Anne Werninghaus: quem é essa bilionária brasileira?

Anne Werninghaus é a maior acionista individual da WEG, uma das maiores fabricantes de motores elétricos do Brasil. Conheça sua história.

29 de fevereiro de 2024 - por Sidemar Castro


Anne Werninghaus é uma empresária brasileira conhecida principalmente pela sua ligação à WEG, sendo a maior acionista individual desta empresa, que é a maior fabricante de motores elétricos da América Latina. Ela também foi ex-prefeita de Joinville, Santa Catarina, e está envolvida no conselho administrativo da Döhler.

Anne Werninghaus possui uma fortuna estimada em aproximadamente R$ 6,23 bilhões, obtendo esse patrimônio principalmente através das ações da WEG, que foram herdadas de seu pai.

Quer conhecer mais sobre a biografia de Anne Werninghaus? Leia a seguir.

Quem é Anne Werninghaus?

Anne Marie Werninghaus Tavares é uma empresária brasileira conhecida por ser a maior acionista individual da WEG, uma das maiores fabricantes de motores elétricos do Brasil. Ela é neta de Geraldo Werninghaus, um dos fundadores da empresa.

A empresa WEG é muito importante na economia brasileira, sendo responsável pelo maior número de bilionários na famosa lista de ricos da Forbes. A empresa não divulga a porcentagem exata de participação de cada membro das famílias fundadoras, mas é sabido que 14,5% das ações estão nas mãos dos herdeiros, enquanto outros 50,1% estão na holding WPA Participações.

Quanto a Anne Werninghaus, ela acumula uma fortuna estimada em US$ 1,1 bilhão, o que a torna uma das mulheres mais ricas do Brasil.

Anne acumula uma fortuna estimada em US$ 1,1 bilhão, o que a torna uma das mulheres mais ricas do Brasil.

Apesar de sua posição na WEG, Anne nunca trabalhou na empresa. Ela é formada em Moda pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e é a fundadora da A. Marie Complementos, uma loja de roupas e acessórios em Jaraguá do Sul, Santa Catarina.

Anne Werninghaus é casada e tem três filhos, cujos nomes não são publicamente divulgados, mantendo sua privacidade. Em entrevistas, Anne Marie falou sobre seu relacionamento passado com o jogador de vôlei João Paulo Tavares, então na seleção brasileira e hoje aposentado.

Ela conta que deu seus primeiros passos em moda com o CNPJ emprestado pela mãe, Beatriz Eicke Werninghaus. Anne Marie diz que sentia que precisava de uma “atividade que desse vazão à sua criatividade”.

Segundo ela, o gasto com roupas e acessórios não é supérfluo. “Se nos faz bem, não pode ser chamado dessa forma. A moda sempre teve e terá muito valor e importância”, afirmou. Ela também defendeu a vestimenta livre, independentemente de regras fechadas.

Carreira de Anne Werninghaus

A carreira de Anne Werninghaus se desenvolveu principalmente fora do setor em que a família fez fortuna. Ela escolheu a moda para expressar sua criatividade. Anne é formada em Moda pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e atua na sua área de estudo.

Ela é dona da A. Marie Complementos, uma loja de roupas e acessórios em Jaraguá do Sul (SC), onde vive. A loja se propõe a “contar a história de outras mulheres, com elegância e sofisticação, acompanhando diferentes estilos e personalidades, através de joias e acessórios”.

Além disso, Anne também é fundadora da VestesBr, um mercado de moda B2B (business-to-business) de curta duração lançado em 2011. Sua formação em moda e sua atuação em negócios fora do setor elétrico são aspectos importantes de sua trajetória.

Seu sucesso nos negócios a levou a ocupar a posição 83ª na lista geral de bilionários da Forbes, o que a torna uma das empreendedoras mais influentes do país.

Fortuna de Anne Werninghaus

Anne Werninghaus é a maior acionista individual da WEG, uma das maiores fabricantes de motores elétricos do Brasil. A fortuna de Anne é estimada em US$ 1,1 bilhão, o que equivale a cerca de R$ 5,55 bilhões na cotação atual da moeda americana.

Segundo o ranking da revista Forbes, Anne Werninghaus é a quinta mulher mais rica do Brasil. A primeira colocada é Vicky Safra, viúva do fundador do banco Safra, Joseph Safra.

A origem da fortuna da família Werninghaus está ligada à WEG. A empresa foi cofundada por Geraldo Werninghaus, avô de Anne, em sociedade com Werner Ricardo Voigt e Eggon João da Silva.

A WEG se tornou uma produtora não só de motores elétricos, mas também de bilionários. Segundo a Forbes, foi a companhia que lançou o maior número de bilionários na lista da publicação. Das famílias dos três fundadores, saíram hoje 29 bilionários, que juntos somam cerca de R$ 60 bilhões em patrimônio.

Apesar de sua posição na WEG, Anne nunca trabalhou na empresa. Ela é formada em Moda pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e é a fundadora da A.Marie Complementos, uma loja de roupas e acessórios em Jaraguá do Sul, Santa Catarina.

A loja se propõe a “contar a história de outras mulheres, com elegância e sofisticação, acompanhando diferentes estilos e personalidades, através de joias e acessórios”.

Fontes: Inteligência Financeira, Suno, Ndmais, Notícias de Emprego

Marcos Galperin: a vida e a carreira do fundador do Mercado Livre

John Maynard Keynes: vida e carreira do pai da macroeconomia

Daniel Kahneman: biografia e carreira do Nobel de economia

Jim Simons: quem foi o criador do fundo Medalliou