Renminbi: o que é e como funciona?


O renminbi, assim como o yuan, é o nome da moeda da China. Os dois nomes servem para se referir a moeda oficial chinesa. Portanto, ambos são corretos. No entanto, o renminbi costuma ser usado como o nome oficial da moeda.

Já o yuan representa uma unidade de conta. Além desses dois nomes, a China usa algumas outras nomenclaturas para se referir ao seu dinheiro, em um contexto informal.

No Brasil, nós usamos apenas o real. Entretanto, em alguns outros países, é comum usar dois nomes: um como nome oficial e outro como unidade de conta.

O que é renminbi?

O renminbi (RMB) é a moeda oficial da China. Sendo que o seu nome significa moeda do povo. Existe uma grande discussão sobre o nome da moeda oficial da China. Isso porque, na China existem várias nomenclaturas usadas no cotidiano dos chineses de maneira informal, como jiao, mao e kuai.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Dessa maneira, o yuan, um nome bastante conhecido, é a mesma coisa que renminbi. Uma explicação comum para o uso dos dois nomes, é que o renminbi é o nome oficial da moeda. Por outro lado, o yuan representa uma unidade de conta.

Renminbi: o que é e como funciona

Apesar disso, os dois nomes servem para falar sobre o dinheiro da China. Porém, são usados em contextos diferentes. Por exemplo, o certo é falar que o preço de um produto é de 15 yuans e não 15 renminbis.

Da mesma maneira, ao falar sobre a valorização, o certo é dizer que o renminbi se valorizou e não que o yuan valorizou. O uso de mais de um nome pode ser confuso para um brasileiro. Afinal de contas, aqui nós usamos apenas o nome real. Contudo, não é só a China que usa mais de um nome para a sua moeda.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Na verdade, alguns outros países usam dois nomes: um serve como nome oficial da moeda e o outro representa a unidade de conta. Por exemplo, no Reino Unido é usado o sterling (libra esterlina) e o pound (libra). Já em Portugal eles usam os escudos (moeda) e os contos (unidade de conta).

Como funciona?

A República Popular da China ou apenas China como a conhecemos atualmente, foi fundada por Mao Tsé-Tung, em 1949. Anteriormente, a região tinha sido comandada por várias dinastias. Sendo que o primeiro sistema monetário foi criado, em 1271, na dinastia Yuan. Hoje em dia, o rosto de Mao Tsé-Tung está gravado nas notas de renminbi.

O símbolo da moeda da China é o ¥ e as notas são: ¥1, ¥5, ¥10, ¥20, ¥50 e ¥100. Existem ainda duas notas que exercem o papel de centavos, são as wu jiao e yi jiao que representam respectivamente 50 e 10 centavos. Essas duas notas são menores do que as outras e não tem o rosto de Mao Tsé-Tung gravado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Digital renminbi

Em meio a pandemia da Covid-19, a China anunciou os testes com o digital renminbi. Em síntese, a digital renminbi é uma moeda digital estatal. Isso significa que ela não é igual às outras moedas digitais, tais como o Bitcoin.

Isso porque, o Bitcoin é uma criptomoeda descentralizada. Já o yuan digital é centralizado pelo Banco Popular da China (BPC). Além disso, a China proibiu o uso e mineração de criptos no país, ao mesmo tempo em que faz propaganda de sua própria moeda digital.

CNY e CNH

A CNY e a CNH são também chamadas, respectivamente, de Yuan onshore e Yuan offshore. Ambas são taxas cambiais, que se diferenciam em relação à aplicação. Sendo assim, a CNY aplica-se apenas à população chinesa. Já a CNH se aplica no mundo todo.

Com a CNY o Banco Popular da China faz intervenções diretas nas variações da moeda e não deixa a flutuação passar de 2%. Sendo que as empresas, bancos e a população chinesa, usam essa taxa como base para a conversão da moeda.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Renminbi: o que é e como funciona

Desse modo, o país consegue manter a sua economia circulando no próprio território e depende de outros países somente em questões voltadas à exportação e importação. Isso faz com que exista uma margem para vários investimentos em renminbi, por causa da baixa variação da moeda.

O resultado é que a moeda da China fica entre as 5 moedas mais negociadas em todo o mundo. Por fim, na CNH não existe essa intervenção do governo. Dessa forma, ocorre uma flutuação cambial sem controle de margem. As pessoas físicas e jurídicas, que não são chinesas, negociam tendo como base a CNH e não a CNY.

Enfim, agora que você conhece o renminbi, aproveite para aprender também sobre a política monetária, mercado forex e ainda sobre a Bolsa de Xangai: características da maior bolsa de valores da China

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE


Conte-nos a sua opinião...