Elon Musk comprou o Twitter por 44 bi: veja os reflexos nas ações da empresa

Elon Musk comprou o Twitter por 44 bilhões de dólares e com isso, a empresa irá se tornar uma companhia de capital fechado.

25 de abril de 2022 - por Jaíne Jehniffer


Elon Musk, atualmente o homem mais rico do mundo, fechou um acordo definitivo para a compra do Twitter. Sendo que a transação está estimada em US$ 44 bilhões em dinheiro (aproximadamente R$ 215 bilhões).

A intenção é que o negócio seja concluído ainda neste ano. Para isso, é preciso da aprovação formal dos acionistas da empresa e ainda dos órgãos regulatórios.

No começo de abril, Musk já tinha comprado 9,2% das ações do Twitter, de acordo com documentos da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA.

Ao adquirir 9,2% da empresa, ele se tornou o maior acionista da rede social. Alguns dias depois, houve a indicação de Musk para o conselho de diretores da empresa, contudo, ele não aceitou o convite.

Posteriormente, ele fez uma oferta de US$ 43 bilhões para assumir o controle total da empresa. Mas a oferta não foi aceita. Inclusive, o conselho chegou a recorrer a manobras para impedir que Musk comprasse a empresa.

Por fim, no dia 25 de abril de 2022, o Twitter anunciou que fechou o acordo de compra por US$ 44 bilhões. Sendo que houve a aprovação unanime da compra pelo conselho da empresa.

Para você ter uma ideia do quanto Musk vai desembolsar com a compra do Twitter, ele vai pagar mais de 200 bilhões de reais.

Esse valor seria suficiente para comprar quase qualquer empresa da bolsa brasileira, exceto a Petrobras (R$ 419,5 bilhões), Vale (R$ 389,3 bilhões), Itaú Unibanco (R$ 232,7 bilhões) e Ambev (R$ 232,1 bilhões).

Reflexos nas ações

O Twitter foi fundado em 2006 e hoje conta com mais de 217 milhões de usuários mensais. Talvez você esteja se perguntando o que vai mudar com a compra do Twitter.

Em 1º lugar, a empresa vai se tornar uma companhia de capital fechado. Ou seja, as suas ações não serão mais negociadas na bolsa de valores.

Desse modo, os acionistas vão receber US$ 54,20 por cada ação comum. Esse valor significa um prêmio de 38% em cima dos preços dos ativos no dia 1º de abril.

Depois do anúncio da compra, as ações da empresa tiveram uma alta de 6%. No fim das contas, as ações do Twitter fecharam o dia com alta de 5,64% e os BDRs da empresa na B3 fecharam o dia com uma alta de 7,6%.

Elon Musk comprou o Twitter, o que muda na empresa?

Além do fato de que a empresa fechará o capital, outras mudanças devem ocorrer. Isso porque Elon Musk disse que irá fazer várias melhorias na rede social quando ele for o dono.

Sendo assim, a intenção de Musk é aprimorar o Twitter por meio de novos recursos e tornar os algoritmos do código aberto para aumentar a confiança.

Musk é um usuário frequente do Twitter e acredita que a rede social tem um grande potencial. De acordo com ele, o Twitter irá funcionar como uma espécie de arena de defesa para a liberdade de expressão.

Essa mudança em relação a liberdade de expressão já era esperada, afinal de contas, já faz um tempo que Musk está criticando as políticas do Twitter que limitariam a liberdade de expressão.

Segundo Elon Musk “A liberdade de expressão é a base de uma democracia em funcionamento e o Twitter é a praça da cidade digital onde assuntos vitais para o futuro da humanidade são debatidos”.

Agrawal, atual presidente-executivo do Twitter, também acredita no potencial da rede social, segundo ele “O Twitter tem um propósito e relevância que impacta todo o mundo. Estou profundamente orgulhoso de nossas equipes e inspirado por um trabalho que nunca foi tão importante”.

Elon Musk é usuário ativo do Twitter

Elon Musk tem mais de 80 milhões de seguidores no Twitter. Certamente, você já ouviu falar sobre algum tweet dele. Isso porque, Musk é um usuário ativo e várias das suas postagens já viraram notícia.

Por exemplo, quando ele comenta sobre o Bitcoin, geralmente isso gera uma alta ou baixa dos preços da criptomoeda.

Algumas horas antes de divulgar o acordo de compra do Twitter, Musk fez um tweet dizendo “Eu espero que meus piores críticos permaneçam no Twitter, porque é isso que significa liberdade de expressão”. 

E aí, o que você achou da notícia (Via G1, Infomoney e EM) de que o Elon Musk comprou o Twitter? Então aproveite para conferir algumas dicas de Luiz Barsi para enriquecer.

Bibliografia:

Elon Musk fecha acordo para comprar Twitter. G1. Acesso em: 25 de abril de 2022.

Twitter confirma sua venda a Elon Musk por US$ 44 bilhões. EM. Acesso em: 25 de abril de 2022.

George Stigler: vida e carreira do Nobel de economia

Margaret Thatcher: quem foi e quais foram as contribuições dela?

Economia comportamental: o que é e como funciona?

Daniel Kahneman: biografia e carreira do Nobel de economia