Índices de inflação: o que são e quais os principais?

as variações dos índices de inflação, influenciam muitos fatores da economia e são os termômetros de diversas causas do mercado e indicadores.

19 de novembro de 2021 - por Pedro Guimarães


Neste texto vamos aprender o quanto os índices de inflação afetam a nossa vida.  A propósito, as variações nestes índices influenciam muitos fatores da economia.

Portanto, são os termômetros de diversas causas do mercado. Assim, a compreensão destes indicadores é fundamental para qualquer atividade financeira.

Concluindo, neste texto saberemos quais os índices existentes e como eles nos afetam.

Índices de inflação

Índices de inflação, quais são: para que servem e como afeta nossas vidas

A princípio, quando perguntamos qual o significado dos índices de inflação, a resposta é simples. Assim, os índices de inflação são indicadores que medem o impacto econômico na população. Portanto, eles medem a variação de preços. Neste sentido, eles mostram o quanto esta variação afeta o bolso do consumidor.

É importante saber que esses índices têm uma importância muito grande. Ou seja, eles são o termômetro de todas as atividades financeiras. Neste sentido, se dividem em vários índices, que a partir de agora vamos conhecê-los.

IPCA

Índices de inflação, quais são: para que servem e como afeta nossas vidas

Basicamente, quem calcula este índice é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que serve para definir a meta de inflação. O seu significado é Índice de Preço ao Consumidor Amplo ( IPCA).

Contudo, esta meta é definida pelo Conselho monetário nacional (CMN). Portanto, o conselho determina o valor máximo de variação da inflação num período de um ano. Assim, os governos se comprometem com esta meta e adotam várias ações  para o seu cumprimento.

No entanto, para calcular esta meta, se tira uma média de consumo. Ou seja, se faz o cálculo pelo consumo das famílias que ganham de 1 a 40 salários mínimos.

Funcionamento da pesquisa do IPCA

Índices de inflação, quais são: para que servem e como afeta nossas vidas

Basicamente, se faz a pesquisa nas seguintes regiões metropolitanas: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife, Belém, Fortaleza, Salvador , Belo Horizonte, Curitiba, Brasília e Goiânia.

Dessa forma, os gastos que se considera na pesquisa são: alimentação e bebidas; despesas pessoais; artigos de residência; comunicação, educação; habitação. A medição do consumo é feita em um período de trinta dias de cada mês.

No entanto, além do IPCA, o IBGE também divulga o IPCA-15 que se difere do IPCA por um único fator. Assim, se faz a coleta do IPCA-15  do dia 16 do mês anterior ao dia 15 do mês de referência.

IPC – como funciona este índice de inflação

Índices de inflação, quais são: para que servem e como afeta nossas vidas

Primeiramente, o índice de preço ao consumidor (IPC) é muito semelhante ao IPCA. Contudo, existem algumas diferenças. Basicamente, a faixa salarial é pesquisada entre 1 e 33 salários mínimos.

No entanto, em segundo lugar, faz-se a pesquisa de preços em sete capitais brasileiras. Portanto, o governo faz a pesquisa em: São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre e Brasília.

Para calcular o IPC, a sua base é  a Pesquisa de Orçamento Familiar (POF). Nesta pesquisa levanta -se quais bens e serviços deveriam constar no IPC.

Relação dos itens da pesquisa:

  • Alimentação;
  • Habitação, vestuários, saúde, cuidados pessoais;
  • Educação;
  • Leitura;
  • Recreação;
  • Transportes;
  • Despesas diversas;
  • Comunicação.

A propósito, vale lembrar que o POF foi base para esta lista. A partir desta lista se extraiu 25 subgrupos, 85 itens e 33 subitens.

INPC e inflação

Índices de inflação, quais são: para que servem e como afeta nossas vidas

Este índice também é voltado para preços ao consumidor. Contudo, ele é voltado para uma faixa mais específica de consumidor. Ou seja, para famílias que recebem de 1 a 5 salários mínimos.

Assim, ele é voltado para pessoas de renda mais baixa. O seu significado é Ìndice Nacional de Preço ao Consumidor ( INPC). A finalidade deste índice é corrigir o poder de compra dos salários.

A pesquisa e coleta de dados são feitas em estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços.

Além disso, esta pesquisa se estende a Internet e a concessionária de serviços públicos. O período de coleta é feito do dia 1° ao dia 30 do mês de referência.

Além disso, para chegar a uma média do poder aquisitivo, escolhem-se algumas capitais.  Assim, ela é realizada em 16 capitais brasileiras.

IGP

Índices de inflação, quais são: para que servem e como afeta nossas vidas

O IGP é um índice que é extraído de outros índices. O seu significado e índice geral de preços. Este índice mais abrangente, determina a inflação de maneira mais assertiva. Ou seja, o cálculo é feito para determinar a inflação nos setores produtivos e no consumo final.

Para isso, é tirada uma média entre 3 índices: IPA; IPC; e INCC

Contudo, entre os índices, alguns pesam mais na pesquisa. Cada índice corresponde a parcelas de despesas internas brutas. Estas despesas são calculadas com base nas contas nacionais.

Assim, as parcelas são distribuídas desta forma: 60% para o IPA; 30% para o IPC; e 10% para o INCC.

O IPC é dividido em três versões:

  • IGP-DI: É calculado do primeiro ao último dia do mês;
  • IGP-M: É calculado do dia 21 ao dia 20 do próximo mês ( esse índice incide sobre os aluguéis);
  • IGP-10: Medido do dia 11 ao dia 10 do mês seguinte.

Índices de inflação – IPA

Este índice é bem diferente dos outros dois, porque é voltado para o produtor. O seu significado é índice de preço ao produtor (IPA).

Você sabe que o setor produtor é composto por empresas e o agronegócio. Ou seja, é aquele que produz os bens de consumo. No entanto, ele também consome bens. Ou seja, todo empresário precisa adquirir insumos para a sua produção.

Assim, o setor atacadista vende estes insumos para as empresas e o agronegócio. Estes insumos vão desde combustíveis, matérias-primas até máquinas e ferramentas.

É importante lembrar que a inflação do setor produtor é repassada para o consumidor final.

O seu cálculo é feito em três versões:

  • IPA – DI: Média de preços de 1° á 30 de cada mês;
  • ___- 10: Do dia 11 de um mês ao dia 10 do próximo;
  • ___- M: do dia 21 de um determinado mês ao dia 20 do próximo.

INCC

Até aqui você viu que existem índices de inflação para os preços ao consumidor final. Por outro lado, também existem índices de preços para o produtor.

Porém, agora vamos aprender sobre um índice voltado para a construção civil. O índice nacional de Custo de Construção calcula os preços de materiais de construção.

Portanto, ele calcula a variação dos insumos usados em obras habitacionais. O cálculo vai refletir nos contratos de compra e venda de imóveis. A propósito, os preços são pesquisados nas seguintes capitais: Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre e Brasília.

A amostragem sempre é feita em percentuais. É importante lembrar que isso vai se refletir também nos aluguéis de imóveis. Este reflexo será sentido de maneira indireta pelo cálculo do IGP-M.

Gostou das informações? Se gostou, leia também: O que é IPC e como funciona o Índice de Preços aos Consumidor?

10 dicas de como melhorar a sua relação com o dinheiro

Mitos e verdades sobre empreendedorismo que devemos conhecer

8 dicas do que fazer com a restituição do IR

Como comprar euro mais barato