Indicadores de liquidez, o que são? Importância e os 4 tipos existentes


Os indicadores de liquidez são índices financeiros usados para analisar o crédito de uma organização. Ou seja, eles são usados para averiguar a capacidade da empresa em cumprir suas obrigações financeiras. 

Além disso, os indicadores de liquidez servem para analisar a saúde financeira do negócio, já que eles demonstram se o fluxo de caixa está sendo bem administrado, para cumprir todas as obrigações ao longo do ano. Quando uma empresa tem um fluxo de caixa bem administrado, diz-se que ela possui alto grau de liquidez.

Enfim, para os cálculos dos indicadores de liquidez é necessário usar informações presentes no balanço patrimonial, como o ativo e o passivo circulante. 

O que são indicadores de liquidez?

Os indicadores de liquidez são índices financeiros que servem como ferramentas, utilizadas para verificar a situação de crédito, a capacidade monetária para cumprir as obrigações e o passivo circulante da companhia.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Em síntese, liquidez é a facilidade com que determinado ativo pode ser convertido em dinheiro. Dessa maneira, os indicadores servem para verificar a saúde financeira do negócio. 

Indicadores de liquidez, o que são? Importância e os 4 tipos existentes

Jornal contábil

Para calcular os indicadores de liquidez, é preciso ter acesso aos dados do ativo e do passivo circulante da empresa. Sendo que essas informações podem ser acessadas por meio do balanço patrimonial.

Por fim, com todos os dados em mãos, é possível analisar se o fluxo de caixa está sendo bem administrado para cumprir todas as obrigações da empresa ao longo do ano. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Importância

Os indicadores de liquidez são importantes para que o gestor tome decisões baseadas nos índices financeiros da empresa e não em achismos. Sendo assim, ao traçar planos e estratégias, o gestor deve considerar os resultados dos indicadores de liquidez, para verificar se está tomando a atitude correta. 

Indicadores de liquidez, o que são? Importância e os 4 tipos existentes

Talst

Além disso, os indicadores de liquidez contribuem para um melhor planejamento financeiro da empresa, uma vez em que demonstra se nos últimos anos a companhia teve um aumento ou diminuição da liquidez.

Em resumo, os indicadores de liquidez contribuem para uma gestão mais assertiva e para a análise da saúde financeira da empresa. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Tipos

Existem 4 tipos de indicadores de liquidez que variam de acordo com o modelo de prazo e capacidade de pagamento. Cada tipo de indicador possui uma fórmula específica, mas, no geral, os resultados são analisados da seguinte maneira:

  • Resultado > 1: A empresa tem bom grau de liquidez. Se o resultado for bem acima de 1, então a empresa tem alto grau de liquidez;
  • Resultado = 1: Os recursos se igualam ao valor das contas a pagar;
  • Resultado < 1: Não tem como quitar suas dívidas no momento.

1- Indicador de liquidez corrente

O indicador de liquidez corrente, também conhecido como liquidez comum, serve para apontar a capacidade da companhia em honrar suas obrigações no curto prazo. Geralmente, este indicador é usado como referência para boa parte dos pagamentos e reflete a saúde do caixa. 

Indicadores de liquidez, o que são? Importância e os 4 tipos existentes

Ibmec

Para calcular o indicador de liquidez corrente, basta dividir os ativos circulantes de curto prazo da companhia pelo seu passivo circulante. A fórmula é: Liquidez Corrente = Ativo Circulante / Passivo Circulante. Como esse é o indicador usado como base para a maioria dos pagamentos, é importante que o seu resultado seja sempre superior a 1. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

2- Seca

O indicador de liquidez seca aponta o quanto a empresa pode dispor dos seus recursos circulantes, sem considerar os estoques.

Normalmente, o resultado do indicador de liquidez seca fica bem próximo ao de liquidez corrente, sendo o mesmo valor ou um pouco menor. A sua fórmula é: Liquidez Seca = (Ativo Circulante – Estoque) / Passivo Circulante

3- Imediata

Considerado como um indicador mais conservador, o indicador de liquidez imediata leva em consideração todos os valores que estejam à disposição dos gestores, como caixa, investimentos de curto prazo e conta corrente

Doc management

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Entretanto, ele não considera estoque e contas a receber. Isso porque ele está relacionado à capacidade da empresa em lidar com emergências financeiras.

Portanto, companhias com alto grau de liquidez imediata, possuem uma boa capacidade para lidar com possíveis incertezas do mercado. Enfim, o seu cálculo é feito por meio da fórmula: Liquidez Imediata = Disponível / Passivo Circulante.

4- Indicador de liquidez geral

O indicador de liquidez geral está relacionado às competências da companhia a médio e longo prazo. Por englobar um período de tempo maior, esse indicador considera os ativos e passivos da empresa que superem a estimativa de 1 ano.

Como se trata de compromissos mais distantes, ele não costuma ser muito utilizado nas empresas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

4 mãos

No entanto, o gestor pode usar esse indicador para verificar se nos últimos anos a companhia ganhou ou perdeu liquidez. Sendo que ele pode utilizar esses dados para traçar estratégias futuras com previsões mais assertivas. A fórmula é: Liquidez Geral = (Ativo Circulante + Realizável a longo prazo) / (passivo circulante + passivo não circulante).

E aí, curtiu conhecer os indicadores de liquidez? Então aproveite para entender como funcionam as Reservas de lucros, o que são? Definição, como funcionam e tipos

Fontes: Razem, André bona e The cap

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Imagens: Jornal contábil, Talst, Ibmec, Doc management, 4 mãos e Seu sindico


Conte-nos a sua opinião...