Indústria de seguros de vida cresce após a chegada da pandemia

27 de agosto de 2021 - por Pedro Martoly


A pandemia fez com que o seguro de vida se tornasse uma prioridade para os brasileiros e movimentou o mercado de maneira significante. Segundo o presidente da Icatu Seguros, Luciano Snel, as buscas na internet dobraram desde o ano passado. A informação foi divulgada ontem (26) durante a 11ª edição da Expert XP.

No evento, o presidente da Mongeral Aegon, Helder Molina, também falou que nunca antes na história houve um interesse tão grande da população nesse setor. O presidente da Metlife Brasil e Colômbia, Raphael Carvalho, revelou que as seguradoras pagaram cerca de R$3 bilhões desde o começo da pandemia apenas com indenizações para situações que envolviam coronavírus. Ele ressaltou ainda que desse valor, R$2 bilhões foi só este ano.

Apesar de parecer um grande número, não é uma quantia que agrada ainda o executivo. O motivo é que o ramo desembolsou apenas 10% da indenização para seus clientes que estão em situação de caso de Covid-19. Em contrapartida, os Estados Unidos já pagou 70%. Além disso, mais da metade das pessoas que morreram por conta desta doença no Japão já tinham seguro de vida. Sendo assim, essa indústria no Brasil pode finalmente ter uma mudança positiva.

Mais resultados

Seguro Funeral

O País ainda não está nem perto de se aproximar no nível internacional em questão em números de interesse e desembolso por parte tanto do cliente quanto da indústria. Porém, a melhora ainda não pode ser descartada.

De acordo com o presidente da Prudential do Brasil, David Legher, a cada 10 minutos uma indenização é paga. Ademais, a empresa tem a menor taxa de cancelamento de seguro de vida em 7 anos.

Projeção para seguros de vida

Indústria de seguros de vida cresce após a chegada da pandemia

Brasil 247

A indústria de seguros de vida deve abraçar a oportunidade nos próximos anos porque há 140 milhões de brasileiros que fazem parte da população ativa-econômica. Além deles, existem também no mercado aproximadamente 15 mil assessores financeiros. Resultado disso, seria 9 mil clientes para cada profissional.

Com isso, Legher acrescenta que funcionários devem ir às ruas para chamar ainda mais a atenção dos brasileiros sobre a importância do seguro de vida.

Covid

Giro Marília

O Brasil apresentou uma queda de 20% com o número em média de 875 mortes dentro de 14 dias. No entanto, em 7 dias 696 pessoas morreram. A divulgação desses dados foi feita pelas Secretarias de Saúde em todo o Brasil. A média móvel para novos casos dentro de 7 dias é de 25.904. Ou seja, uma queda de 13% em relação à semana passada, que em apenas um dia registrou 30.288 novos casos da Covid-19.

No total, 127.098.222 pessoas tomaram a vacina contra o coronavírus no País. Isso significa que 60,02% da população foi vacinada. Já a segunda dose ou a vacina que necessita de apenas uma aplicação foram dadas em 58.646.314 pessoas. Equivalente a 27,7% da população.

Veja também sobre a Taxa Selic que pode aumentar mais uma vez!

Fonte: Valor Investe

Imagens: GovConnect, Seguro Funeral, Brasil 247, Giro Marília

Rombo fiscal assusta, novo plano da OI muito mais!

Taxação de dividendos, lucro da Magalu e Bitcoin a US$ 10.000

Lucro maior na Embraer, Putin reeleito e China com dados positivos

Bitcoin despencou mais de 7% e o uso do FGTS para comprar ovo de páscoa