Como fazer marcação a mercado? Vantagens e cuidados ao especular

A marcação a mercado é um processo onde os preços de determinados ativos de renda fixa são atualizados diariamente. Os preços variam conforme as expectativas do mercado e representa o valor que o investidor irá receber caso decida vender os títulos antes do vencimento.

13 de maio de 2021 - por Jaíne Jehniffer


A marcação a mercado é a variação diária dos preços dos ativos de renda fixa. Sendo assim, ela serve como um indicador do valor que o investidor receberá se fizer o resgate antecipado do título.

Como os preços podem subir ou descer, é possível fazer especulação na renda fixa. Para isso, basta ficar de olho na valorização dos títulos, e vender quando eles estiverem oferecendo antecipadamente um retorno equivalente ou próximo do rendimento acordado no momento da aplicação.

Apesar de falarmos sobre como fazer a marcação a mercado, esse texto não deve ser considerado como uma recomendação para você fazer especulação na renda fixa.

O que é marcação a mercado?

A marcação a mercado é um processo onde os preços de determinados ativos de renda fixa são atualizados diariamente. Os preços variam conforme as expectativas do mercado e representam o valor que o investidor irá receber, caso decida vender os títulos antes do vencimento.

Portanto, a marcação a mercado funciona como um indicador de quanto o mercado está disposto a pagar por determinado título naquele dia. Isso significa que se o investidor continuar com o título até o vencimento, ele receberá exatamente o valor combinado quando realizou a aplicação.

Como fazer marcação a mercado? Vantagens e cuidados ao especular

Empreender dinheiro

Por outro lado, se o investidor fizer o resgate antecipado, ele pode ter lucros ou prejuízos. O prejuízo ocorre apenas se o resgate for realizado no momento em que os títulos estão com preço baixo. Porém, em momentos em que os títulos se valorizam, é possível receber o rendimento de maneira antecipada.

Marcação a mercado no tesouro direto

Atualmente, o Tesouro Direto oferece três tipos de títulos: Tesouro Selic, Tesouro IPCA+ e Tesouro Prefixado. O Tesouro Selic pode até ser impactado pela marcação a mercado, mas isso ocorre em menor grau. No entanto, o Tesouro IPCA+ e o Tesouro Prefixado, são impactados diariamente.

Dessa forma, para fazer especulação na renda fixa, é interessante usar o Tesouro IPCA+ ou o Tesouro Prefixado. Sendo que, a maneira mais fácil de entender como fazer marcação a mercado, é através do Tesouro Prefixado. Para isso, vamos considerar a oferta desse título na IsaEx:

como fazer marcação a mercado

Analisando a imagem, podemos notar que existem dois títulos do Tesouro Prefixado. O primeiro deles vence no dia 1º de julho de 2024, o título inteiro custa R$ 781,80 e oferece 8,19% de juros. O segundo vence no dia 1º de janeiro de 2026, o título inteiro custa R$ 678,65 e oferece 8,70% de juros. 

Um detalhe importante é que se você pegar qualquer um desses dois títulos e calcular o quanto você vai receber no vencimento, ele irá valer 1 mil reais. Em outras palavras, qualquer título inteiro do Tesouro Prefixado inteiro vale 1 mil reais no vencimento.

Por exemplo, se você comprar o título com vencimento em 2024, que está custando R$ 781,80 então com os juros acumulados no período, ele irá pagar 1 mil reais no vencimento. É claro que para investir no tesouro direto você não precisa comprar o título inteiro e o retorno será equivalente à porcentagem adquirida.

Como funcionam as oscilações?

Quando as taxas de juros são alteradas, os preços dos títulos também sofrem mudanças para que no final o rendimento proporcionado pela taxa de juros seja equivalente a 1 mil reais. Para haver esse equilíbrio e os títulos paguem sempre 1 mil reais no vencimento, os preços dos títulos sobem ou descem. Desse modo, sempre que a taxa de juros sobe, os preços dos títulos caem:

como fazer marcação a mercado

Em contrapartida, sempre que a taxa de juros cai, os preços dos títulos sobem:

como fazer marcação a mercado

Essa variação de preços da marcação a mercado é maior em títulos com prazo de vencimento longo. Isso porque, eles possuem mais espaço para oscilar.

Como fazer marcação a mercado?

Para fazer especulação na renda fixa por meio da marcação a mercado, é preciso ficar de olho nas oscilações dos preços e comparar a rentabilidade acordada no momento da aplicação e o retorno oferecido caso o resgate seja feito antecipadamente.

Na imagem abaixo, a linha azul representa o valor teórico de um título e a linha verde é o valor real segundo a marcação a mercado.

como fazer marcação a mercado

Observe que a linha verde em alguns momentos está bem mais alta do que a linha azul. Isso significa que, nesses momentos, o investidor pode resgatar o título e lucrar antecipadamente ao invés de esperar até o vencimento. Por exemplo, no dia 30 de dezembro de 2020, o título teoricamente valia R$ 1.874.57.

Entretanto, devido à marcação a mercado, no dia 30 de dezembro de 2020, o título estava com o preço de R$ 2.092,89. Sendo assim, o investidor pode fazer o resgate antecipado e usar o dinheiro para aplicar em outros ativos ou para especular mais na renda fixa.

Vantagens

A primeira vantagem de fazer marcação a mercado é o custo de oportunidade. Em síntese, o custo de oportunidade é o custo de deixar o dinheiro em uma aplicação e não em outra. Dessa maneira, quando você antecipa o rendimento de um título, você pode pegar esse dinheiro e aplicar em outros ativos ou em outro título do tesouro, fazendo esse dinheiro render ainda mais.

Meden consultoria

Outra vantagem é que fazer especulação na renda fixa é muito mais seguro do que especular na renda variável. Sendo que, caso você não consiga uma valorização do título, basta aguardar o vencimento para receber a rentabilidade teórica. Ou seja, se você manter o título, você não terá nenhum prejuízo.

Cuidados

O primeiro cuidado que você deve tomar ao fazer especulação na renda fixa, é não vender os títulos se eles se desvalorizarem. Isso porque, nessa situação, você terá prejuízos. Por isso, se você não conseguir um bom momento de valorização do título, pode ser mais vantajoso mantê-lo até o vencimento.

Outro cuidado a ser tomado é o Imposto de Renda (IR), que é descontado em cima do rendimento da aplicação. Normalmente, mesmo com o desconto do IR, ainda vale a pena fazer especulação na renda fixa. Contudo, vale a pena fazer os cálculos para você ter consciência de quanto será cobrado de IR, a tabela é a seguinte:

Agora que você sabe quais as vantagens e cuidados ao fazer especulação na renda fixa, veja o vídeo de Raul Sena e descubra qual o melhor momento para adquirir títulos com a intenção de fazer marcação a mercado e como funciona os preços do Tesouro IPCA+:

A grande vantagem de fazer o resgate antecipado, é o custo de oportunidade. Isto é, a possibilidade de ter o dinheiro em mãos para aplicar em outros ativos. Aprenda como funciona o Custo de oportunidade, o que é? Conceito, importância e como calcular

Fontes: Investidor Sardinha

Imagens: Empreender dinheiro, Luiz fernando roxo e Meden consultoria

O que acontece se não declarar o Imposto de Renda? Testei na PRÁTICA!

Fazer faculdade no Brasil vale a pena? A realidade é difícil de engolir

Ibovespa caindo! – Onde estou investindo para proteger o meu dinheiro?

A enorme BOMBA que pode enterrar de vez o Brasil