Lei da oferta e demanda: o que é e relação com os investimentos


A lei da oferta e demanda é um princípio segundo o qual os preços são elevados, ou reduzidos de maneira proporcionalmente inversa, de acordo com a procura por produtos ou serviços. 

Portanto, quando a demanda é maior que a oferta, os preços dos produtos e serviços são elevados. Já quando a oferta é superior à demanda, a tendência é a redução dos preços.

Sendo que para que os preços nunca passem por alterações, seria preciso que houvesse um equilíbrio perfeito entre oferta e demanda. Mas esse é um cenário que nunca ocorre, já que o mercado está em constante movimento.

O que é a lei da oferta e demanda?

A lei da oferta e demanda, também conhecida como lei da oferta e da procura, é a relação proporcionalmente inversa entre o preço e a procura. A lógica é que quando a demanda de determinado produto ou serviço aumenta, sem que a oferta sofra alteração, os preços sejam elevados.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Da mesma maneira, se a oferta for maior que a demanda, a tendência é que os preços sejam reduzidos. Vamos imaginar que em uma cidadezinha existam apenas 3 barbearias.

Vamos supor também que essa cidade cresceu bastante e o número de barbearias continuou sendo o mesmo. Neste caso, os estabelecimentos passaram a ter mais clientes do que eles conseguiam atender e puderam aumentar os preços.

Lei da oferta e demanda: o que é e relação com os investimentos

Contábeis

Ou seja, nessa primeira situação a demanda aumentou e as barbearias puderam cobrar mais caro. Por outro lado, vamos imaginar que a cidade continuou pequena e mais 17 barbearias foram abertas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Neste caso, a demanda continuou a mesma, porém, a oferta subiu bastante. A tendência é que com tantas barbearias falte clientes e os estabelecimentos passem a reduzir os preços na tentativa de atrair clientes.

Desse modo, os preços podem ser reduzidos quando a oferta é superior à demanda ou quando a demanda é reduzida. Apesar de ser um princípio de fácil entendimento, a lei da oferta e demanda é muito importante, já que pode ser percebida em qualquer tipo de relação comercial.

Origem

A lei da oferta e demanda surgiu quando a Europa passava pela transição entre o feudalismo e a economia de mercado. O crédito pelo conceito deste princípio é dado para o filósofo escocês Adam Smith.

Isso porque, os registros indicam que essa lei foi citada pela primeira vez no livro do filósofo intitulado A Riqueza das Nações, publicado em 1776. No Brasil, a oferta e a demanda ainda depende muito da conjuntura externa, apesar de sermos uma das maiores economias do mundo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Esse cenário faz com que a oferta e a demanda passem por alterações constantes e sejam impactadas por diversos fatores como políticas governamentais e de câmbio. Portanto, no Brasil a oferta e a demanda não é regulada somente por fatores internos, mas também pela pressão que vem de outros países.

Lei da oferta e demanda: o que é e relação com os investimentos

José carlos fortes

Curvas

Ao serem representadas graficamente, a oferta e a procura tomam algumas formas:

1- Curva de oferta: No gráfico a curva de oferta possui uma inclinação positiva, isto é, crescente. Ela aponta a relação entre a quantidade de produtos no mercado e o preço que o produtor recebe por eles. Sendo que quanto maior for o preço, maior será a oferta de produtos. Essa curva pode ser impactada também por outros fatores, como os custos de produção.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

2- Curva de demanda: Essa curva relaciona os consumidores dispostos a comprar e o preço de venda dos produtos. Essa curva possui uma inclinação negativa, ou seja, decrescente.

Isso porque, quanto maior for o preço do produto, menos consumidores estão interessados em comprar. Alguns fatores como mudanças no gosto do consumidor e variação de renda também impactam nessa curva.

3- Ponto de equilíbrio: Para que não houvesse a alteração dos preços, seria necessário o equilíbrio perfeito entre a oferta e a demanda de bens e serviços.

Entretanto, esse cenário é considerado impossível, já que o mercado está em constante movimento e suas mudanças são influenciadas por vários tipos de eventos. Enfim, a relação entre a oferta e a demanda pode ser representada como na imagem abaixo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Lei da oferta e demanda

Dicionário financeiro

Influências na lei da oferta e demanda

A oferta depende da quantidade de produtos oferecidos. Ela é influenciada por diversos fatores como demanda pelo produto, preço no mercado e custo dos insumos. Em contrapartida, a demanda varia de acordo com o consumidor, sendo influenciada por poder aquisitivo e produtos similares que podem ser substitutos.

Além disso, os preços podem ser usados como uma maneira de aumentar a demanda de determinado produto ou serviço. Porém, ele não é o único mecanismo, existe também a publicidade.

Nesse sentido, a publicidade e a mídia no geral, são grandes influenciadoras em relação à procura de determinado bem ou serviço. O nosso dia a dia está cheio de exemplos de como a lei da oferta e demanda age:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Contajul

1- Datas comemorativas: Em datas como dia das mães e Dia dos Namorados, cresce o interesse em artigos específicos relacionados à essas datas comemorativas.

2- Festas de fim de ano: O natal e o ano novo são duas datas que criam demandas únicas dessa época do ano. Assim que dezembro passa a procura por árvores de natal e enfeites simplesmente some e retorna no final do próximo ano.

3- Época do ano: Outro exemplo de como funciona a lei da oferta e demanda são os produtos procurados somente em determinados períodos do ano, como, por exemplo, os alimentos típicos de festas juninas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A relação com os investimentos

Os investimentos são impactados de acordo com as alterações na oferta e demanda. Por exemplo, o preço das cotas de um fundo imobiliário do tipo tijolo, pode ser elevado ou reduzido de acordo com a vacância dos imóveis do fundo. Já no mercado de ações, as mudanças de preço podem causar o efeito manada.

Em síntese, o efeito manada ocorre quando um grande número de investidores passa a adquirir determinado ativo, o que faz com que os preços sejam elevados, já que houve um aumento da demanda, sem que a quantidade de ações disponíveis fosse elevada.

Lei da oferta e demanda: o que é e relação com os investimentos

Inovflow

Vale destacar que na renda variável nem sempre ocorre uma relação entre a oferta e a demanda de forma linear. Sendo assim, mesmo que determinado ativo esteja com preço baixo, pode ser que não ocorra um aumento na procura.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Da mesma maneira, um ativo com preço alto pode causar um aumento ainda maior na procura. Dessa maneira, é preciso de educação financeira para saber o que fazer quando a lei da oferta e demanda estiver se impondo no mercado.

Por exemplo, quando a taxa Selic é cortada, pode parecer lógico direcionar sua atenção para somente para a renda variável. Contudo, manter todo o patrimônio em ativos de renda variável pode não ser a melhor estratégia.

Como agir

Algumas dicas para saber como agir quando a lei da oferta e demanda estiver se importo são:

1- Procure oportunidades: Esteja atento aos movimentos da economia para encontrar boas oportunidades de investir com taxas de juros vantajosas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

2- Comparação de preços: A comparação de preços serve não apenas ao adquirir produtos e serviços, mas também nos investimentos, já que alguns ativos, como, por exemplo, os CDBs podem oferecer retornos diferentes de acordo com a corretora.

Jfolador

3- Não siga a manada: Pode ser tentador comprar o mesmo ativo que todo mundo está comprando. No entanto, prefira ficar longe dos ativos que estão passando pelo efeito manada. Afinal de contas, nada garante que você vai identificar o momento certo de vender, já que a maioria das pessoas que participam desse efeito saem no prejuízo.

4- Analise os ativos: Antes de investir não deixe de analisar os ativos. Essa é uma maneira de aumentar as chances de você investir em ativos que trarão bons retornos financeiros e evitar cair no efeito manada.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

5- Estude: Estude sobre investimentos e se mantenha informado sobre as mudanças no mercado financeiro. Quanto mais você tiver conhecimento sobre o funcionamento do mercado, maiores são as chances de você conseguir altos retornos.

Enfim, agora que você sabe como a lei da oferta e da procura funciona, descubra O que é PIB? Definição, pra que serve, cálculos e tipos existentes

Fontes: Clear, Suno e Dicionário financeiro

Imagens: Dicionário financeiro, Fortes tecnologia, Contábeis, Inovflow, Jfolador, Contajul e José carlos fortes

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE


Conte-nos a sua opinião...