16,59% ao ano investindo na renda fixa vale a pena?


Algumas opções de 16,59% ao ano investindo na renda fixa estão sendo disponibilizadas, mas afinal, que loucura é essa?

Falei muito sobre estarmos em um dos períodos mais baratos da história para aportar na live do dia 20 de Julho.

Então os sardinhas raiz já fazem uma boa noção do quanto temos em oportunidades disponíveis a todo momento no mercado financeiro. Não deixe de acessar a gravação da live para ficar por dentro.

Renda Fixa entre as corretoras populares

Analisando algumas corretoras, encontrei melhores rentabilidades em renda fixa com a Rico. A xp fica atrás por conta de uma maior comissão nesses ativos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Logo, a melhor oferta encontrada entre essas corretoras foi com a Rico. Um título do banco Master – Investimento de R$1.000 no mínimo, que está pagando 16,10% ao ano.

Tem outros títulos pagando 15,30% outros de 14%, no entanto…

Taxas de Rentabilidade em renda fixa na IsaEx

… com a isaex conseguimos um título CDB da BRK Financeira de 16,59% ao ano paga em 2030. Além de várias outras ofertas tanto da BRK Financeira quanto do Banco BTG Pactual entre outras.

Mas afinal, por que a taxa de rentabilidade é maior na isaex? Por conta da nossa comissão ser bem menor, mas para quem não é aluno da UVP a taxa pode não estar dessa forma. Provavelmente ainda estará melhor que da Rico, mas pode não estar tão boa quanto.

16,59% ao ano investindo na renda fixa é real?

Raul, vale a pena um título desses?

Fazer uma conta simples de juros compostos já dá pra observar o efeito bola de neve. Apesar de realmente ser uma taxa difícil de se manter.

Imagine, no entanto, essa taxa de 16,59% ao ano por 10 anos.

Investindo R$500 todos os meses resultaria em um valor total final de R$143.738. Sendo a maior parte desse montante por conta da rentabilidade (R$83.238,21 em juros).

Mas afinal , por que esta com essa rentabilidade tão absurda?

São vários os motivos, entre eles… a inflação está altíssima, a própria taxa selic está em 13,25% a.a. Assim, é necessário chegar numa conclusão quanto ao futuro do país.

Se acredita que não vamos ter a taxa selic alta por um período tão constante, pode ser o momento de pegar essas oportunidades em CDBs.

Lembrando que, o título vence em 2030 e conta com a proteção FGC, para casos em que o banco quebre você precisaria ter no máximo R$61.088 na conta para estar de fato protegido.

Até porque, a BRK Financeira é uma instituição pequena que em casos de quebrar o FGC conseguiria cobrir tranquilamente.

“Mas e um CDI+Juros?”

16,59% ao ano investindo na renda fixa é real?

Não acredito que seja um momento bom para considerar investimentos da CDI + juros. Simplesmente por conta de questões políticas.

Sendo um ano eleitoral é provável que tomem medidas para controlar a inflação, mesmo que seja só momentânea e isso pode refletir em um percentual menor de ganhos para o seu investimento.

Pois é improvável daqui até 2030 manter uma taxa Selic alta igual está.

No entanto, usar a inflação + juros pode ser uma alternativa muito interessante. Encontramos valores de IPCA + 8.94%, significa uma rentabilidade REAL (fora a inflação).

Sabe quando dizemos que 1 milhão de reais hoje não vale tanto quanto de x anos atrás? Assim sempre tem quem se preocupa com os cálculos de juros compostos alegando “ah, mas considerando a inflação… lá na frente isso aí não vai significar nada”.

Nesse cenário você recebe, além da correção pela inflação, os 8,94% em rentabilidade anual. Dessa forma cria-se uma expectativa muito mais realista de futuro para o seu capital.

Sempre precisa pegar renda fixa e variável.

Quem fala que só pega renda variável ou só pega renda fixa tá sendo bobão por perder várias oportunidades!

Gostou do conteúdo? Então, não deixe de assistir ao vídeo acima (do canal Investidor Sardinha) em que detalho mais sobre investimentos em renda fixa.

Aproveite e faça parte da nossa comunidade no Instagram (@oraulsena) pra ficar sempre por dentro dos investimentos e da Bolsa de Valores.

E não deixe de conferir, também: Como funciona a renda fixa?


Conte-nos a sua opinião...