O que é bitcoin? Definição, como funciona, segurança e formas de investir


O bitcoin é uma moeda completamente virtual. Dessa maneira, possui a mesma utilidade do que as moedas físicas. Contudo, algumas características entre ambas são diferentes. Uma das características é a sua independência. Ou seja, as moedas virtuais não precisam de bancos para serem distribuídas. 

Uma dúvida recorrente é se o bitcoin é seguro. Na verdade, ele é considerado muito mais seguro do que as moedas tradicionais. Além disso, as transações realizadas com bitcoin são muito mais baratas do que as transações nos bancos tradicionais. 

O bitcoin também é bastante versátil, sendo passível de investimento. Entretanto, é um tipo de ativo indicado, principalmente, para investidores com o perfil mais arrojado. Isso porque, o bitcoin é uma moeda, logo, a sua volatilidade é muito alta. 

moeda virtual bitcoin

Bitcointrade

O que é Bitcoin

O bitcoin é uma criptomoeda, ou seja, um tipo de moeda digital. Portanto, o bitcoin é um dinheiro como o real, apesar do funcionamento ser diferente.

Uma das diferenças, é a sua descentralização. Desse modo, a moeda virtual não precisa dos bancos para que a distribuição seja realizada, como acontece com as moedas físicas. 

Em outras palavras, o bitcoin não precisa que os bancos centrais o emitam. Para isso, a criptomoeda funciona através de uma rede chamada Blockchain. Por ser completamente virtual, é uma boa opção para transações online.

O que é bitcoin, como a moeda virtual funciona, segurança e como investir

Jornal cruzeiro

Existem diversas outras moedas digitais. Porém, o bitcoin foi a primeira criptomoeda a ser criada no mundo, ainda em 2008.

O seu criador nunca foi revelado, apenas o codinome Satoshi Nakamoto. Apesar disso, a moeda é completamente independente de seu criador para o seu funcionamento. 

Como funciona o bitcoin?

O Bitcoin funciona através do registro de saídas e entradas de moedas. Esse registros ficam armazenados em blocos que formam a rede de bitcoin Blockchain. Neste caso, o resumo do bloco é chamado de Hash

Dessa maneira, a cada 10 minutos, o bloco é trocado por um novo e os registros das transações são arquivados neles. Além disso, os registros não podem ser mudados.

Os blocos são interligados entre si, como uma rede, e são os mineradores os responsáveis por fazer os registros.

moeda virtual bitcoin

Webitcoin

Já as moedas virtuais são encontradas através de mineração, onde existe um limite de moedas a serem encontradas. Ou seja, somente 21 milhões de Bitcoins estão disponíveis para serem encontrados e mais de 80% já foram.

Desse modo, para realizar a mineração, a pessoa compra um computador específico para minerar e utiliza seu computador para confirmar transações.

O termo mineração é uma referência à mineração de ouro, já que ambos são difíceis de serem encontrados e são escassos. Na mineração de Bitcoins, os computadores resolvem problemas matemáticos. Desse modo, a cada combinação que o computador encontra, o minerador ganha um bitcoin. 

Os mineradores em conjunto são chamados de rede do bitcoin. Dessa maneira, esse conjunto forma o consenso do Bitcoin. Em resumo, um minerador só pode registrar uma transação se a maioria concordar com a informação. 

O que é bitcoin, como a moeda virtual funciona, segurança e como investir

Gizmodo

Além das minerações, existem ainda dois meios para se conseguir bitcoin. O primeiro é através de sites de venda e compra, as Exchanges, onde a transação é anônima.

A segunda é mais complicada, pois é preciso encontrar alguém que seja realmente de confiança e que esteja disposto a vender bitcoins. Se a pessoa não for de confiança, ela pode te dar um golpe. 

Vantagens da moeda digital

Usar a moeda bitcoin tem diversas vantagens, tais como:

1- Versatilidade

O bitcoin pode ser usado para pagamento, como investimentos para diversificar a carteira e, além disso, é mais seguro do que o dinheiro tradicional. 

2- Segurança

O bitcoin é tanto ou mais seguro do que o dinheiro guardado em bancos. Isso porque, o nível de segurança da plataforma é superior ao dos bancos tradicionais.

O que é bitcoin, como funciona, segurança e como investir

Financeone

Como o bitcoin é descentralizado, para invadir o sistema, um hacker teria que invadir milhares de computadores. Por outro lado, os bancos tradicionais costumam arquivar os dados em poucos servidores.

3- Custos

Por não precisar do intermédio bancário, as operações com a moeda virtual são mais baratas. É possível realizar transferências entre países sem os custos tradicionais. Além disso, as transações são realizadas de maneira muito mais rápida, se comparado ao sistema tradicional. 

O que é bitcoin, como funciona, segurança e como investir

Blockchain

4- Independente

O Bitcoin não depende de nenhuma instituição financeira para operar. Ou seja, basta o consenso da maioria simples (50% +1) dos integrantes da rede. Isso impede que a mesma moeda virtual seja usada duas vezes. 

Desvantagens

Assim como todo investimento, as moedas virtuais também apresentam algumas características negativas. Algumas delas são:

Aceitação: Poucos locais aceitam o bitcoin. Portanto, ele não é muito recomendado em operações simples de pagamento em estabelecimentos comerciais. Dessa maneira, a moeda virtual é mais utilizada como uma forma de diversificar a carteira. 

Isto é

Volatilidade: a alta volatilidade da cotação do bitcoin torna o investimento nesse ativo difícil. 

Aquisição: Como ainda é um tipo de ativo um pouco restrito, comprar bitcoins não é tão fácil e acessível quanto comprar uma ação de uma empresa na bolsa de valores brasileira. 

Outras moedas digitais

Apesar de ter sido a primeira moeda virtual a ser lançada, o bitcoin não é mais a única disponível. Atualmente, existem diversas outras moedas que funcionam de forma parecida. Algumas delas são:

Monero: Parecida com o bitcoin, a Monero é uma moeda que cria um endereço único em cada transação; 

Dash: Essa moeda prioriza o anonimato e a privacidade dos usuários;

Litecoin: Bem parecida com o bitcoin, entretanto, tem a vantagem de ter uma mineração mais rápida. 

Currency

Ripple Ripple: Tem por objetivo ser um sistema totalmente seguro de pagamentos instantâneos. 

Siacon: Essa moeda é semelhante às demais, contudo, ela é mais leve para ser minerada. 

Investir em bitcoins

O perfil de investidor que normalmente investe nesse tipo de ativo, é o perfil de investidor mais arrojado, agressivo. Isso porque, a volatilidade desse tipo de investimento é bem alta.

Portanto, as chances de ganhar muito dinheiro são grandes, mas, ao mesmo tempo, os riscos também são mais acentuados. 

Livecoins

Para comprar bitcoins você pode minerar ou realizar a operação através de uma corretora de bitcoins, as Exchanges. Através desse meio, as operações de compra e venda são seguras e anônimas.

Um detalhe é que é possível comprar frações de Bitcoins, sendo assim, não é necessário comprar a moeda digital inteira.

Depois que você investir em seus Bitcoins, o mais recomendado é guardá-los em carteiras. Essas carteiras são aplicativos no celular ou computador, onde é possível realizar operações com o Bitcoin. 

Se você ficou na dúvida se deve ou não investir em bitcoins, veja o vídeo de Raul Sena e descubra 4 motivos para investir em bitcoin:

Agora que você entende sobre a moeda digital bitcoin, descubra também sobre os Bancos digitais – O que são, como funcionam e lista dos principais bancos

Fontes: Foxbit, Medium e Cointimes

Imagens: 61 Brasília, Webitcoin, Livecoins, Bitcointrade, Isto éJornal cruzeiro, Gizmodo, Financeone, Blockchain e Currency

Conte-nos a sua opinião...