5 lições financeiras de O Golpista do Tinder, documentário da Netflix

É possível aprender várias lições com o documentário O Golpista do Tinder, que fala sobre estelionato amoroso ou estelionato sentimental.

7 de março de 2022 - por Jaíne Jehniffer


O Golpista do Tinder é um documentário da Netflix. O doc fala sobre estelionato amoroso e está sendo muito comentado no momento. Pensando nisso, hoje eu vou te contar 5 lições de O Golpista do Tinder.

5 lições de O Golpista do Tinder

O documentário O Golpista do Tinder é a primeira produção do gênero a liderar entre os filmes mais vistos na Netflix em todo o mundo.

A obra fala sobre estelionato amoroso, um crime que também é conhecido como estelionato sentimental.

Em resumo, este tipo de golpe ocorre quando uma pessoa conquista a confiança de outra em um relacionamento amoroso para obter vantagens financeiras.

Sendo assim, no documentário nós acompanhamos a história de Simon Leviev, que por meio de aplicativos de relacionado, aplica golpes em mulheres.

Primeiro, ele se passa por um filho de um empresário bilionário e gasta altos valores com as suas vítimas. Com isso, ele adquire a confiança dessas pessoas.

Depois disso, ele usa de alguma artimanha para conseguir dinheiro com as vítimas.

Na vida real, os autores desse tipo de crime muitas vezes são estrangeiros que conhecem as vítimas por meio de aplicativos de relacionamento ou de prática de idiomas.

Inclusive, com a pandemia ocorreu um aumento de estelionatos amorosos.

A delegada da Polícia do Estado de São Paulo, Fernanda Herbella explica que “Por conta da diminuição dos relacionamentos presenciais, as pessoas acabaram usando muito mais a internet e essas redes de relacionamentos”.

Na maior parte dos golpes, as vítimas são mulheres. No entanto, esses golpes também ocorrem com homens e não apenas em relacionamentos heterossexuais.

Vale destacar que diferente do documentário, na vida real o criminoso não costuma aparecer. Isso porque, o golpe costuma ser aplicado por uma organização criminosa.

Sendo assim, uma forma de verificar se a pessoa é quem diz ser, é fazer uma chamada de vídeo.

É claro que só isso não basta. Caso você esteja com suspeita de que vão te aplicar um golpe, é preciso tomar outras medidas. Algumas lições de O Golpista do Tinder que podem te ajudar são:

1- Pedidos de dinheiro

Ao dar o golpe, o criminoso monta um personagem. Sendo assim, o pedido de dinheiro sempre acompanha uma história bem convincente.

Por exemplo, ele pode falar que está com um problema de saúde. Logo, ele irá te pedir dinheiro emprestado.

Ele pode ainda dar outras desculpas como, por exemplo, falar que teve uma emergência ou que está com dificuldades financeiras. Seja qual for a desculpa, o fato é que ela sempre virá acompanhada de um pedido de dinheiro.

É por isso que este é o alerta número 1 de que você está sendo vítima de um golpe. Mesmo que você confie na pessoa, é preciso ficar atento. Isso porque, assim que você emprestar o dinheiro, o golpista irá sumir com a quantia.

2- Não pegue empréstimos para outras pessoas

Se o golpista pedir dinheiro e você não tiver, você pode ficar tentado a pegar um empréstimo. Não faça isso!

É isso o que acontece no documentário O golpista do Tinder. As mulheres recorrem aos bancos para pegar um empréstimo para entregar o dinheiro que o golpista pediu. Os empréstimos por si mesmo já não são muito bons.

Afinal de contas, eles cobram juros altos. Mas pegar empréstimos para outra pessoa não é uma boa ideia. Portanto, aprenda esse ensinamento do documentário e evite cair em golpes.

3- Não compartilhe os seus dados pessoais

A 3º dentre as lições de O Golpista do Tinder é bem básica: nunca forneça os seus dados pessoais ou documentos para outras pessoas.

O golpista pode usar de várias desculpas para ter acesso aos seus dados. Por exemplo, a pessoa pode dizer que precisa dos seus dados para abrir uma conta para facilitar a viagem para que ele possa te visitar.

No entanto, o fato é que não existem bons motivos para que uma pessoa que você conheceu em algum aplicativo ou afins, precisar dos seus dados pessoais. Portanto, se alguém pedir os seus dados, desconfie.

4- Lições de O Golpista do Tinder: finanças compartilhadas

Compartilhar as finanças é uma atitude que só deve ser tomada quando você conhece bem o seu parceiro e está em um relacionamento estável e duradouro.

Ou seja, não compartilhe suas finanças com uma pessoa que você acabou de conhecer. Mesmo que você confie nela, você não deve compartilhar suas finanças.

Deixe para compartilhar isso quando você estiver em um relacionamento duradouro, onde você conhece pessoalmente a pessoa há muito tempo.

5- Reservas

Por fim, o último ensinamento do documentário é que as reservas não devem ser usadas para qualquer finalidade.

Por exemplo, se você está fazendo uma reserva para comprar um imóvel, você não deve usar esse dinheiro para outros fins.

Essa é uma das lições de O Golpista do Tinder, pois uma das vítimas retratadas no documentário, dá toda a sua reserva para o golpista.

Enfim, aprendeu o que você não deve fazer para não cair em um golpe de estelionato amoroso? Então leia também sobre: pirâmide financeirafilmes sobre investimentos; e, por fim, Oferta restrita: o que é e como funciona?

Bibliografia:

Moya, Isabela. As lições financeiras que podemos tirar do doc ‘O Golpista do Tinder’. E-investidor. Acesso em: 04 de março de 2022.

10 dicas de como melhorar a sua relação com o dinheiro

Mitos e verdades sobre empreendedorismo que devemos conhecer

8 dicas do que fazer com a restituição do IR

Como comprar euro mais barato