE11 já possuir uma rentabilidade de 35% somente neste ano.

Se você ainda não conhece, o CARE11 é um fundo imobiliário de consolidação no setor de cemitérios, jazigos e serviços funerários. Assim como ele, outros fundos acabaram performando positivamente este ano, como o CTXT11, com 21,85%, o MFAI11, com 19,76% e ONEF11, com 17,27%.

Agora, vamos ao mundo cripto:

Morning call de Criptoativos

Seu Dinheiro

Theter perde paridade com o dólar e Bitcoin segue em queda

Quando a gente pensa que acabou o pesadelo de muitos investidores, vem outra informação alarmante: Tether, que ocupa a terceira posição do marketcap também perdeu a paridade com o dólar.

Além disso, o Bitcoin atingiu o mesmo preço de 2020, quando chegou a valer US$ 27,700.

Em relação às stablecoin, ontem o token da Terra (LUNA) chegou à 96% de queda. E já se fala no “espiral da morte”para a UST. Com o pavor dos investidores, a força vendedora diminuiu ainda mais o preço do ativo e assim se seguiu a perda sistêmica do seu valor. Depois foi a vez da USDT perder a sua paridade com o valor de US$ 0,97 durante esta madrugada.

Com todo esse alvoroço, a UST tem valorização de 14,41% nas últimas 24h, enquanto AXS teve aumento de 10,88%. (Atualizado 2 horas atrás)

Assim termina este morning call. Bons investimentos e boa quinta-feira.

Por último, o prazo final para entrega da Declaração do Imposto de Renda é 31 de Maio.

Conte-nos a sua opinião...