Quanto rende 100% do CDI? Descubra o valor e como calcular

A taxa CDI é uma taxa usada como remuneração em vários ativos, principalmente, de renda fixa. Saiba quanto rende 100% do CDI neste texto!

16 de dezembro de 2021 - por Jaíne Jehniffer


Saber quanto rende 100% do CDI é primordial para quem investe, já que essa taxa é uma das mais importantes do mercado.

CDI é a sigla para Certificado de Depósito Interbancário, que é um título de curtíssimo prazo, emitido por bancos. Ele tem tem prazo de vencimento de um dia útil.

Além disso, é a principal referência de rentabilidade das aplicações de renda fixa, e acompanha de perto a nossa taxa mãe, a Selic. A taxa CDI também é uma taxa usada como remuneração em vários ativos, principalmente, de renda fixa.

Neste texto, vamos te explicar quanto rende 100% do CDI ao ano e por mês, além de mostrar quais são os investimentos que seguem o CDI.

Quanto rende 100% do CDI?

Primeiramente, é importante você saber que o rendimento CDI resulta do valor da porcentagem associado a ele, assim como dos últimos valores da taxa. Por essa razão, vamos exemplificar, para você, o rendimento do CDI.

Ao ano

Um investimento que rende 100% do CDI tem rentabilidade equivalente ao valor total da taxa CDI. Dessa forma, um título que rende 100% do CDI está rendendo 13,65% ao ano, que é o CDI hoje.

Agora, se optar por um investimento que rende 110% do CDI, o resultado será de 15,01% ao ano, visto que 1,1 x 13,65 = 15,01. Deu para compreender bem , né?

Por mês

Atualmente, o CDI mensal está rendendo 1,07 %. Para você fazer o cálculo, é bem simples também. É só você converter a taxa anual para a usar a taxa mensal. Ou seja, a taxa mensal de 15,01 % ao ano será de 1,17. Ademais, você pode usar uma calculadora de conversão para fazer esse cálculo.

Quanto está sendo o rendimento do CDI em 2023?

O valor atual do CDI é de 13,65% a.a. Abaixo, você pode conferir a tabela com os valores do CDI mensal, referentes até o mês de julho de 2023:

Quanto rende 100% do CDI? Descubra o valor e como calcular

Quanto foi em 2022?

Nos últimos anos, este rendimento seguiu a taxa Selic, que passou por muitas mudanças. Por exemplo, ano passado, em 2022, a rentabilidade mensal do CDI foi a seguinte:

Mês (em 2022 e 2023) Taxa CDI mensal
Fevereiro 0,76%
Março 0,93%
Abril 0,83%
Maio 1,03%
Junho 1,02%
Julho 1,03%
Agosto 1,17%
Setembro 1,07%
Outubro 1,02%
Novembro 1,02%
Dezembro 1,12%

Quais são os riscos do CDI?

É importante lembrar que os títulos de renda fixa equivalem a uma operação de empréstimo. Ou seja, você, como investidor, aplica na esperança de receber o valor no vencimento acrescido de juros. Se tem retorno, também tem risco.

Sendo assim, o risco de crédito é o maior dessa negociação, que consiste na hipótese de você não receber o valor que aplicou. Conforme essa possibilidade aumenta, os juros do título costumam aumentar junto, já que é necessário compensar esse risco tomado.

Qual é a liquidez do CDI?

Antes de tudo, lembre-se que liquidez é a capacidade que o seu investimento pode ser “transformado” em dinheiro. Ou seja, é a possibilidade de você resgatar os recursos que você investiu em relação ao tempo.

Dito isso, saiba que, quanto menor for a liquidez de um ativo, maior deverá ser o retorno para compensar essa dificuldade de resgate. Caso o seu investimento seja no Tesouro Direto, há diferentes tipos de vencimentos, porém você pode resgatar seu ativo quando quiser.

Por fim, é essencial saber que você não deve observar o vencimento do título, mas sim a possibilidade de resgatá-lo antes do vencimento.

Quais são as vantagens?

De início, vamos lembrar que há vantagens e desvantagens na renda fixa – como há em qualquer outro investimento, certo?!

A principal vantagem é a segurança. Mas também podemos destacar as seguintes vantagens:

  • Proximidade com a taxa Selic
  • Baixa volatilidade;
  • Maior previsibilidade;
  • Risco mais baixo.

E as desvantagens?

Por outro lado, a desvantagem do CDI está relacionada aos períodos quando a taxa de juros cai ou quando ela está bastante baixa. Em períodos como esse, é mais rentável investir em títulos atrelados a taxas prefixadas ou atrelados ao IPCA.

Abaixo, listamos mais algumas desvantagens que podem vir com os investimentos atrelados ao CDI:

E aí, deu para compreender bem quanto rende 100% do CDI, né? Agora, confira esta outra matéria, a qual explica as vantagens e desvantagens do LCI (Letra de Crédito Imobiliário).

Fontes: Toro investimentos, Guru, Remessa online e O mentor financeiro.

8 dicas do que fazer com a restituição do IR

Como comprar euro mais barato

As dívidas mais comuns entre os brasileiros e como evitá-las

Programa de fidelidade: o que é, como funciona e exemplos