O que são ações? Definição, principais tipos, característica e como investir


O que são ações é uma dúvida que já passou pela cabeça de todas as pessoas ao entrar no mundo das finanças. Isso porque, sempre ouvimos falar em dividendos, renda variável e viver de renda. Todos esses conceitos estão ligados às ações, aos investimentos e a bolsa de valores.

As ações são uma porcentagem de uma empresa. Logo quando um investidor compra uma ação, ele vira acionista daquela empresa. Contudo, existem diversos tipos de ações e é importante conhecê-las antes de realizar seus investimentos.

Entretanto, além dos tipos de ações e como investir, é importante definir seus objetivos. Outra coisa de extrema importância é se conhecer e identificar qual é o seu perfil de investidor. Baseado nesses dados você será capaz de definir qual tipo de investimento se encaixa com você. Depois disso, só resta pesquisar bastante sobre as empresas antes de comprar suas ações.

Infomoney

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O que são ações

As ações são uma parte pequena de uma empresa, e também são chamadas de papeis dentro de uma companhia. Em outras palavras, ao comprar uma ação você se torna sócio da empresa. Contudo, no geral, você não tem direito de intervir em nenhuma decisão tomada pela empresa. Isso porque, uma ação representa uma parte muito pequena da empresa. 

O intuito das empresas ao abrir o capital e, consequentemente, vender ações é a renda gerada. Dessa forma as empresas podem fazer melhorias. Além disso, colocando os projetos em prática, o valor de mercado da empresa tende a aumentar. 

The cap

Uma curiosidade é que foi na bolsa de Amsterdã, no ano de 1602, que se teve registro das primeiras ações. Na época, as ações foram emitidas pela Companhia Holandesa das índias Orientais, que monopolizava a colonização da Ásia no período. Já no Brasil, a primeira bolsa de valores foi no Rio de Janeiro, em 1845.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Tipos de ações

As ações, ou seja, as porcentagens de uma empresa, podem ser divididas em dois grupos: 

Ações Preferenciais (PN): Os acionistas das ações preferenciais são os que têm preferência na divisão de dividendos, porém não possuem direito a voto ou intervenção na empresa. O código na bolsa de valores para as ações preferenciais são as letras da empresa seguidas pelo número 4. Exemplos; ITUB4, OIBR4, BBDC4.

Dependendo da empresa, as ações podem ser subdivididas, ainda, em: 

  • Ações preferenciais Classe A: No código na bolsa de valores o nome aparece como as letras da empresa seguido do número 5. Por exemplo: SUZB5, VALE5.
  • Ações preferenciais Classe B: São representadas pelas letras da empresa, seguidas pelo número 6. Por exemplo: BRSR6, ELET6.

Economatica

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ações Ordinárias (ON): As ações ordinárias são um tipo especial de ação, já que somente nessa modalidade o acionista tem direito a participação nas decisões das empresas. Outro diferencial é que as ações do tipo ordinárias têm um código diferente na bolsa de valores.

Portanto, eles aparecem com as letras da empresa e o número 3 no final. Exemplos: CIEL3, PETR3, PDGR3. Contudo, vale ressaltar que somente o acionista controlador tem real poder de decisão, uma vez que ele é quem, de fato, detém a maior quantidade de ações.

Units

As Units são um ativo composto. Isso significa que, com as Units, você negocia em conjunto tipos diferentes de ações, utilizando um mesmo código. O ativo composto é representado pelas letras da empresa e seguidas pelo número 11. Por exemplo: KLBN11, SANB11.

Classificações

Temos ainda as classificações baseadas no tamanho da empresa e seu lucro líquido: 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Big Caps: Também chamadas de Blue Chips, são as gigantes do mercado. Além de possuírem grande lucro, elas ainda são responsáveis por um grande número de negociações na bolsa. Portanto, essas empresas possuem alta liquidez.

Em resumo, liquidez se refere à facilidade em que um acionista consegue vender uma ação e ter posse do dinheiro. Essas são as companhias visadas por quem gosta de empresas que pagam bons dividendos. Por serem empresas já estabelecidas no mercado, são consideradas um investimento mais seguro. 

o que são ações

Live capital

Mid Caps: São as empresas de médio porte, estando entre as Blue chips e as Small Caps. As Mid caps podem ter um crescimento significativos, porém, normalmente, não tem a liquidez de uma Blue Chip. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Small Caps: Nessa categoria estão as empresas menores. Ao contrário das Big caps – que já são tão grandes que não tem perspectiva de grande crescimento – as Small caps podem crescer exponencialmente. Contudo, o contrário também pode acontecer, já que uma empresa menos consolidada no mercado tem mais chances de quebrar do que uma gigante. Outro ponto importante é que elas possuem pouca liquidez, já que são pouco negociadas na bolsa de valores. 

Lucros com ações

Um acionista pode lucrar com ações de várias maneiras. As mais comuns e comentadas são através da venda e dos dividendos, contudo, existem outras formas de lucro, como:

Venda das ações

A primeira maneira de lucrar é através da venda de suas ações. Claro que essa venda só vai representar um ganho se ela for vendida em um valor mais alto do que o valor que você investiu para comprá-la. Esse valor pode oscilar dependendo de diversos fatores, como estabilidade da empresa e crise econômica.

o que são papeis

Uol

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A valorização das ações é baseada em diversos aspectos, dentre eles: a lei da oferta e da demanda. Isso significa que, seja por um investimento que a empresa fez ou por qualquer outro motivo, a procura de ações pode aumentar e o preço, consequentemente, também vai subir.

Em outras palavras, com muitas pessoas querendo aquela ação, ela se valoriza. É nesse momento de valorização que é considerado mais lucrativo para vender, já que se você tiver adquirido a ação por um preço mais barato e a vender mais caro, você ganha dinheiro. 

Dividendos

A outra maneira de se lucrar é através de dividendos. Os dividendos são uma porcentagem do lucro da empresa que é dividida entre os seus acionistas. Essa porcentagem de lucro vai variar dependendo da quantidade de ações que você possuir, já que a soma é proporcional ao número de ações que cada investidor tiver.  

Juros sobre capital próprio (JSCP ou JCP)

Essa é mais uma maneira de ganhar dinheiro com ações. Nessa modalidade, ao contrário dos dividendos em que a empresa paga quando os lucros são o suficiente, nesse caso, a empresa paga independente do lucro.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Money invest

Logo, esse pagamento significa uma despesa para a empresa. Contudo, mesmo sendo uma despesa, algumas empresas fazem isso como forma de atrair mais investidores e manter seus acionistas atuais. No entanto, com esse tipo de pagamento, existe um desconto de 15% do imposto de renda ao acionista. 

Short Sellings

Para finalizar, a Short Selling também chamada de venda a descoberto, consiste em uma operação em que um investidor que acredita que a ação de uma empresa vai cair, pega uma ação emprestada de outro acionista. Em seguida, faz a venda e, quando o preço da ação cair, ele a compra por um preço mais barato e devolve para o dono original. 

Como comprar ações

Para comprar ações, é preciso, primeiramente, ter uma conta em uma corretora. Existem muitas corretoras no mercado, com taxas diferentes. Contudo, a maioria delas não cobra para fazer a conta e sim em investimentos específicos. Dessa maneira, é sempre recomendado checar antes os valores das taxas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Portanto, o primeiro passo é escolher uma corretora, ou várias, já que você pode investir simultaneamente com mais de uma corretora. Depois disso, é preciso transferir o dinheiro que você pretende investir para a sua conta na corretora.

ações

Capital

Não se esqueça de pesquisar a fundo em qual empresa você pretende investir. Algumas empresas representam um risco maior do que outras. Contudo, a escolha vai depender dos seus objetivos e do seu perfil de investidor. Após seguir todos os passos, dentro da conta da corretora você terá acesso às opções de investimentos.

Riscos

Como o mercado se movimenta constantemente, de acordo com os interesses dos investidores, que por sua vez são influenciados por diversos motivos, como um anúncio de pagamento de dividendo, ou alguma crise no país, investir em ações representa um risco. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Por não ser possível prever o futuro de uma empresa e os preços que os investimentos terão, investir em ações é considerado um investimento de renda variável. Em outras palavras, o lucro não é certeza e varia conforme a dinâmica do mercado. 

ações

Suno

O que é considerado riscos para alguns, é visto como oportunidade por outros. Isso porque, com as oscilações, algumas pessoas perdem dinheiro, enquanto outras aproveitam para adquirir ações mais baratas e esperaram até que elas valorizarem. 

Recompra de ações:

Por fim a recompra de ações é quando a empresa decide comprar suas próprias ações. O motivo mais comum para isso é porque a empresa considera que suas ações estão com um valor muito baixo. Com as ações compradas, a empresa pode mantê-las ou cancelá-las. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
ações

Valor investe

Se a empresa mantiver as ações em sua tesouraria, provavelmente, irá vender essas ações quando estiverem valendo mais. Por outro lado, se a empresa optar por cancelar as ações, elas deixam de ter validade, logo, a quantidade de acionistas diminui. 

Agora que você sabe tudo sobre ações, se inspire na história de Bruno Perini, quem é? Experiências, carreira, princípios e Você MAIS Rico

Fontes: Tororadar, Gorila, Suno e Toroinvestimentos

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Imagens: Infomoney, The cap, Suno, Valor invest, Uol, Live capital, Capital, Money invest, Economatica e Jovem investidor


Conte-nos a sua opinião...