O que é IPO? Como funciona, vantagens, desvantagens e como investir


A IPO é a oferta pública inicial de ações. Ela acontece após um longo processo de abertura de capital da empresa junto à bolsa de valores brasileira.

A abertura de capital é demorada, burocrática e custa caro. No entanto, as empresas que optam por ela, geralmente fazem essa abertura para captarem recursos para a sua expansão.

Para o investidor, as IPOs podem ser uma boa oportunidade de investimento, seja para aqueles que pretendem investir em curto prazo, ou para investidores que estão construindo patrimônio.

O que é IPO

A sigla IPO vem do inglês Initial Public Offering, traduzindo seria Oferta Pública Inicial. Ou seja, a IPO é a abertura de capital de uma empresa e consequente disponibilização de ações para os investidores na bolsa de valores. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Capital research

Como a IPO é o processo em que a empresa recebe novos sócios pela primeira vez, o mercado costuma acompanhar de perto as novas IPOs. Afinal, entrar em uma IPO pode ser uma oportunidade de negócio. 

Por que as empresas fazem a abertura de capital

As empresas que fazem a abertura de capital, geralmente estão em busca de recursos para investir em seu crescimento. Existem outras maneiras de se conseguir recursos, como por meio de financiamentos.

convite
Aprenda a investir gratuitamente com Raul Sena

Porém, a IPO possui vantagens mais interessantes, afinal, financiamentos possuem taxas que podem ser consideradas excessivas. 

O que é IPO? Como funciona, vantagens, desvantagens e como investir

Valor investe

Além disso, com a abertura de capital, os empreendedores da empresa podem vender suas ações e assim trocar parte da sua participação por dinheiro.

Outra vantagem é que a empresa passa a possuir maior credibilidade no mercado. Isso porque, para que possam abrir o capital, as empresas precisam ter um grau de governança corporativa elevada.

Por fim, outra vantagem é que a empresa ganha maior visibilidade na mídia o que faz com que ela adquira maior reconhecimento público. 

Como a IPO funciona

Para abrir o capital, a empresa precisa se enquadrar em uma série de requisitos regulatórios e legais. Sendo assim, o processo pode demorar de oito meses a três anos e custar bem caro.

O primeiro passo realizado pela empresa é montar uma equipe de IPO, com um gerente de projeto, um banqueiro de investimento, contadores e advogados.

Depois disso, é preciso reunir os dados financeiros necessários. Nessa etapa é necessário possuir os balanços auditados de três anos. A empresa também define o quanto ela pretende captar com a IPO e como será a composição das ações ofertadas.

Investidor internacional

Até o momento de abertura de fato do capital, a empresa precisa cumprir diversos procedimentos burocráticos. Um exemplo é solicitar o registro de companhia aberta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Outro procedimento burocrático é a solicitação da listagem na bolsa, onde se determina em qual segmento de listagem ela irá ingressar. 

A empresa precisa também preparar um prospecto, que é um documento onde constam informações sobre a empresa e a IPO, para que o investidor consulte e decida se irá investir ou não na companhia. 

Os investidores que lerem o prospecto e se interessarem na IPO da empresa, podem reservar ações. Dessa maneira, existe um período em que os investidores podem enviar seus pedidos por meio de corretoras e, com isso, reservar quantas ações eles desejam. 

O que é IPO? Como funciona, vantagens, desvantagens e como investir

Fiis

Durante o processo de IPO, existe também o bookbuilding. Ele considera quantas ações os investidores institucionais desejam comprar e os valores, com o objetivo de definir qual o preço dos ativos que serão lançados. 

Por fim, depois de todo esse processo, as ações são lançadas no chamado Dia D. Nesse dia, as ações começam a ser realmente negociadas na B3. 

Tipos de ofertas de ações

Podemos dividir a oferta de ações em dois tipos:

Primária: A oferta primária de ações é a realização da IPO da empresa e a consequente disponibilidade de seus ativos no mercado. Nesse caso, como a empresa vende para os investidores, o dinheiro gerado vai para o caixa da empresa.  

O que é IPO? Como funciona, vantagens, desvantagens e como investir

Levante ideias

Secundária: Na oferta secundária o dinheiro não vai mais para o caixa da empresa. O que ocorre é a negociação dos ativos existentes, já que as ações foram disponibilizadas na oferta primária. Dessa forma, a negociação ocorre entre investidores e o dinheiro circula entre eles. 

Vantagens e desvantagens

Para a empresa, realizar uma IPO é vantajoso, principalmente, para a captação de recursos para investir em seu crescimento. Outra vantagem é que a empresa passa a ser mais transparente com a gestão, já que as informações devem estar disponíveis para o público. 

Em relação aos investidores, existem aqueles chamados de flippers. Neste caso, as IPOs são vantajosas, pois eles reservam ações apenas para vendê-las no primeiro dia de estreia da empresa na bolsa.

Para os demais investidores, também pode ser uma boa oportunidade de investir em boas empresas com preços que ainda podem subir.

Mago do mercado

Em contrapartida, podemos destacar como desvantagem para as empresas a extensa burocracia e gastos para realizar a abertura de capital.

Além disso, depois que realizam o processo, os donos têm seu movimento restrito, tendo que responder ao conselho de administração e dar satisfação aos sócios. 

Por fim, para o investidor, aplicar em IPO pode ser um mau negócio se as suas expectativas não forem atendidas. Afinal, quando se reserva ações, o investidor espera que os papéis da empresa se valorizem, mas isso pode não acontecer e restarem apenas prejuízos. 

Como investir em IPO

A primeira etapa para se investir em uma IPO é ler o prospecto da empresa. Nesse documento consta não apenas os dados referentes ao histórico e os demonstrativos da empresa, como também detalhes sobre a IPO e o que será feito com o dinheiro. 

O que é IPO? Como funciona, vantagens, desvantagens e como investir

Empreender dinheiro

Depois de decidir em qual IPO você irá investir, é preciso abrir uma conta em uma corretora que estiver participando da abertura de capital.

Em seguida, basta informar o quanto você vai querer investir e reservar suas ações. Esteja atento à esse processo, pois, ao reservar as ações, você não poderá mais cancelar o pedido. 

Enfim, agora que você sabe como funciona a abertura de capital de uma empresa, entenda como são estabelecidos os Códigos de ações – O que são, como são formados e principais tipos

Fontes: Infomoney, Toro radar e Toro investimentos

Imagens: Capital research, Valor investe, Modalmais, Fiis, Investidor internacional, Levante ideias, Mago do mercado e Empreender dinheiro

Procurando uma boa oportunidade de compra? Nos dias 19 e 20 de julho vamos mostrar as ações mais baratas do mercado. Cadastre-se grátis!


Conte-nos a sua opinião...