Ações que se valorizaram mais de 500% – Ranking e comparativos


Algumas empresas, ao entrarem no mercado de ações, são negociadas por valores baixíssimos. Contudo, através de uma boa gestão e ganhos consistentes, aos poucos, as empresas ganham a confiança dos investidores. Então, foi isso o que aconteceu, por exemplo, com ações que se valorizaram mais de 500%.

Entretanto, vale ressaltar que mesmo que essas ações que se valorizaram mais de 500% apresentem ótima valorização, isso não garante rendimentos futuros. Dessa maneira, essa lista é baseada apenas no histórico da empresa.

Portanto, a lista a seguir é uma analise de três empresas e, sendo assim, não representa uma recomendação de compra ou venda. Em outras palavras, vamos apresentar o histórico das empresas, para que você possa entender como ocorreu o processo de mudança, além de compreender a forma com o que as ações se valorizaram.

Ações que se valorizaram mais de 500%

Valor Investe

Veja agora 3 ações que se valorizaram mais de 500%

1- Raia Drogasil (RADL3)

Drogasil

A Drogasil surgiu em São Paulo, em de 1935, como resultado da junção da Drogaria Brasil e a Drogaria Bráulio. Pouco depois, em 1937, a Drogasil se juntou as drogarias Orion, Sul América, Araújo, Ypiranga e Morse. Consequentemente, passou a ser uma rede de drogarias. 

A empresa continuou crescendo e, em 1952, inaugurou seu laboratório próprio, onde produzia produtos exclusivos. Posteriormente, a empresa criou um departamento de TI. Dessa maneira, a Drogasil se tornou pioneira, em 1967, em alto investimento tecnológico. 

Ações que se valorizaram mais de 500%

Belém do Pará

A matriz da empresa fica no bairro Butantã, em São Paulo, onde conta com os setores de administração, centro de treinamento e distribuição. Em suma, a rede Drogasil abriu o capital em 1977, sendo a primeira empresa do varejo farmacêutico a negociar suas ações na B3

Nos anos 2.000, a empresa se expandiu e se modernizou. Dessa maneira, inaugurou diversas lojas e centros de distribuição em vários estados brasileiros. Em 2011, a Droga Raia e a Drogasil uniram forças, se tornando a maior rede de farmácias do Brasil em número de lojas e receita. 

Atualmente, a empresa é um gigante no setor farmacêutico, com farmácias em São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, Mato Grosso e muitos outros estados. Em 2015, lançou o Farmacêutico 40 horas, onde ocorre atendimento 24 horas por telefone ou e-mail, e 16 horas nas drogarias. 

Droga Raia

A Droga Raia foi criada em 1905, no interior de São Paulo. Seu fundador foi o italiano João Baptista Raia, que chegou ao Brasil em 1895. Posteriormente, em 1931, foi aberta a segunda loja e, após alguns anos, várias outras foram inauguradas. Para resumir, em 1990 a empresa já era uma rede de 34 lojas em todo o estado de São Paulo. 

Os anos 2000 foram de crescimento da marca que, enfim, abriu sua primeira drogaria fora do estado de São Paulo. Alguns anos depois, em 2004, a empresa iniciou vendas online. 

Ações que se valorizaram mais de 500%

Goldn Cross

Resumidamente, foi em 2010 que a empresa decidiu abrir seu capital e, um ano depois, houve a fusão com outro gigante do setor, a Drogasil. Juntas as drogarias formam a RD.

A união

A Raia Drogasil é o resultado da fusão, que ocorreu em 2011, entre duas das maiores empresas do setor farmacêuticoNa época da fusão, a totalidade de lojas das duas empresas resultou em uma Companhia com 78% do mercado nacional. 

A estratégia das empresas foi usar o que cada uma tinha de melhor. Dessa forma, a sistema financeiro comercial e contábil da Raia era melhor, enquanto a Drogasil tinha o melhor sistema de promoções e centros de distribuição.

Portanto, utilizando o que cada oferecia de melhor, as duas se fortaleceram e, hoje, contam com 2.100 lojas em 23 estados brasileiros. Por fim, a Raia Drogasil é considerada a maior em receita e número de lojas.

Ações que se valorizaram mais de 500%

Investidor Sardinha

A rede de drogarias Raia Drogasil conta com uma estrutura de vendas multicanal, ou seja, permite aos clientes de cada marca a realização das compras nas lojas, na internet, por telefone ou por meio de aplicativos.

Valorização:

No dia 23 de dezembro de 2011, as ações estavam sendo negociadas a R$ 12,60. Atualmente, as ações estão em R$ 107,09. Ou seja, ao todo tiveram uma valorização de 749,92%. 

2- Bradespar (BRAP4)

A Bradespar é o resultado da cisão (transferência de capital social de uma empresa para outra) do banco Bradesco com a Bradespar S.A, no ano de 2000. A cisão foi homologada pelo Banco Central, em maio de 2000, e o registro na CVM veio em agosto, quando começou a ser negociada na B3. 

O controle acionário da empresa está dividido entre o seu Grupo Controlador, composto por:

  • Nova Cidade de Deus Participações S.A;
  • NCF Participações;
  • Cidade de Deus Companhia Comercial de Participações;
  • Fundação Bradesco. 

Bradespar

A Bradespar é uma companhia de investimentos. Dessa maneira, os investimentos principais estão na Vale e na CPFL Energia, com uma participação considerável em ambas. As ações da Bradespar estão na B3 com os códigos BRAP3 para ações ordinárias, e BRAP4 para ações preferenciais.

Atualmente, a Bradespar é conhecida por atuar na governança corporativa da Vale, sendo que participação da empresa na Vale é de 5,56%. 

Valorização: 

No dia 22 de janeiro de 2016, as ações estavam sendo negociadas a R$ 3,14. Hoje, elas estão custando R$ 35,74, representando uma valorização de 1.037,90%.

3- Magazine Luiza (MGLU3)

Em síntese, a Magazine Luiza foi fundada por Luiza Trajano Donato e Pelegrino José Donato. Uma curiosidade é que quando a Magazine Luiza foi inaugurada, em 1957, a empresa era chamada de A Cristaleira.

Primeiramente, a loja ficava localizada no município de Franca, no interior de São Paulo. Nos anos seguintes, a empresa cresceu e, em 1974, abriu sua primeira loja de departamento. Já em 1976, a empresa adquiriu as Lojas Mercantil. 

Emóbile

Em 1983, começou o processo de expansão para outras regiões fora de São Paulo. Posteriormente, em 1986 foi aberto o primeiro centro de distribuição e, em 1991, a Holding LTD entrou para o quadro societário da empresa.

No mesmo ano, a sobrinha da fundadora, Luiza Helena Trajano, coincidentemente com o mesmo nome da tia, assumiu a liderança da empresa. Como resultado, houve grandes mudanças positivas na gestão da Companhia.

Atualmente, Luiza Helena Trajano ocupa o importante cargo de presidente da empresa. 

Pioneirismo da Magazine Luiza

A Magazine Luiza foi pioneira na comercialização eletrônica, criada em 1992. As vendas eram feitas através de terminais multimídia, onde os vendedores orientavam os clientes.

Logo depois, no ano 2000, foi criado o portal de vendas da Magazine Luiza. Pouco tempo depois, em 2002, a empresa se associou ao Itaú e criaram a Luizacred, com o intuito de promover financiamentos para os clientes. 

Em 2003 nasceu a Lu, o avatar que representa a empresa e conversa com os clientes. Posteriormente, em 2005, a Magazine se associou ao Cardif e criaram a Luizaseg, seguradora que se tornou responsável pelos produtos, garantias e seguros. Logo, as ações fizeram da Magazine Luiza a única empresa do varejo com seguradora própria. 

Suno

Simultaneamente, em 2005 foram criados importantes canais de comunicação interna como a TV Luiza, a Rádio Luiza e o Portal Luiza. Dessa forma, em 2010, receberam o prêmio Melhor Empresa na Prática de Falar com seus Colaboradores, pelo instituto Great Place to Work

Por fim, em 2011 a empresa abriu seu capital e, atualmente, é uma das maiores redes varejistas do Brasil. Dessa maneira, a Magazine é uma das líderes do varejo nacional, presente em 16 estados através de suas 736 lojas. Atualmente a empresa é dona das marcas Softbox, Integra e Netshoes. 

Valorização: 

Enfim, no dia 08 de janeiro, as ações da Magazine Luiza estavam sendo negociadas em R$ 0,23 centavos. Hoje, estão em R$ 60,09, representando uma valorização de 26.008,70%

Quer saber mais sobre investir nessas ações que se valorizaram mais de 500%? Então assista ao vídeo:

Gostou das ações que se valorizaram mais de 500%? Conheça ainda, Reserva de Emergência – O que é, como começar e onde investir

Fontes: Drogasil, Infomoney, Droga Raia, canaltech, e Lojas Magazine Luiza

Imagens: Valor Investe, Belém do Pará, Investidor Sardinha, Golden Cross, Bradespar, Emóbile, Suno e Investnews

Conte-nos a sua opinião...