Por que eu invisto em empresas sem lucro?


O sentido de investir em empresas sem lucro é uma das dúvidas mais recorrentes no canal do investidor sardinha. Mas uma das mais difíceis de se responder quando o assunto é mercado financeiro.

Por que é tão confuso investir em empresas sem lucros?

Senso de expectativa. 

Existe um senso de expectativa ao se investir em ações, um senso que surge após uma análise de receita, quanto essa receita cresceu ou até qual espaço de crescimento para o dado valor acionário.

Após uma leitura desses indicadores é provável que você passe a determinar por quanto tempo e quanto pretende investir, estimando, talvez, até um eventual futuro lucro recorrente.

A exemplo de investir numa empresa com 8 de P/L, na qual a partir de 8 anos estaria te gerando lucros baseado numa constante performance nos indicadores medidos previamente.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Sendo assim, uma forma de visualizar investimentos causa uma confusão constante quando se trata de empresas que não geram lucro.

Mentalidade de empreendedor.

convite
Aprenda a investir gratuitamente com Raul Sena

Investir em empresas que ainda não geram lucros envolve um olhar além dos indicadores tradicionais.

A ideia aqui é ser capaz de identificar uma empresa com um potencial futuro em relação ao seu mercado. Vantagens competitivas relacionadas ao valor de marca são interessantes neste momento.

O importante é que essa empresa seja boa o suficiente para eventualmente chegar no “Breakeven”.

“Breakeven” ou “breakeven point” é um momento em que a empresa passa a não ter mais prejuízos, embora não tenha lucros. Logo, qualquer faturamento acima desse ponto seria então considerado lucro.

O que justifica o investimento em empresas que não geram lucro?

Cenário caótico

Para realizar um IPO a empresa provavelmente já tem milhões em faturamento, ao menos trimestralmente.

Assim, sendo um negócio operando com, talvez, mais que milhares de funcionários.

Portanto, a intenção dessa empresa é mostrar ao investidor uma perspectiva de tamanho do mercado, bem como sua fatia desse mercado.

Sendo assim, exemplos de empresas do tipo a Netflix e Uber.

Por que invisto em empresas sem lucros?

Investir em empresas deficitárias te coloca em risco!

Uma empresa que não apresenta lucros corre um risco imenso de perder capital na mesma velocidade ou até mais rápido com a qual ganhou.

A We Work, uma fornecedora de espaços para coworking fundada em 2008, que apesar de alcançar um valor de US$47 bilhões de dólares em menos de uma década, conseguiu perder US$40 bilhões em menos de um ano. Confira o documentário sobre a empresa We Work aqui.

O que me faz investir em empresas deficitárias?

Apresentar uma prova da sua capacidade de lucrar é uma das estratégias dessas empresas.

Sendo assim, a Nubank, registrando um lucro líquido de R$33,4 milhões em 2021 impactou a decisão, em termos de confiança, dos investidores mais agressivos. Veja mais sobre investimentos na Nubank aqui.

Assim cria-se uma ideia no mercado de “se tudo der errado, não precisamos ficar captando recursos do mercado. Estamos “torrando” dinheiro porque temos dinheiro em caixa, e o que estamos “torrando” é pra poder crescer mais rápido. Se quisermos parar esse sistema agora, podemos.”

Essa queima de caixa para crescer é importante, principalmente, em indústrias que dependem de uma certa inovação. A ideia aqui é aumentar a distância, em termos de consolidação da marca, com relação aos seus concorrentes.

Faz sentido investir numa empresa sem lucro?

Quando investe-se em empresas que precisam de um tempo para chegar no lucro e requer superar uma certa barreira para chegar ao menos no “breakeven”, você não está sendo conservador.

Portanto, estamos trocando a segurança de investir em uma ação com indicadores com uma certa previsibilidade, por uma potencial alavancagem de capital em negócios que representam promessas empreendedoras.

Assim, representando uma das formas menos seguras de se investir na bolsa de valores.

Por que invisto em empresas sem lucros?

Como analisar uma empresa de crescimento?

01 – Exceção

Carteiras bem montadas te permitem inserir exceções como empresas que ainda não estão lucrando.

02 – Potencial de crescimento

03 – Potencial de disrupção

Se ela der certo consegue causar uma disrupção na indústria?

04 – Prova de dominância

Tem uma equipe que já se provou consistente e participante de prévios projetos?

Confira 3 formas de montar uma carteira de dividendos e viver de renda.

Por que eu invisto em empresas sem lucro?

Veja este artigo no formato de mídia através do nosso canal no Youtube! Basta clicar aqui.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Nos dias 19 e 20 de julho vamos mostrar as ações mais baratas do mercado. Cadastre-se grátis!


Conte-nos a sua opinião...