Out of the money: o que é, quando ocorre e exemplo


O termo out of the money (OTM) significa fora do dinheiro. Ou seja, uma situação em que a compra ou venda de ativos não terá resultados positivos. Pode-se dizer também que é uma opção de compra e venda que não atingiu seu valor intrínseco. Assim, podemos entender que essa opção não atingiu seu preço de exercício.

Neste sentido, ocasionará prejuízo ou estagnação para o investidor por causa dos preços praticados em determinado momento. Basicamente, esta situação se dá na negociação de opções no mercado derivativo. Vale lembrar que, no mercado derivativo, os ativos estão vinculados a uma taxa de referência, preço de um ativo ou até índice de mercado.

Neste sentido, existem derivativos de ativos físicos, como café, carne, soja e outros. Por outro lado, existem derivativos de ativos financeiros, como ações, taxas de juros ou moedas.

Quando acontece o out of the money?

O que significa, Out of the money?

Clear

Esta situação acontece quando o preço de exercício de opção de compra (call) é maior que o preço vinculado. Ou seja, o preço de referência do mercado ativo.  No entanto, ela pode acontecer também quando o preço de exercício de opção de venda (put) é menor que o preço do derivado do mercado ativo.  Neste caso não oferece nenhuma vantagem para quem vende.

As opções que significam prejuízo para o investidor estão fora do dinheiro (out of Money). Assim, se uma opção de compra  for superior ao valor de referência de uma empresa, o investidor terá prejuízo.

Alguns exemplos de out of the money

Se um investidor adquirir um contrato de uma empresa com um valor acima do valor de referência, ele pode vir a ter prejuízo. Em um exemplo prático, se a empresa tem um valor de referência de R$ 300 e o investidor adquiriu por R$ 350, este investidor pode perder dinheiro no dia do vencimento do contrato.

O que significa, Out of the money?

Os melhores investimentos

Neste sentido, a probabilidade das ações da empresa fecharem abaixo desse valor é muito grande, em função de seu preço de referência. Por outro lado, quando as opções de venda  forem inferiores a esse valor, são opções OTM também.

Se um investidor adquire um contrato de opção de venda por R$ 300,00 e no dia do vencimento a cotação fique no valor de referência de R$ 305,00, esta opção se torna out of Money.

Opção in the money

Basicamente, essa opção é o inverso da opção OTM, e significa dentro do dinheiro. Neste sentido, em uma opção de compra o ativo objeto está sendo negociado com preço superior ao preço de exercício da opção. Assim, em caso de vencimento do contrato o investidor estará em uma situação positiva.

O que significa, Out of the money?

Pexels

Esta situação é chamada de Call ITM e o investidor pode vender este ativo por um preço maior, obtendo o seu lucro. Por outro lado, em uma opção de venda, a situação in the Money se realiza quando o preço do ativo estiver abaixo do preço de exercício da opção.

Esta situação é chamada de put ITM, em que o investidor compra a um preço de mercado menor e vende a um preço de exercício maior, obtendo também o seu lucro.

Opção at the money (ATM)

Esta sigla, traduzindo do inglês, significa “no dinheiro”. Ou seja, tanto nas opções de compra (call) quanto nas de venda (put), o preço do ativo-objeto (preço de mercado) e o preço de exercício (strike) são muito próximos. Neste sentido, fica impossível prever lucro ou prejuízo.

O que significa, Out of the money?

Pexels

A propósito, podemos dizer que uma opção ATM é uma opção com liquidez e que tem um valor intrínseco muito baixo ou igual a zero. As possibilidades do titular dessa opção exercer seu direito de compra e venda do ativo-objeto são mais concretas.

Vale lembrar que, nesta opção, o preço de mercado e o preço de exercício de um ativo ficam em um mesmo patamar. No entanto, é importante saber profundamente, o que é valor intrínseco e extrínseco de um ativo. Isso nos ajuda a  compreender as situações do mercado de opções.

O que é valor intrínseco e extrínseco?

Basicamente, o valor intrínseco de um ativo é independente de fatores externos que influem sobre o preço, como, por exemplo, o tempo. Neste sentido, o valor intrínseco é o valor real de um ativo.

O que significa, Out of the money?

Pinterest

Assim, a diferença entre o valor real de uma ativo e o valor praticado pelo mercado representa a oportunidade de lucro. Em uma opção de comprar por R$ 40 uma ação que vale R$ 50,00, seu valor intrínseco é 10. Contudo, se essa ação valer R$ 30,00, essa opção fica sem valor. Ou seja, no mercado de opções essa opção OTM, está sem valor intrínseco.

Por outro lado, o valor extrínseco é aquele que mede o tempo e o risco dos ativos. Neste sentido, este valor se comporta por meio das expectativas do mercado em relação a um ativo. Ou seja, se um ativo tem uma grande chance de trazer mais vantagens aos acionistas, maior é o valor extrínseco do contrato.

Gostou da matéria? Leia também: Fundos referenciados, o que são? Como funcionam, prós e contra

Fontes: Suno, Mais Retorno, Investopedia, Topinvest, Warren, Como Investir

Imagens: Mercavejo, Clear, Os melhores Investimentos, Pexels, Pexels, Pinterest

Conte-nos a sua opinião...