Como juntar R$ 100 mil: 3 dicas sem abrir mão da sua vida

Descubra como juntar seus primeiros R$ 100 mil e começar a trilhar o caminho rumo à independência financeira. Leia mais aqui!

28 de maio de 2024 - por Raul Sena (Investidor Sardinha)


Uma das etapas mais difíceis para começar a investir é sair da inércia.

Como as pessoas tendem a demorar para iniciar um investimento, quando finalmente alcançam os primeiros milhares, ou elas ficam ainda mais motivadas, ou simplesmente caem na tentação de gastar o dinheiro acumulado.

Se tem uma forma de superar essa dificuldade e atingir a liberdade financeira, é juntando os primeiros R$ 100 mil, porque depois de alcançar esse patamar, a estrada se torna mais fácil de percorrer.

Neste artigo eu vou trazer algumas dicas sobre como juntar os primeiros R$ 100 mil sem abrir mão de seus prazeres na vida.

Como controlar seu orçamento pessoal?

O primeiro passo é organizar bem o seu orçamento. Não estou falando sobre calcular cada gota de café que você consome ou qualquer outro micro gasto que você tem. Mas sim de saber o valor que você tem disponível para gastar e montar uma árvore de planejamento desses gastos:

1. Divida seu salário em categorias

Vou usar de exemplo alguém que ganhe uma renda de pelo menos R$ 5000. Apesar desse ser um valor um pouco acima da média dos brasileiros, você pode adaptar o cálculo de acordo com as suas necessidades:

  • Custos fixos: 30% para o pagamento de contas das quais você não tem escape, como luz, água, aluguel, reformas, internet, alimentação etc.;
  • Conforto: 20% para itens que não são totalmente essenciais, mas que tornam sua vida mais confortável, como as parcelas de um carro, por exemplo;
  • Metas: 10% deve ser direcionado para suas metas mais pontuais e imediatas, que nãos e encaixe em nenhum dos outros gastos;
  • Prazeres: 10% deve ser o valor destinado a satisfazer seus prazeres pessoais, uma ida ao cinema, um barzinho, um passeio, ir a um restaurante etc.;
  • Investimento: 25% para investir, inserindo em um aporte que você vai “esquecer” que existe, apenas aplicando, sem mexer naquele dinheiro;
  • Conhecimento: 5% para adquirir conhecimento em forma de cursos e livros focados na sua área profissional também é um investimento.

2. Seja realista com os prazos

A partir do momento que você entende para onde vai o dinheiro, é necessário calcular em quanto tempo vai ser capaz de alcançar a meta de R$ 100 mil.

Nesse momento, é pensar de forma realista e entender como os juros compostos funcionam e como eles serão capazes de te ajudar a chegar lá.

Compreendendo isso, você vai perceber que é necessário tempo e paciência para acumular um patrimônio substancial. Dessa forma você evita cair em papo enganoso de coaches que prometem ganhos milagrosos e instantâneos.

3. Aumente a sua renda

Para quem não tem uma renda suficiente para alcançar os R$ 100 mil dentro de um prazo razoável, um plano B pode fazer uma grande diferença.

Você pode buscar uma promoção em seu trabalho, uma recolocação profissional que pague mais, mudar de área ou desenvolver outras formas de renda extra, seja empreendendo ou fazendo trabalhos freelance no seu tempo livre. Incrementar a sua renda com alguma dessas opções pode acelerar o processo.

Chegar nos primeiros R$ 100 mil é um grande desafio, principalmente se as suas posses não são as ideais, mas não é uma meta impossível.

Se organizar financeiramente já vai te dar uma noção maior de onde sua mão alcança e te permitir desenvolver uma melhor competência na gestão do seu dinheiro.

Mas se quer colocar seu dinheiro trabalhar para você, entre na AUVP, nossa escola de educação financeira, e faça a sua análise de perfil.

Se ainda não cabe na sua realidade, consuma nossos conteúdos gratuitos pelo Instagram @oraulsena e no canal do @investidorsardinha.

E não deixe de conferir: 7 dicas para atingir seu primeiro milhão

Neste vídeo eu respondo as perguntas feitas e também entro em mais detalhes sobre como juntar R$ 100 mil, dá uma olhada:

O que acontece se não declarar o Imposto de Renda? Testei na PRÁTICA!

Fazer faculdade no Brasil vale a pena? A realidade é difícil de engolir

Ibovespa caindo! – Onde estou investindo para proteger o meu dinheiro?

A enorme BOMBA que pode enterrar de vez o Brasil