As dez maiores empresas da Bolsa de Valores


A bolsa de valores do Brasil é composta por mais de 320 empresas, nesta lista iremos te mostras as dez maiores da atualidade. Essa listagem tem como referência o valor de marcado das empresas, ou seja, o quanto a empresa vale.

Então, bora lá?

O que é Valor de mercado?

Por definição valor de mercado é o valor de cada ação multiplicado pela quantidade de ações de uma empresa. Essa avaliação leva em consideração a cotação de cada ação da empresa sendo multiplicado pela quantidade de papéis circulantes no mercado.

O valor de mercado é o que você vê variando todos os dias, mas de maneira factível na maioria das vezes nada muda de fato nos negócios. O valor de mercado pode sofrer alterações por conta de diversos fatores: o mercado, o cenário político atual, especulação, o temor por um vírus e a lista não para tão cedo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Além de questões externas a empresa, como essa lista que acabamos de falar, o valor de mercado pode variar por conta de fatores internos inerentes a companhia.

A liberação de um relatório trimestral que demonstra que a empresa vem passando por dificuldades, um fato relevante que pode alterar os rumos da empresa (como a troca da gestão), uma aquisição que o mercado entenda como uma coisa boa para a companhia ou não.

Portanto, o valor de mercado é usado como um indicador das maiores empresas da B3. Contudo, mesmo sendo um indicativo importante o valor de mercado não determina, por exemplo a capacidade caixa, lucro ou por exemplo a sua avaliação patrimonial.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Tipos de empresas da B3

Levando em consideração o valor de mercado, as empresas podem ser classificadas em três tipos: small caps, mid caps e blue chips.

1- Small caps

São as menores empresas da B3. Por serem pequenas, elas podem apresentar um grande crescimento no futuro e trazer uma forte valorização para a carteira do investidor. Em contrapartida, elas são tidas como alternativas mais arriscadas, já que as pequenas empresas podem quebrar mais facilmente do que as grandes empresas.

As dez maiores empresas da Bolsa de Valores

Trademap

Além disso, elas possuem menor liquidez, já que existem menos investidores interessados nesses papéis. Apesar disso, as small caps podem ser uma boa opção para quem deseja diversificar a carteira de investimentos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Se você não gosta de correr muitos riscos, uma opção é investir apenas uma parcela da carteira em small caps. Dessa maneira, se elas se valorizarem, você terá um bom retorno. No entanto, se elas se desvalorizarem, você não terá um impacto muito grande na carteira.

2- Mid caps

As mid caps são as empresas médias da bolsa de valores. Essas empresas não possuem o mesmo risco das small caps, pois são mais estruturadas, mas não são tão grandes e consolidadas quanto as blue chips. Isso significa que o investidor não corre tanto risco, mas ainda tem a oportunidade de lucrar com a valorização dos papéis, já que as mid caps podem crescer e se tornarem blue chips.

3- Blue chips as maiores empresas da B3

Também conhecidas como blue caps, essa é a categoria das maiores empresas da bolsa de valores. De maneira geral essas empresas possuem bons resultados operacionais e boa gestão corporativa. Desse modo, elas costumam ser bastante procuradas pelos investidores e possuem alta liquidez.

Criptofácil

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Essas empresas têm um peso considerável no Índice Bovespa, o que faz com elas sejam uma das maiores responsáveis pelas variações no índice. Como desvantagem das blue chips, podemos citar o fato de que elas já possuem uma fatia muito grande do mercado e não têm muito espaço para crescimento.

Empresas listadas na bolsa

Para que uma empresa seja listada na bolsa de valores, ela precisa passar pelo processo de abertura de capital, conhecido como IPO – Initial Public Offering. Por meio desse processo, as ações da empresa são disponibilizadas na bolsa de valores e qualquer pessoa pode se tornar sócio dela ao adquirir seus papéis.

As companhias que decidem abrir o capital fazem isso como uma maneira de arrecadar recursos para investir em seu crescimento. As empresas listadas na bolsa são representadas por um código. Os códigos são formados por letras, para indicar o nome da empresa e por números que indicam se a ação é ordinária ou preferencial.

Open market

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Por exemplo, o ticker das ações ordinárias da Magazine Luiza é MGLU3. Enfim, para investir nessas empresas, é fundamental que os investidores pesquisem sobre seus fundamentos e saúde financeira. Além disso, você pode realizar investimentos em empresas no exterior por meio de corretoras internacionais.

Um aviso importante: ao analisar as ações de uma companhia, mesmo que elas pertençam ao ranking das maiores empresas da bolsa, não foque apenas no preço das ações. Verificar o preço serve apenas para identificar as ações que estão com desconto.

Entretanto, mais importante do que as variações dos preços no curto prazo, é verificar os fatores intrínsecos ao negócio, como por exemplo, fluxo de caixa, capacidade de inovação, market share e executivos à frente da empresa. Para analisar esses dados, você pode recorrer à análise fundamentalista, por exemplo.

As 10 maiores empresas da B3 em valor de mercado

A B3, empresa responsável por fornecer produtos e serviços relacionados a negociações de valores mobiliários no Brasil divulga periodicamente um relatório com o valor de avaliação das empresas em seu site. Então vamos às maiores da bolsa de valores segundo ela, em fevereiro de 2020.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

10. WEG

A gigante do setor elétrico, de jaraguá do Sul, é uma das maiores empresas em valor de avaliação na Bolsa de valores. A WEG produz e comercializa diversos produtos nas áreas de: Equipamentos eletro-eletrônicos industriais, Geração, Transmissão e Distribuição de energia (chamado pela empresa de GTD), Motores para uso doméstico e Tintas e Vernizes entre outros.

A avaliação em valor da empresa no mês de fevereiro segundo a B3 foi de R$ 90.557.135,81 e  isso coloca a WEG na primeira posição de sua segmentação de mercado em valor de mercado da bolsa de valores.

09. B3 (Brasil, Bolsa, Balcão)

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A B3 (B3SA3) é a companhia responsável, no Brasil, pela bolsa de valores. Além de fornecer serviços operacionais na renda variável ela estabelece a sua estrutura como negócio na bolsa de mercadorias e futuros o antigo BM&F. Além disso, ela engloba também a CETIP, uma instituição de custódia de títulos públicos e privados.

Em síntese, a companhia fornece serviços de criação e administração de tecnologias e processamento de negociações, compensações, liquidações, além de depósitos e registros para diversas classes de ativos não só do mercado de valores mobiliários.

Surpreendentemente, além de prestar serviços e contribuir para o cenário investidor a empresa própria é listada na bolsa de valores e possui valor de mercado igual a R$ 98.838.647,52 sendo considerada como uma das maiores empresas da bolsa de valores.

08. Itaúsa

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A Itaúsa é uma holding que controla empresas dentre elas Itaú unibanco, Duratex, Alpargatas e Itautec e diversas outras marcas. Primeiramente para que fique claro Holding por definição é sobretudo uma sociedade gestora matriz de participações sociais, que exerce controle acionário em outras empresas através de aquisições do controle acionário.

O valor de mercado da Itaúsa em fevereiro foi de R$ 103.123.468,88 e o volume de negociações do papel é um dos maiores da bolsa.

07. Banco do Brasil a sétima entre as maiores empresas da B3

empresas da bolsa Banco do Brasil

O Banco do Brasil é uma das instituições financeiras mais antigas da economia brasileira e uma das maiores empresas da B3. Com efeito ela é uma sociedade de economia mista que mescla recursos de particulares e do governo brasileiro.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O BB foi fundado no ano de 1808, sendo assim ele foi a primeira instituição bancária a operar no País. Ademais ele também ocupa as primeiras colocações no hall dos maiores bancos de toda a América Latina e Caribe, possuindo mais de R$ 1,4 trilhão em ativos.

Em termos de valor de avaliação o Banco do Brasil vale R$ 134.273.441,56 sendo parte do índice do IBOVESPA bem como os demais ativos litados aqui como os ativos mais negociados da bolsa.

06. Santander

imagem central do Santander

O Santander está no Brasil desde 1982, sendo uma das maiores instituições bancárias no país. Seus papéis são negociados amplamente na bolsa de valores. A empresa nasceu em 1857  fundada na Espanha e hoje é conhecido globalmente como Grupo Financeiro Santander.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O valor de mercado da gigante no Brasil é de R$ 147.132.287,94 e na carteira teórica do IBOVESPA  ele corresponde a 1,1% dela.

05. Cervejaria Ambev

Ambev e instalações valores de mercado

Certamente você já ouviu falar da gigante brasileira dedicada à produção de bebidas, como por exemplo, cervejas, refrigerantes, energéticos, sucos, chás e água. A cervejaria Ambev foi fundada em julho de 1999 e atualmente controla mais de 60% do mercado de bebidas no Brasil.

Surpreendentemente a companhia apenas na segmentação cervejas possui mais de 40 rótulos e este não é o único produto fornecido por ela. Na segmentação de refrigerantes ela é detentora da maioria dos rótulos conhecidos pelas famílias brasileiras como o Guaraná Antarctica, Pepsi, Soda e H20.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Enfim, o valor de mercado da gigante do fornecimento de bebidas em fevereiro foi de R$ 228.766.184,7, o que a coloca como a quinta no ranking das maiores empresas da bolsa.

04. Banco Bradesco

As dez maiores empresas da Bolsa de Valores

O Banco Bradesco é um uma instituição brasileira fundada em Março de 1943 no interior de São Paulo. O banco é controlado pela Cia Cidade de Deus detentora de 47%, e 17% composta pela Fundação Bradesco.

O Banco é detentor de uma grande parcela de mercado, e suas linhas de produtos e segmentações de mercado são extremamente diversificadas. Se falando de Valor de Mercado a instituição bancária acumula R$ 233.125.316,35.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

03. Vale S.A

As dez maiores empresas da Bolsa de Valores

A Vale é uma mineradora brasileira, elencada no hall das maiores operadoras de logística do país. Sendo que, em relação a mineração, a Vale é uma das maiores empresas do mundo e em produtos específicos a colossal é a maior produtora global.

Ao mesmo tempo a empresa tem posição de liderança nos segmentos de minério de ferro e níquel mundial. Quando o assunto é produtos ela entrega além do ferro, o manganês, ferroliga, cobre, bauxita, potássio, caulim, alumina e alumínio. No assunto avaliação de mercado os números da empresa são de R$ 234.155.077,06

02. Itaú Unibanco é o segundo entre as maiores empresas da bolsa

imagem de agência itaú

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O maior banco no Brasil. Nada mais a se falar. Contudo, o Itaú Unibanco na forma com que conhecemos atualmente foi instituído em 4 de novembro de 2008 com a fusão entre o Banco Itaú e o Unibanco as maiores instituições do país na época. É o maior conglomerado financeiro nacional com mais de 90 anos de história e quase 100 mil colaboradores por todo o país.

Os números do banco são assustadores e iremos providenciar um artigo especial dele. Com cede em Jabaquara SP o valor de mercado do banco é a segunda maior empresa da Bolsa de Valores Brasileira com incríveis R$ 296.923.726,82.

01. Petrobras

Imagens de valor de mercado da Petrobras

Em resumo, a Petróleo Brasileiro S.A é a maior empresa da bolsa de valores de São Paulo, e sua variação em termos de preço impacta veementemente o IBOVESPA. Ela é um empresa de capital aberto cujo maior acionista é o governo brasileiro, sendo uma empresa de economia mista. A PTR4 opera em mais de 20 países com mais de 2 milhões de produção diária em barris de petróleo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A gigante atua também na segmentação de energia nos nichos de exploração, refino, produção, comercialização e transporte de gás natural e petróleo, bem como seus derivados. Os papéis da Petrobras movimentam em larga escala na bolsa brasileira e o seu valor de mercado foi o maior em fevereiro de 2020, com R$ 344.018.394,2.

Conclusão

De maneira resumida o valor de mercado não determina de fato a conclusão sob uma análise qualitativa. Basicamente uma empresa não ganha ou perde com a valorização de suas ações, a menos com a venda de ações em tesouraria. No entanto, é sempre bom conhecer um pouco mais sobre as maiores empresas dentro da Bolsa de Valores brasileira, apenas a título de curiosidade.

Inclusive, além das 10 maiores empresas da bolsa, existem ainda outras grandes empresas listadas na B3, como por exemplo, Magazine Luiza, Brasil, Itausa, BTGP Banco, Telefônica Brasil, B2W Digital, JBS, Eletrobrás, BB Seguridade, Lojas Americanas, Grupo Natura e Suzano.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Enfim, estas foram as maiores empresas da bolsa. Se este é o seu primeiro artigo no Investidor Sardinha não deixe de conhecer o Explorando Empresas da Bolsa, onde te ensinamos tudo sobre uma determinada empresa.

Abraços e bons investimentos. 🙂

Fontes: Vexter, E- investidor e Andre bona

Imagens: Open market, Trademap e Criptofácil

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE


Conte-nos a sua opinião...