Asset Management: o que é e como utilizar nos ativos


O termo Asset Management se refere à gestão de ativos de determinado portfólio. Dessa forma, o próprio investidor ou um gestor, chamado de asset manager, podem fazer o gerenciamento. Nesse sentido, a responsabilidade desse gerenciamento é comprar e vender ativos, para obter assim a melhor rentabilidade possível.

Em português, também é conhecido como gestão de ativos. Ou seja, é um processo de administração do patrimônio tanto de uma empresa, pessoa jurídica, quanto um particular, para pessoa física.

Assim, seu foco principal está na aquisição, manutenção e liquidação devida dos bens. Em outras palavras, o asset management visa multiplicar o potencial dos ativos e gerar mais riqueza para seus clientes.

O que é Asset Management?

Asset Management: saiba como fazer a gestão inteligente dos seus ativos

IOT World Today

Primeiramente, seu objetivo principal é o de gerenciar ativos, ações, fundos de investimento, etc, para obter a maior rentabilidade possível. Ou seja, compor um portfólio diversificado que possa se ajustar à realidade do cliente.

Dessa forma, quando se contrata um asset management, o investidor que irá encarregar para um terceiro essa responsabilidade de comprar e vender ativos. Como resultado, se espera que seja aplicada uma estratégia de investimento que considere objetivos de curto, médio e longo prazo.

Comumente, os clientes que contratam esse tipo de serviço são de alto padrão de renda, considerando que o custo da administração de recursos é elevado para quem não dispõe de grandes quantias. Cuidado para não confundir com uma corretora de valores, onde os clientes decidem onde aplicar os recursos.

No asset management, o investidor terá a ajuda de um profissional para ter maior rentabilidade por meio da aplicação dos seus recursos, ou seja, o gestor que é o responsável pelo manuseio.

Como funciona uma gestora de recursos

FCW

Uma das funções principais é a estratégia de alocação de recursos, que tem o foco no desempenho de um portfólio e não em um outro ativo de forma isolada. Então, o asset management também tem a responsabilidade de tomar as decisões referentes à aplicação financeira.

Também, precisa levar em consideração a tolerância de risco, demanda de liquidez, oportunidades de mercado e claro, os principais objetivos.

Aqui estão algumas funções da gestora de ativos em relação aos clientes, como uma forma de terceirizar a administração dos investimentos:

  • Compreender o desenvolvimento dos ativos;
  • Entender as necessidades específicas de cada investidor;
  • Identificar pontos de entrada e saída nos investimentos.

Então, se a composição do portfólio feita no asset management é elaborada para proporcionar maiores lucros, ela tem que concordar com a realidade do investidor.

Em resumo, o asset management que irá gerenciar seus ativos e tomar certas decisões para você, as decisões a serem tomadas também podem ser previamente determinadas. A responsabilidade da gestora é gerar a melhor renda possível com os ativos disponíveis, estudar o mercado e pensar na melhor maneira de você investir.

Classes de ativos

Geralmente, os portfólios montados pelas gestoras são divididos em três classes de ativos, um com um percentual em renda fixa, um em renda variável e outro em proteções.

  • Renda Fixa: podem entrar títulos do Tesouro Direto, Certificados de Depósitos Bancários (CDB’s) e Letras de Crédito do Agronegócio e Letras de Crédito Imobiliárias (LCAs e LCIs).
  • Renda Variável: podem entrar ações, derivativos estratégicos, fundos multimercado, fundos de ações e fundos imobiliários.
  • Proteções: a maioria dos gestores adota o dólar e/ou o ouro, que servem como “hedge” de diversas formas e diferentes cenários.

Modalidades

Existem, basicamente, apenas duas modalidades em relação à administração dessas gestoras de ativos, são elas:

  • Ativa: em casos de uma gestão ativa, o profissional que atua na administração tem maior independência perante as decisões relacionadas a investimentos. Porém, isso depende do contexto e da necessidade de cada cliente.
  • Passiva: nesses casos o principal caminho não é o de encontrar novas formas de alcançar rentabilidades altas e sim, replicar desempenhos de determinados índices. Seria uma gestão mais conservadora.

Como contratar um Asset Management?

Trade Tools

Para poder contratar o serviço de asset management, você terá dois tipos de opções de empresas no mercado de gestão de ativos, as instituições financeiras e companhias especializadas.

As instituições financeiras do mundo oferecem esse serviço, cada banco possui sua própria divisão de gestão e cria suas próprias regras para definir os clientes que podem ou não serem atendidos pelo serviço.

Por outro lado, existem as empresas especializadas, que se concentram em cobrir as lacunas deixadas pelos bancos. Assim, elas oferecem serviços mais personalizados e menos restritivos.

As duas opções, tanto bancos como empresas, precisam obrigatoriamente de autorização pela CVM, Comissão de Valores Mobiliários, para exercer essa gestão de ativos. Ou seja, antes de fazer a contratação é importante prestar atenção nesse detalhe antes de confiar seus ativos para terceiros.

Agora que você sobre como investir seu dinheiro, aprenda também sobre Tipos de fundos de investimento – Quais são e como funcionam

Fontes: Capital Research; Mais Retorno e Certifiquei.

Imagens: 360 Family Office; IOT World Today; FCW e Trade Tools.

Conte-nos a sua opinião...