Conta poupança: conheça suas vantagens e desvantagens


Assim como toda aplicação, existem vantagens e desvantagens na poupança. Sendo que a conta poupança é uma opção de investimento de baixo risco que proporciona um pequeno rendimento.

A conta poupança se popularizou entre os brasileiros como uma opção conservadora de investimento. Mas hoje em dia a poupança não é mais considerada uma boa opção de investimento.

Isso porque o retorno é baixo e a inflação está alta. Sendo assim, mesmo investindo você perde parte do seu poder de compra para a inflação.

É por isso que o mais vantajoso é investir em outras opções. Enfim, neste texto você vai conferir:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
  • Vantagens da poupança
  • Desvantagens da poupança
  • Conclusão: existem investimentos melhores do que a poupança
  • Opções seguras e mais rentáveis do que a poupança

Vantagens da poupança

A poupança tem vantagens e desvantagens. Algumas vantagens são:

1- Liquidez

Em resumo, a liquidez é a facilidade de transformar a aplicação em dinheiro.

convite
Aprenda a investir gratuitamente com Raul Sena

Essa é uma grande vantagem da poupança, pois a qualquer momento você consegue usar o dinheiro aplicado pelo cartão ou sacar o dinheiro em caixas eletrônicos e afins.

2- Rendimento igual entre bancos

Não importa em qual banco você abra uma conta poupança. O rendimento será sempre o mesmo. Ou seja, todas elas devem seguir a regra de remuneração que o governo determina.

3- Sem imposto de renda

Existem poucos investimentos no Brasil que são isentos de imposto de renda. Um deles é justamente a poupança. Sendo assim, você não perde parte do seu rendimento com imposto de renda.

4- Isento de IOF

Além da isenção de Imposto de Renda, a poupança também não tem IOF – Imposto sobre Operações Financeiras. Muitos investimentos cobram este imposto caso a aplicação seja resgatada antes do prazo de 30 dias.

5- Garantida pelo FGC

A poupança é garantida pelo FGC – Fundo Garantidor de Créditos. Desse modo, ao aplicar na poupança, você pode receber até R$ 250 mil por CPF e instituição em caso de calote.

6- Sem tarifa

Nas contas poupanças, os bancos não podem cobrar tarifa de manutenção. Além disso, o cliente tem direito a uma certa quantidade de transações gratuitas de saques, consulta de extrato e transferências.

Desvantagens da poupança

Dentre as desvantagens da poupança temos:

1- Rende menos do que a inflação

O rendimento da poupança é tão baixo que fica abaixo da inflação. Ou seja, você ganha menos do que perdeu de poder de compra para a inflação.

Isso ocorre porque a inflação diminui o poder de compra da população. Logo, você precisa de cada vez mais dinheiro para comprar as mesmas coisas que antes.

Portanto, o ideal é investir em ativos que proporcionem ganhos acima da inflação, assim você protege o seu poder de compra.

2- Só rende no dia do aniversário da poupança

O rendimento da inflação não é diário. Na verdade, o rendimento é depositado apenas uma vez por mês, no dia em que a aplicação completa um mês.

Dessa forma, se você fizer o resgate antes dos 30 dias, você perde o rendimento.

Por exemplo, vamos imaginar que você tenha investido R$ 1.000 no dia 15 de setembro. Se você resgatar o valor no dia 14 de outubro, você perde o valor investido.

3- Empréstimo

O dinheiro que você deixa na poupança é usado como empréstimo.

4- O passado da poupança

O governo já confiscou a poupança no passado. Muitos economistas dizem que isso dificilmente aconteceria hoje. Mas como já aconteceu, o passado assusta.

Conclusão: existem investimentos melhores do que a poupança

Agora que você já conhece as vantagens e desvantagens da poupança, você sabe que ela conta com a proteção do Fundo Garantidor de Créditos.

Mas o que talvez você não saiba, é que existem outros investimentos que rendem mais do que a poupança e também são protegidos pelo FGC. 

Portanto, a conclusão é que: se você quer proteger o seu poder de compra, você deve estudar sobre investimentos e optar por aplicações com rendimentos mais altos do que a poupança.

Opções seguras e mais rentáveis do que a poupança

Algumas opções de aplicações tão seguras quanto a poupança, mas que têm rendimentos mais altos são:

1- Tesouro direto

Ao investir em títulos do tesouro direto, você está emprestando o seu dinheiro para o governo. Sendo assim, você conta com a garantia do governo. É por isso que esses títulos são considerados como os mais seguros do mercado.

2- CDB

A sigla CDB significa Certificado de Depósito Bancário. Assim como a poupança, o CDB conta com a proteção do FGC. Ou seja, os dois contam com a mesma proteção.

No entanto, os CDBs rendem bem menos do que a poupança.

3- LCI e LCA

A sigla LCI significa Letra de Crédito Imobiliário e LCA é a Letra de Crédito do Agronegócio. Os dois tipos de títulos se parecem.

Em resumo, ambos são emitidos por bancos, têm a proteção do FGC e são isentos de imposto de renda. O que muda é o destino do dinheiro captado: na LCI o dinheiro vai para o setor imobiliário e na LCA vai para o agronegócio.

Enfim, essas são apenas algumas opções de aplicações com rendimento acima da inflação. Não deixe de conferir a lista completa de investimentos com retorno acima da inflação.

Fonte: Conta corrente.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Nos dias 19 e 20 de julho vamos mostrar as ações mais baratas do mercado. Cadastre-se grátis!


Conte-nos a sua opinião...