Economia verde, o que é? Conceito, importância e críticas

O termo economia verde é usado para se referir ao conjunto de ações que objetivam o crescimento econômico baseado no bem-estar social, na preservação do meio ambiente e na redução dos riscos ambientais. A intenção da economia verde é que o uso sustentável dos recursos naturais seja aliado à inclusão social e à baixa emissão de carbono.

17 de maio de 2021 - por Jaíne Jehniffer


O conceito de economia verde está relacionado com o desenvolvimento econômico sustentável. Nesse sentido, o termo se refere à preservação do meio ambiente, inclusão social e baixa emissão de carbono. 

No entanto, existem diversas críticas a este conceito. Uma das principais, é a ideia de que a economia verde é uma falsa solução. Ou seja, por trás do conceito de economia verde as empresas estariam livres para continuar com a poluição do meio ambiente. 

Independente das críticas, é fato que a sociedade precisa repensar a forma de utilização dos recursos naturais e do desenvolvimento econômico que promova a inclusão social. Sendo que uma maneira do cidadão comum contribuir com o desenvolvimento econômico sustentável, é realizando investimentos responsáveis.

O que é economia verde?

O termo economia verde é usado para se referir ao conjunto de ações que objetivam o crescimento econômico baseado no bem-estar social, na preservação do meio ambiente e na redução dos riscos ambientais.

Nesse sentido, a intenção da economia verde é que o uso sustentável dos recursos naturais seja aliado à inclusão social e à baixa emissão de carbono.

Economia verde, o que é? Conceito, importância e críticas Market data

A definição de economia verde surgiu em 2008, através do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), onde foi lançada a Iniciativa Economia Verde (ou em inglês GEI – Green Economy Initiative).

Desse modo, o conceito de economia verde se popularizou internacionalmente e substituiu o termo ecodesenvolvimento utilizado anteriormente.

Importância

A intenção da economia verde é que diversos fatores estejam alinhados com o desenvolvimento econômico sustentável. Sendo assim, o objetivo é que o estímulo à geração de empregos esteja alinhado com a produção de renda para a população como um todo.

Paralelamente, medidas devem ser tomadas visando a redução da emissão de carbono e o uso de fontes de energias alternativas e limpas. Juntamente com todas as medidas anteriores, é preciso que seja feito o uso sustentável dos recursos naturais.

A economia verde é importante para que a sociedade realize um consumo consciente, faça uso de energia limpa, recicle os produtos, valorize a biodiversidade e reutilize os bens.

Portanto, as características principais da economia verde são: baixo carbono, inclusão social e eficiência no uso dos recursos naturais. 

Economia verde, o que é? Conceito, importância e críticas

Na prática

Ou seja, o objetivo da economia verde vai muito além da preservação do meio ambiente.

Na verdade, ele se relaciona também com a busca pela diminuição das desigualdades, melhoria da qualidade de vida da população como um todo e a conservação da biodiversidade. Sendo que o Estado pode tomar medidas para contribuir com o desenvolvimento econômico sustentável.

Por exemplo, o Estado pode adotar medidas de política fiscal, onde as empresas poluidoras terão que pagar mais impostos.

Outra maneira do Estado contribuir é definindo limites para a emissão de gases e para o consumo de energia. Por fim, ele pode ainda atuar na conscientização da importância do desenvolvimento econômico sustentável.  

Economia verde versus marrom

A economia verde é focada no desenvolvimento econômico sustentável. Dessa forma, a atenção recai não apenas no uso consciente dos recursos naturais, mas também na inclusão social, redução do carbono e na eficiência energética.

Por outro lado, o termo economia marrom é utilizado ao se referir ao desenvolvimento econômico marcado pela irresponsabilidade ambiental.

Environment journal

Dessa maneira, na economia marrom não existe uma preocupação com a conservação dos recursos nem com o bem-estar social.

Portanto, a economia marrom é o oposto da economia verde e o desenvolvimento econômico é marcado pela poluição, desmatamento e falta de proteção ambiental. 

Críticas

Existem diversas críticas à economia verde. Primeiramente, alguns movimentos sociais afirmam que as empresas usam o conceito de economia verde como uma maneira de promoverem a noção de que se preocupam com o meio ambiente e aumentar suas margens de lucros. 

Em contrapartida, alguns grupos ambientalistas acreditam que o termo economia verde faz um desserviço para a sociedade.

Isso porque ele não serviria como um reflexo da ideia de desenvolvimento sustentável e não muda os princípios do capitalismo, tais como desigualdade social, pressão em cima dos recursos naturais e consumismo elevado.

Noomis

Outra crítica é a de que não é possível atribuir valores monetários aos bens naturais. Se os bens naturais tiverem equivalência monetária, então torna-se possível operações de compensação ambiental onde os recursos naturais foram destruídos.

Por fim, existe ainda a crítica de que a economia verde serve apenas como uma estratégia para que as empresas possam explorar ainda mais o meio ambiente, através das privatizações e terceirização de serviços, como, por exemplo, o fornecimento de energia e água.

Sendo assim, existe o temor de que a atuação da iniciativa privada em países subdesenvolvidos (onde existe uma maior conservação ambiental) aumente e resulte na elevação da exploração de áreas de preservação ambiental.

Se você se preocupa com o desenvolvimento econômico sustentável, você pode realizar investimentos responsáveis. A ideia é aplicar em empresas que promovem ações ambientais, através de ativos como: green bonds, títulos verdes e em empresas que se encaixam nos critérios de ESG, o que é? Origem, critérios e opções de investimentos sustentáveis

Fontes: Mundo educação, Ecycle, Brainly e Politize

Imagens: Unasp, Market data, Na prática, Noomis e Environment journal

8 dicas do que fazer com a restituição do IR

Como comprar euro mais barato

As dívidas mais comuns entre os brasileiros e como evitá-las

Programa de fidelidade: o que é, como funciona e exemplos