Luiza Helena Trajano, quem é? História da presidente da Magazine Luiza


Luiza Helena Trajano, a presidente da Magazine Luiza é uma das mulheres mais poderosas e influentes do Brasil. Defensora do empoderamento feminino, Luiza é reconhecida pela sua carreira de sucesso, e já recebeu diversos prêmios, além de ser inspiração para outras mulheres empreendedoras.

Desde que assumiu a liderança da rede de lojas Magazine Luiza, a empreendedora revolucionou diversos setores das lojas, não apenas externamente para os clientes, mas também para os funcionários. Desse modo, através de programas de apoio, de bonificação e de autonomia aos funcionários, a empresa é considerada como uma das melhores para se trabalhar. 

Em resumo, desde que virou líder das lojas Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano transformou o que era um negócio familiar e com apenas algumas lojas no interior, em uma das principais redes de lojas do Brasil. Portanto, ela é uma importante figura de destaque nacional tanto na área de empreendedorismo quanto na área social.

A história de Luiza Helena Trajano

Luiza Helena Trajano nasceu no dia 9 de outubro de 1951, no município de Franca, em São Paulo. Filha única de Jacira Trajano Inácio e Clarismundo Inácio, Luiza teve forte influência de duas mulheres em sua criação.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A primeira foi a mãe, que estimulava a filha a pensar por conta própria, tomar decisões e encontrar soluções para seus problemas. A outra influência feminina foi a tia Luiza Trajano, que também tinha a veia empreendedora.

Aos 12 anos, Luiza queria dar presentes de Natal para toda a sua família. Dessa maneira, sua mãe a encorajou a encontrar uma forma de ganhar dinheiro para comprar os presentes. Portanto, a menina decidiu trabalhar como balconista na loja da tia durante as férias escolares para juntar o dinheiro necessário.

Luiza Helena Trajano

Uol

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A jovem gostou tanto da experiência, que optou por exercer a função nas férias escolares nos anos seguintes. Aos 17 anos, quando terminou o ensino médio, ela virou oficialmente funcionária da loja. Este era o momento de Luiza escolher um curso superior.

Inicialmente ela queria Psicologia, porém, essa opção não estava disponível em Franca na época. Sendo assim, ela escolheu direito e administração. Em direito ela se formou em 1972, mas não concluiu o curso de administração.

Contudo, ela não chegou a exercer a profissão de advogada, já que estava totalmente envolvida nas lojas Magazine Luiza que na época passava pelo processo de expansão com a compra de lojas regionais. Luiza passou por diversos cargos dentro da rede varejista, ela foi vendedora, gerente de loja, encarregada, compradora e em 1991 foi convidada a assumir a liderança da empresa.

Breve história da rede de lojas Magazine Luiza

As lojas Magazine Luiza tiveram início, em 1957, com o casal Luiza Trajano e Pelegrino José Donato, tios de Luiza Helena Trajano. A pequena loja de presentes inicialmente se chamava A Cristaleira.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O nome da loja mudou, devido a um concurso cultural promovido pela loja, através de uma rádio local. Dessa forma, o concurso visava interagir com a população para que fosse possível escolher um novo nome para a loja. 

Nos anos seguintes, a Magazine Luiza foi se expandindo para várias cidades do interior de São Paulo. A empresa continuou a crescer e, em 1991, Luiza Helena Trajano foi eleita líder da Magazine Luiza.

Luiza Helena Trajano

Claudia 

Sempre buscando por inovação, a Magazine Luiza foi uma das primeiras a aderir ao sistema de computadores nas lojas, em 1981. Posteriormente, 1986, a loja abriu o seu primeiro Centro de Distribuição (CD) completamente automatizado. Paralelo a isso, a empresa inaugurou as primeiras unidades em Minas Gerais.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Liderança e inovação

Com a liderança de Luiza Helena Trajano, diversas ações foram criadas para otimizar as vendas e colocar o nome da loja na boca do povo. Uma delas foi a criação da Liquidação Fantástica, que ocorre em janeiro. Em síntese, na Liquidação Fantástica as mercadorias são vendidas com desconto de até 70%, contudo, os clientes só podem comprar o que conseguirem carregar.

Quando teve a ideia, Luiza ouviu, até mesmo da tia, que a liquidação não daria certo, pois as pessoas não iriam aparecer. Preocupada, Luiza pediu para que alguns funcionários não fossem trabalhar de uniforme e vestissem roupas comuns.

Tribuna do abcd  

No entanto, antes mesmo da abertura da loja, já haviam várias pessoas esperando do lado de fora e a liquidação foi um sucesso. Naquele dia a loja faturou R$ 100 milhões em cinco horas e se tornou um exemplo para outras varejistas no Brasil. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Outra ação promovida foi oferecer os produtos no Caminhão do Faustão. Em resumo, antigamente a Casas Bahia era a principal concorrente da Magazine Luiza. As Casas Bahia vinculavam muitas propagandas na televisão e a Magazine não tinha caixa suficiente para competir diretamente com a concorrente.

Logo, a solução foi recorrer ao Domingão do Faustão e oferecer os produtos da empresa por meio do Caminhão do Faustão. A alternativa deu tão certo que muitas pessoas acreditavam até mesmo que Fausto Silva era sócio da empresa ou marido de Luiza.

Inovações internas

As inovações continuaram com o decorrer dos anos. Em 1999, foi criada a primeira loja virtual do Brasil, que funcionava da seguinte maneira: o cliente se dirigia até a loja, e com a ajuda de um vendedor, podia comprar, através de um computador, produtos que não estavam expostos na loja. Em 2002 foi criado o Luizacred, em uma parceria com o Itaú Unibanco e em 2005 foi criado o Luizaseg, dessa vez em sociedade com a Cardif. 

Mas uma grande empresa não deve inovar apenas externamente, mas também internamente. Dessa forma, em 1998, a Magazine Luiza entrou na lista de melhores empresas para se trabalhar e, cinco anos depois, a companhia estava no primeiro lugar da lista. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Neofeed

Além disso, quando assumiu a liderança, Luiza Helena Trajano descentralizou o comando da rede Magazine Luiza. Portanto, na prática, ela deu mais autonomia para os funcionários e todos passaram a ter voz nas decisões da empresa.

Essa decisão foi tomada, pois a empresária acredita que, quando os funcionários se sentem valorizados, todos saem ganhando. Além disso, os funcionários também participam dos lucros da empresa. Outro programa é o Disk Denúncia, no qual funcionárias que sejam vítimas de violência doméstica podem denunciar os agressores. 

Expansão

Paralelo ao processo de inovação interna e externa, a Magazine Luiza realizava seu processo de expansão. Desse modo, a empresa comprou outras lojas, como a rede Wendel e as lojas Líder, além de inaugurar novas unidades da Magazine Luiza. Inclusive, em 2008 a rede de lojas varejistas chegou a inaugurar 48 lojas no mesmo dia, em São Paulo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Com a crescente expansão das operações da Magazine Luiza, a abertura de capital na bolsa de valores foi inevitável. Dessa maneira, em 2011 ocorreu a IPO e a empresa captou R$ 925 milhões.

Inicialmente as ações foram negociadas a R$ 16,00 mas pouco tempo depois elas se desvalorizaram e ficaram abaixo de R$1,00. Entretanto, depois de chegar a ser negociada por um valor tão baixo, o valor das ações se recuperou e se valorizou mais de 5.000% e até passou por alguns desdobramentos.

Uol

Após se capitalizar com a abertura de capital, a companhia continuou com as aquisições de outras empresas nos anos seguintes. Sendo assim, ela comprou empresas como o Baú da Felicidade, a Netshoes e a Estante Virtual. Atualmente, a rede Magazine Luiza está presente em 16 estados, com mais de 800 lojas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A presença online da empresa também é muito marcante e, durante a pandemia do Covid-19, a Magazine Luiza se destacou ainda mais. Como consequência, suas ações MGLU3 subiram na bolsa de valores e mais investidores ficaram interessados em suas ações

Sendo que, atualmente Luiza é presidente do Conselho de Administração, ao passo em que seu filho Frederico assumiu o comando da rede varejista em 2016. Disposto a manter o legado de inovação, somente nos primeiros 23 meses da sua gestão, Frederico conseguiu multiplicar em 30 o valor de mercado da Magazine

Outros projetos

Além de ser uma das responsáveis por tornar a Magazine Luiza o que ela é hoje, Luiza é líder do Grupo Mulheres do Brasil, criado por 50 mulheres atuantes em vários segmentos da economia. O Grupo, criado em 2012, visa reduzir a desigualdade de gênero e, consequentemente, melhorar o país.

Dessa maneira, todos os meses, cerca de 4 mil mulheres se reúnem para debater soluções nas áreas de projetos sociais, empreendedorismo e afins. Finalmente, como reconhecimento por seu trabalho como uma das principais empreendedoras do Brasil, Luiza Helena Trajano foi homenageada com diversos prêmios, alguns deles são:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
  • Prêmio Administrador Emérito em 2004, pelo Conselho Regional de Administração (CRA);
  • No mesmo ano recebeu o prêmio As mulheres mais influentes do Brasil pela revista Forbes Brasil e Gazeta Mercantil;
  • Em 2016 foi convidada para carregar a tocha olímpica;
  • Por fim, foi agraciada com a Grã-Cruz da Ordem do Ipiranga em 2017 pelo Governo do Estado de São Paulo.

Azulis

Conselhos sobre empreendedorismo de Luiza Helena Trajano

Com a carreira de sucesso no ramo do empreendedorismo, Luiza aprendeu muito e tem diversos conselhos para dar. Entre eles, destacamos 6:

1- Valorizar as pessoas;

2- Inove sempre;

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

3- Não reclame das dificuldades;

4- Não tenha medo de errar;

5- Faça perguntas;

6- Críticas são valiosas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Para finalizar, além dos ótimos conselhos, Luiza tem ainda uma frase que virou símbolo da sua carreira de sucesso: Primeiro faça o necessário, depois faça o possível e, de repente, você vai perceber que pode fazer o impossível. 

Veja o vídeo e descubra mais novidades sobre a Magazine Luiza com o Raul Sena, o Investidor Sardinha:

Enfim, agora que você conhece a história inspirado de Luiza Helena Trajano, conheça também a biografia de Bruno Perini, quem é? Experiências, carreira, princípios e Você MAIS Rico

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Fontes: Ibc, Eu quero investir, Jornal Contábil, Rockcontent, Suno e Infomoney

Imagens: Veja, Azulis, Uol, Tribuna do abcd, Claudia, Neofeed e Uol


Conte-nos a sua opinião...