Índice futuro, o que é? Definição, vantagens, riscos e como investir


O índice futuro é basicamente um contrato do mercado futuro. Ou seja, no mercado futuro ocorrem negociações de derivados com preços para datas de vencimentos futuros.

Os contratos de índices futuros podem ser negociados de dois modos: minicontratos de índices e contratos de índices cheios. Logo, essas duas possibilidades permitem que tanto investidores menores quanto os experientes possam investir.

Porém, esse tipo de investimento não é recomendado para todos os tipos de investidores. Isso porque, como os contratos de índices futuros apresentam alta volatilidade, eles são considerados como aplicações de risco.

O que é índice futuro

O índice futuro é um contrato do mercado financeiro derivado do principal índice da bolsa brasileira, o Ibovespa.

Entretanto, enquanto o Ibovespa funciona como um termômetro do mercado como um todo, o índice futuro é apenas um derivado dele e funciona por meio do mercado futuro. 

Onze

O mercado futuro possui um funcionamento similar ao mercado de ações. No entanto, os contratos nele negociados possuem estimativas de valores para vencimento futuros. Além disso, o mercado futuro lida com derivados financeiros e não com ativos.

Como o índice futuro funciona

O índice futuro funciona por meio de pontos, sendo que os preços dos contratos comprados são diariamente ajustados.

Dessa maneira, no dia de vencimento, a bolsa faz o desconto ou credita a diferença entre o preço determinado no contrato e no Ibovespa do dia. Os índices futuros podem ser divididos em:

Contratos de índice cheio (IND): Essa modalidade geralmente é a favorita dos especuladores experientes e das grandes corporações. 

Minicontratos de índice (WIN): Já os mini índices são o foco principal das pessoas que querem aplicar valores menores. 

Índice futuro, o que é? Como funciona, vantagens, riscos e como investir

Suno

Como os índices futuros são derivados do Ibovespa, eles são negociados dentro da bolsa de valores, no mercado futuro. Esta modalidade de investimento apresenta uma forte oscilação, por isso o investidor deve fazer o seu acompanhamento diário.

Afinal, quando eles se valorizam, é possível vender e lucrar com a alta. Em síntese, os contratos de índices devem sempre conter informações referentes ao:

  • Preço que está sendo negociado;
  • O que está em negociação;
  • O quanto deve ser negociado;
  • A data da negociação.

Cotações

As cotações do índice futuro possuem datas já estipuladas e são rentabilizadas em formato de pontos. Já as negociações ocorrem por meio de prazos externos com duração de meses, sendo assim, é possível aplicar na alta ou na queda dos índices. 

O contrato de índice cheio tem uma cotação de R$ 1,00 a cada ponto do Ibovespa, sendo que o lote mínimo é de 5 contratos. Por outro lado, o minicontrato é cotado em R$ 0,20 a cada ponto do Ibovespa e o lote mínimo para cada operação é de 1 contrato. 

Paraná portal

Normalmente, os horários de negociações dos contratos acontecem entre as 9h e às 18h. Já as datas de vencimento ocorrem na quarta-feira mais próxima do dia 15 do mês, sendo sempre em meses pares.

Sendo assim, cada mês de vencimento é representado por uma letra. Dessa forma temos:

  • G – Fevereiro;
  • J – Abril;
  • M – Junho;
  • Q – Agosto;
  • V – Outubro;
  • Z – Dezembro.

Vantagens e riscos

Uma vantagem bastante atrativa em relação aos índices futuros, é o baixo valor do investimento, principalmente em minicontratos. Portanto, o investidor consegue ter um maior controle dos valores gastos. 

Outra vantagem, sobretudo para os investidores mais experientes, é a possibilidade de realizar alavancagem, o que possibilita investimentos maiores e com possibilidade de altos retornos.

Por fim, existe ainda a vantagem da alta liquidez e a possibilidade de usar os índices futuros como uma proteção contra as oscilações do mercado. 

Índice futuro, o que é? Como funciona, vantagens, riscos e como investir

Só Sergipe

Em contrapartida, esse investimento é muito volátil. Essa alta volatilidade pode ser vista como um ponto negativo ou positivo.

Primeiramente, como os preços oscilam com frequência, o investidor precisa estar sempre atento ao mercado. As altas oscilações fazem desse investimento uma aplicação de risco, já que podem ocorrer muitas perdas. 

Por outro lado, a constante oscilação pode ser uma oportunidade para profissionais como os traders, que buscam justamente altos ganhos com as oscilações de preços. 

Como investir

Para investir em índice futuro, o investidor precisa abrir uma conta em uma corretora. Para este tipo de investimento, é interessante que a corretora escolhida possua profissionais que auxiliem no suporte aos investidores. 

Índice futuro, o que é? Como funciona, vantagens, riscos e como investir

The cap

Por ser um investimento de alto risco, é importante que você descubra o seu perfil de investidor e decida se esse tipo de investimento é o mais aconselhável para o seu perfil. 

Além disso, é essencial que você estabeleça suas metas e objetivos ao investir em índice futuros. Por fim, para determinar o melhor momento para investir, você pode buscar a ajuda dos profissionais da corretora. 

Enfim, agora que você já sabe tudo sobre índice futuro, aproveite para entender O que é mercado futuro?

Fontes: Toro investimentos, Magnetis e Suno

Imagens: Onze, Suno, Gtreview, Paraná portal, Só Sergipe e The cap

Conte-nos a sua opinião...