IPO da Wine – História da empresa, serviços e abertura de capital

A Wine é uma empresa do segmento do varejo alimentício com foco na comercialização de vinhos e espumantes. Sendo que a sua atuação se da por meio de um clube de assinatura e e-commerce de vinho que opera através uma plataforma omnicanal.

27 de outubro de 2020 - por Jaíne Jehniffer


A IPO da Wine, empresa do segmento do varejo alimentício com foco na comercialização de vinhos e espumantes, é o assunto do momento. O processo de IPO – Initial Public Offerening – é a oferta pública inicial de ações de uma empresa.

Em outras palavras, a empresa abre o capital e as ações da companhia ficam disponíveis para os investidores na bolsa de valores brasileira. Normalmente, as empresas fazem isso para arrecadar dinheiro para a sua expansão, como é o caso da IPO da Wine. 

Vale lembrar que, apesar de explicar sobre o funcionamento da empresa e seus produtos, esse texto não é uma recomendação de investimento. 

Gazeta do povo

História da Wine

Antes de falarmos sobre a IPO da Wine, vamos focar um pouco na história da empresa. A Wine foi fundada, em 2008, por Rogério Salune e Anselmo Endlich.

A empresa fez sucesso desde o começo e, no primeiro ano, já tinha 14 mil clientes, o que resultava em mais de 250 mil garrafas de vinho vendidas. 

O que começou como uma empresa tradicional de vendas de vinho, se expandiu ao se revolucionar. Isso porque, em 2010, foi lançado o clube de assinaturas Wine. Dessa maneira, o que era apenas um diferencial no mercado, acabou por se tornar o ponto chave da empresa. 

IPO da Wine - História da empresa e como vai ser a abertura de capital

O prato da casa

Em síntese, a Wine cresceu tanto que, atualmente, são mais de 170 mil assinantes do clube. Porém a empresa não se acomodou e quer crescer mais. Como resultado, veio a IPO da Wine. 

Como a Wine funciona

A Wine é uma empresa do segmento do varejo voltada para a comercialização de vinhos e espumantes. A atuação da Companhia ocorre por meio de um clube de assinatura e e-commerce de vinhos que opera através uma plataforma omnicanal.

Dessa maneira, a Wine abrange, por exemplo:

  • E-commerce (Wine e Vinho fácil);
  • B2B (bares, restaurantes, hotéis);
  • Lojas físicas;
  • Eventos.

Em resumo, o principal foco de atuação da empresa é o clube de assinaturas (Clube Wine), que corresponde a 78,6% da receita da empresa:

IPO da Wine

Produtos e serviços da Wine

Além do clube de assinatura, a Wine comercializa vinhos e espumantes em seus canais digitais. Portanto, a empresa também possui planos de assinatura voltados para o segmento B2B.

Além disso, antes mesmo da IPO da Wine, a empresa já está investindo pesado na abertura de novas lojas e em eventos para estimular o consumo de vinho no cenário nacional.

IPO da Wine

Segundo levantamentos da própria empresa, a taxa de conversão de assinaturas é um dos grandes focos. Ou seja, quando o cliente compra algum produto em seu canal digital, o foco da companhia é na conversão. 

Desse modo, no 1º semestre de 2020, 10% das pessoas que utilizaram a plataforma online da Wine se tornaram assinantes.

Além disso, antes mesmo da IPO da Wine, a empresa já conta com uma base ativa de 18.679 assinantes, com uma receita média mensal por sócio de R$ 180,00. Em seu aplicativo, somente no iOS, em 2020, foram realizados 791 mil downloads.

IPO da Wine

Em termos de produtos a Wine conta com mais de 198 marcas, sendo mais de 1.250 SKU’s disponíveis. Além disso, em 2019, a empresa comercializou 7,4 milhões de garrafas importadas de mais de 16 países.

IPO da Wine

A abertura de capital da Wine terá 73.700.000 adicionais de ações ofertadas e, à esse valor, pode ser acrescido mais 11.055.000, dependendo do ânimo do mercado.

Desse modo, na IPO da Wine, a oferta vai ser dividida em duas etapas. Na etapa primária serão 57.700.000 novas ações e o dinheiro será destinado à empresa.

Por outro lado, na oferta secundária, onde o dinheiro arrecadado vai para o bolso dos controladores da Wine, serão 16.000.000 ações existentes.

Exame

O ticker da Wine ficou como WNBR3, já o seguimento será de Novo Mercado. Para a IPO da Wine, o preço das ações serão de R$ 9,50. No entanto, o valor mínimo de investimento é de R$ 3.000,00. Por fim, o valor da oferta da Wine será de cerca de 805 milhões de reais.

O período de enceramento de reserva será no dia 03 de Novembro de 2020. Já o início das negociações no Novo Mercado será no dia 06 de novembro de 2020. Dessa forma, a data de liquidação será no dia 09 de novembro de 2020.

Atualmente a estrutura societária antes da IPO da Wine é:

IPO da Wine

Entretanto, caso ocorra a oferta suplementar, a divisão da Wine será a seguinte:

Enfim, os coordenadores da IPO da Wine são:

O que será feito com o dinheiro da IPO da Wine

Sempre que uma empresa decide abrir o capital, surge a dúvida sobre o que será feito com o dinheiro da IPO. No caso da IPO da Wine, o dinheiro será investido no crescimento da empresa.

Em outras palavras, o montante resultante da IPO será alocado em novas aquisições, marketing, logísticas, expansão das lojas e investimentos em tecnologia.

Enfim, agora que você já sabe como será a IPO da Wine, assista ao vídeo de Raul Sena e descubra se ele vai entrar na IPO:

E aí, curtiu conhecer sobre a IPO da Wine? Então, aproveite para saber também sobre o IPO da Pague Menos – História da empresa, produtos e oferta de ações

Fontes: Infomoney e Startupi

Imagens: Gazeta do povo, O prato da casa, Exame e Zé azevedo

O que acontece se não declarar o Imposto de Renda? Testei na PRÁTICA!

Fazer faculdade no Brasil vale a pena? A realidade é difícil de engolir

Ibovespa caindo! – Onde estou investindo para proteger o meu dinheiro?

A enorme BOMBA que pode enterrar de vez o Brasil