Quem é Gautam Adani, o indiano que se tornou o homem mais rico da Ásia


No texto de hoje vou te contar não apenas quem é Gautam Adani, um dos homens mais ricos do mundo, como também explicar como foi que ele conseguiu uma fortuna de mais de US$ 100 bilhões.

Fortuna de Gautam Adani

Gautam Adani é o bilionário que entrou recentemente para o seleto grupo de pessoas cuja fortuna supera os US$ 100 bilhões. Além disso, ele é a pessoa mais rica da Ásia e ocupa o 10º lugar na lista de homens mais ricos do mundo.

Este grupo seleto de bilionários é conhecido como centibilionários. E é realmente seleto e restrito, já que é composto por apenas 11 pessoas em todo o planeta.

Em outras palavras, dentre as mais de 8 bilhões de pessoas que existem no mundo, somente 11 delas possuem uma fortuna que ultrapassa os US$ 100 bilhões.

Algumas outras pessoas que fazem parte da lista são: Jeff Bezos, fundador da Amazon, Warren Buffett presidente da Berkshire Hathaway e Elon Musk, o CEO das Tesla.

Talvez você esteja se perguntando como ele fez para entrar no grupo. Basicamente, Gautam Adani foi um dos bilionários que mais ganhou dinheiro durante a pandemia da Covid-19.

Várias pessoas ganharam fortunas durante a pandemia, mas Adani se destacou. Para você ter uma ideia, em junho de 2020, ele tinha uma fortuna de cerca de US$ 10 bilhões.

Já no dia 1º de abril de 2022, a sua fortuna ultrapassou os US$ 100 bilhões. Para completar, no dia 5 de abril a fortuna já estava estimada pela Forbes em US$ 111,3 bilhões.

Ou seja, em menos de dois anos, a sua fortuna aumentou mais de US$ 100 bilhões! Impressionante, não é mesmo?

Quem é Gautam Adani

Gautam Adani é um empresário indiano. Desse modo, ele é fundador e presidente do Adani Group.

Em resumo, o Adani Group é um conglomerado multinacional com negócios que envolvem mineração, energia, gestão e operações aeroportuárias na Índia.

No total, o grupo é composto por 6 empresas de capital aberto que possuem uma capitalização de mercado de mais de US$ 190 bilhões. Sendo que a empresa tem mais de 23 mil funcionários.

Além disso, o empresário tem uma participação de 74% no Aeroporto Internacional de Mumbai e é dono do maior porto comercial da Índia.

Ele é também o presidente da Fundação Adani que é liderada, sobretudo, pela esposa, Priti Adani. Por fim, Gautam Adani é ainda diretor executivo da  Adani Enterprises e Adani Port and Special Economic Zone.

É também diretor não executivo da Adani Power, Adani Transmissions, Adani Total Gas e Adani Green Energy.

Vida pessoal

Gautam Shantilal Adani nasceu no dia 24 de junho de 1962 em Ahmedabad, na Índia. Seu pai era um pequeno comerciante têxtil. Adani tem mais 7 irmãos.

Na infância, estudou na escola Sheth Chimanlal Nagindas Vidyalaya em Ahmedabad. Depois passou a cursar comércio na Universidade de Gujarat. Contudo, ele desistiu depois do segundo ano.

Em 1998 Gautam Adani e um amigo foram sequestrados e mantidos como reféns. O resgate exigido pelos sequestradores foi de US$ 2 milhões, segundo o The Indican Express.

Já em 2008, Adani estava no Taj Mahal Palace Hotel, quando ocorreram os ataques terroristas que resultaram na morte de cerca de 160 pessoas.

Carreira

Em 1978, ainda adolescente, Adani se mudou para Mumbai para trabalhar como classificador de diamantes para a Mahendra Brothers.

Posteriormente, em 1981, Mahasukhbhai Adani, seu irmão mais velho, comprou uma empresa de plásticos e o convidou para gerenciar as operações.

Ao adquirir experiência no mercado externo, passou a importar PVC, em 1985. Já em 1988 foi fundada a Adani Exports, que hoje é conhecida como Adani Enterprises, a holding do Grupo Adani. Sendo que a empresa lidava com commodities agrícolas e de energia.

Alguns anos depois, em 1991 Gautam Adani passou a expandir os negócios para o comércio de metais, têxteis e produtos agrícolas, aproveitando a abertura comercial que houve na Índia.

Ademais, em 1994, o Governo de Gujarat anunciou a terceirização gerencial do Porto de Mundra. Com isso, Adani conseguiu o contrato em 1995.

No mesmo ano, ele montou o primeiro cais e hoje opera o maior porto do setor privado da Índia, sendo capaz de movimentar 210 milhões de toneladas de carga por ano.

No ano seguinte, em 1996, ele fundou a Adani Power, o braço de negócios de energia do Grupo Adani. Atualmente, a empresa é a maior produtora privada de energia termelétrica do país.

Sendo que os negócios de energia se intensificaram após a aquisição do Abbot Point Port na Austrália e a mina de carvão Carmichael em Queensland, de 2009 a 2012.

Já em maio de 2020, Adani conseguiu a maior licitação solar do mundo pela Solar Energy Corporation of India (SECI), cujo valor era de US$ 6 bilhões.

Ainda em 2020, a Adani adquiriu uma participação de 74% no Aeroporto Internacional de Mumbai. Este é o segundo aeroporto mais movimentado da Índia, ficando atrás apenas de Delhi.

Como Gautam Adani ficou rico

Em síntese, Gautam Adani possui empreendimentos diversificados, com  foco na infraestrutura da Índia, o que envolve portos, usinas de energia, aeroportos e minas.

Portanto, a sua riqueza deriva da sua participação em empresas. Até porque, nos últimos dois anos, as ações de algumas de suas empresas tiveram uma valorização de mais de 1.000%.

Vale destacar que uma parte da sua fortuna foi construída através de investimentos em energia térmica e carvão.

Sendo que Adani planeja ser o maior produtor mundial de energia verde. Para isso, ele pretende investir até US$ 70 bilhões em projetos de energia renovável.

Enfim, no texto acima eu te contei um pouco sobre a carreira e a fortuna de Gautam Adani, tendo como fontes: The cap, Cnn e E-investidor.

Aproveite para conferir outras biografias aqui no Investidor Sardinha que podem te interessar. Por exemplo, a biografia da mulher mais rica do Brasil.

Além disso, você pode aprender com a biografia da influenciadora que ficou milionária aos 19 anos e, por fim, não deixe de conferir a biografia do criador da Shopee.

Conte-nos a sua opinião...