Investir nos Estados Unidos – Como começar a investir em ETFs nos EUA

17 de maio de 2021 - por Jaíne Jehniffer


Uma das melhores formas de começar a investir nos Estados Unidos é por meio dos ETFs (Exchange Traded Funds), já que eles são uma boa maneira de diversificar a carteira de investimentos.

Além de ajudar na diversificação, os ETFs são vantajosos para quem está começando, pois exige menos conhecimento de mercado do que investir em ações individuais.

Apesar de falarmos sobre como investir nos Estados Unidos, esse texto não deve ser visto como uma recomendação de investimentos.

Vantagens de investir nos Estados Unidos

Uma das principais vantagens de investir no exterior é proteger o capital contra as variações econômicas nacionais. Sendo assim, caso aconteça alterações no cenário econômico, como, por exemplo, uma crise econômica nacional, parte do seu capital está protegido, já que está alocado no exterior.

Investir nos Estados Unidos - Como começar a investir em ETFs nos EUA

Valor investe

Outra vantagem é a diversificação da carteira de investimentos. Como os Estados Unidos são uma das principais economias do mundo, eles possuem mais de 8 mil opções de ativos disponíveis para os investidores. Sendo que, por meio das bolsas norte-americanas, é possível aplicar também em ativos de outros países.

A melhor forma de começar a investir nos EUA

Existem diversos tipos de ativos disponíveis para quem deseja investir no exterior. Entretanto, os ETFs são uma das melhores maneiras de começar a investir nos Estados Unidos, pois eles proporcionam uma boa diversificação para a carteira de investimentos.

Os ETFs são uma espécie de fundo de investimento. No entanto, os ETFs norte-americanos possuem algumas diferenças em relação aos ETFs brasileiros. A primeira diferença é que nos EUA existem mais variedades de ETFs do que no Brasil e lá os ETFs são divididos por setores.

Investificar

Desse modo, existem ETFs que investem exclusivamente em determinado tipo de empresa. Por exemplo, existem ETFs que investem apenas em companhias que pagam bons dividendos e ETFs que aplicam somente em empresas de tecnologia.

Além da setorização dos ETFs, existe ainda a diferença de que nos EUA os ETFs pagam dividendos e no Brasil não. Sendo que nos EUA é possível comprar frações de ETFs.

Como investir em ETFs nos Estados Unidos

O primeiro passo para investir em ETFs nos EUA é conhecer seu perfil de investidor e estratégia de investimentos. Essa etapa é essencial, pois, já que existem diversos tipos de ETFs, é importante que você escolha o ETF que mais se encaixa com seus objetivos pessoais.

O segundo passo é analisar os ETFs existentes nos EUA. Ou seja, apesar do investimento em ETFs exigir menos conhecimento de mercado do que investir em ações individuais, investir em ETFs também exige que o investidor realize a análise do ativo. Para pesquisar sobre os ETFs, você pode recorrer a sites, como, por exemplo, o ETF.com.

Dica de hoje 7

Nesse site, você pode colocar o setor na barra de pesquisa e ele indicará quais os ETFs são dedicados a investir naquele setor.

Por exemplo, se você colocar a palavra “marijuana”, vai aparecer uma lista de matérias falando sobre os ETFs que são focados em investir em empresas de maconha.

Ao analisar os ETFs, leve em consideração o seu desempenho histórico, volume de negociações, crescimento e a como está a alocação do patrimônio do ETF.

Além disso, é muito importante que você analise quais são as empresas que compõe o ETF e qual a porcentagem está sendo destinada à cada uma delas.

Se você não conhecer uma das empresas que compõem o ETF, vale a pena dar uma pesquisada sobre a empresa, seu mercado de atuação e histórico. Por fim, o último passo é fazer uma transferência para a sua conta na corretora no exterior e investir nos ETFs.

Outras formas de investir nos EUA

Como dito anteriormente, investir em ETFs é uma boa forma de começar a investir nos Estados Unidos, já que exige menos conhecimento de mercado do investidor.

Porém, existem algumas outras alternativas para quem deseja investir no exterior, como, por exemplo, por meio de ações e BDRs.

1- Ações

Por meio das ações é possível investir em empresas gigantes, como Apple, Amazon e Facebook. Contudo, antes de escolher as ações é importante analisar profundamente a empresa e conhecer sobre o funcionamento do mercado norte-americano, que é diferente do Brasil.

Investir nos Estados Unidos - Como começar a investir em ETFs nos EUA

Exame

Um detalhe importante sobre as ações, é que o investidor pode comprar frações das ações. Ou seja, ele não precisa comprar o papel inteiro como acontece aqui no Brasil.

Outra diferença das ações norte-americanas e as brasileiras é a distribuição de dividendos. Nos EUA, os dividendos são tributados em 30%. Por isso, algumas empresas optam por não distribuir dividendos.

Ao invés disso, elas compram ações e destroem os papéis. Dessa maneira, com menos ações no mercado, os ativos se valorizam e o investidor sai ganhando.

Em resumo, para investir em ações nos Estados Unidos você deve: abrir uma conta em uma corretora internacional, analisar os fundamentos das empresas, fazer uma transferência e comprar a porcentagem da ação desejada.

2- BDRs

Se você não quiser abrir uma conta em uma corretora no exterior, você pode aplicar em BDRs (Brazilian Depositary Receipt). A vantagem dos BDRs é que eles podem ser facilmente adquiridos nas corretoras brasileiras.

A desvantagem é que eles não são ações de fato. Na verdade, os BDRs são apenas documentos que representam as ações no exterior.

Portanto, se a intenção é investir diretamente nas ações, vale mais a pena recorrer a uma corretora internacional. Enfim, agora que você sabe como investir em ETFs, ações e BDRs, veja o vídeo de Raul Sena e descubra mais sobre o funcionamento dos ETFs nos EUA:

E aí, gostou de aprender como começar a investir nos EUA? Então conheça algumas Corretoras para investir no exterior – Opções de corretoras e como investir

Fontes: The cap e Avenue

Imagens: Valor investe, Educacional, Exame, Dica de hoje 7 e Investificar

O que acontece se não declarar o Imposto de Renda? Testei na PRÁTICA!

Fazer faculdade no Brasil vale a pena? A realidade é difícil de engolir

Ibovespa caindo! – Onde estou investindo para proteger o meu dinheiro?

A enorme BOMBA que pode enterrar de vez o Brasil