O que é EBITDA? Cálculo, quando usar, vantagens e desvantagens


Podemos responder a pergunta: o que é EBITDA? de maneira simples. EBITDA é um indicador das operações da empresa. Ou seja, com o seu cálculo, é possível saber qual foi o real desempenho operacional da companhia. 

Por ser um reflexo da operação da empresa, o EBITDA é muito utilizado na análise de ações. Sua verificação, por exemplo, é tão importante quanto a do lucro líquido da empresa. 

As empresas não são obrigadas a divulgar o EBITDA, mas, devido à importância na análise dos investidores, algumas companhias divulgam esses dados. 

O que é EBITDA

A sigla EBITDA, vem do inglês Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization que, traduzindo, significa Lucro antes dos Juros, Impostos, Depreciação e Amortização. Aliás, a sigla em português é LAJIDA.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Sendo assim, esse indicador é conhecido como EBITDA ou LAJIDA. 

Wr prates

Em síntese, o que o EBITDA faz é representar os resultados operacionais das empresas. Dessa maneira, o seu cálculo visa averiguar qual a real operação da empresa, servindo também como parâmetro da geração de dinheiro da companhia através da sua atividade principal. 

Quando usar a LAJIDA

A LAJIDA é usada, principalmente, por investidores adeptos da análise fundamentalista. Isso porque, esse tipo de análise leva em consideração a situação econômica, mercadológica e financeira da empresa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Afinal, todos esses dados influenciam no futuro da companhia. Além disso, os adeptos da análise fundamentalista, normalmente, são investidores de longo prazo. Logo, para os adeptos da técnica Buy and Hold, calcular o EBITDA é extremamente importante.

O que é EBITDA? Cálculo, quando usar, vantagens e desvantagens

Remessa online

Entretanto, vale lembrar que a LAJIDA é apenas um dos dados a serem levados em consideração, ela não deve ser analisada separadamente.

Dessa maneira, outros dados como despesas, lucro e receita também devem ser analisados para que se tenha uma visão clara da situação da empresa. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A relação da LAJIDA com o lucro líquido

A LAJIDA é usada para analisar o real desempenho operacional de uma empresa, pois ela leva em consideração apenas os dados relacionados de fato à operação.

Por outro lado, diversos são os aspectos que afetam o lucro líquido da empresa, como, por exemplo, as variações cambiais, os investimentos e a venda de ativos. Sendo assim, o lucro líquido não representa apenas a produção da empresa. 

Em outras palavras, o lucro líquido de uma empresa é afetado por aspectos como investimentos realizados e taxas de juros pagas. Portanto, o lucro líquido não é resultado apenas da produção da empresa. 

O que é EBITDA? Cálculo, quando usar, vantagens e desvantagens

Clinica nas nuvens

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A EBITDA serve justamente para saber como está a produção da empresa, desconsiderando todos esses outros aspectos não operacionais que afetam o lucro líquido. Logo, com a LAJIDA temos a situação clara da linha de produção da empresa. 

Enfim, como o EBITDA é o espelho da capacidade de produção da empresa, com o seu cálculo, é possível mensurar também o quanto a empresa realmente gera de receita apenas com a sua atividade principal.  

Cálculos

Apesar da sua importância, o EBITDA não é de divulgação obrigatória pelas empresas. Desse modo, muitos analistas fazem o seu cálculo e incluem os resultados nos seus relatórios, assim que fazem recomendações de investimentos. 

O que é EBITDA? Cálculo, quando usar, vantagens e desvantagens

Investor cp

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Porém, você mesmo pode fazer esses cálculos. O primeiro passo, é acessar as Demonstração de Resultados da empresa analisada. Depois disso, você precisa fazer o cálculo do EBIT, que é o Lucro Operacional Líquido. A fórmula utilizada é: 

EBIT = Receita líquida de vendas – Custos dos produtos vendidos – despesas operacionais

Com o resultado do EBIT, você faz de fato o cálculo do EBITDA, através da equação:

EBITDA = Lucro operacional líquido + depreciações + amortizações

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Com o resultado desse simples cálculo você consegue descobrir qual a capacidade produtiva da empresa. Em outras palavras, quanto maior o resultado, melhor o EBITDA.

Isso porque, quanto maior o resultado final, maior é a capacidade da empresa em gerar receita apenas com a sua atividade principal, sem precisar recorrer a outros meios. 

O que é EBITDA? Cálculo, quando usar, vantagens e desvantagens

Eccosave

No entanto, esse dado não deve ser considerado isoladamente. Sendo assim, é importante considerá-lo historicamente, comparar com outras empresas e levar em consideração os demais indicadores, como lucros e despesas. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

EBITDA versus EBIT

Para calcular o EBITDA é necessário calcular o EBIT. As sigla são parecidas, porém, os significados são diferentes.

O EBIT é a demonstração do lucro operacional líquido. Ou seja, EBIT indica o quanto a empresa lucrou com as atividades realmente ligadas à companhia, desconsiderando as despesas e ganhos que não estejam ligadas à produção. 

Apesar de possuir definições parecidas, o que realmente difere a EBITDA do EBIT é que o EBIT é o lucro contábil. Logo, ele não representa a real geração de caixa da empresa. 

Wem

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Já o EBITDA é o retrato do caixa de fato gerado pela empresa. Portanto, o EBIT é uma medida contábil da companhia. Ao passo em que o EBITDA é a geração de caixa com as operações principais da empresa. 

EBITDA ajustado

Antigamente não existia uma forma unificada de se realizar os cálculos do EBITDA. Assim, as empresas podiam excluir ou incluir determinados valores no cálculo.

Dessa forma, em 2012, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), decidiu unificar a metodologia de cálculo.

Alpha investidor

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Contudo, as empresas ainda podem usar os antigos cálculos, excluindo ou adicionando valores. Porém, caso divulguem esse tipo de cálculo mais tradicional, elas devem indicar que é um EBITDA ajustado. 

Usos do EBITDA

Além de demonstrar o potencial operacional da empresa, o EBITDA pode também ser usado em outras análises:

1- Margem EBITDA

A margem EBITDA serve para mostrar o quanto da receita da companhia foi transformada em geração de caixa. Esse dado é importante para comparações entre empresas, já que permite analisar quais são mais eficientes na geração de caixa. 

XP

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Para se chegar à margem EBITDA, basta dividir o valor do EBITDA em reais, pela receita da empresa, dentro do período examinado.  

2- Dívida Líquida

Para o cálculo, é preciso dividir a dívida líquida (dívida total – disponibilidades) pelo EBITDA. Por exemplo, se o resultado do cálculo for 4, significa que o endividamento da companhia é quatro vezes o valor que ela consegue gerar de caixa.

Endinheirando

Enfim, esse dado é útil para mensurar a capacidade que a empresa possui de honrar suas dívidas com base no caixa que ela consegue gerar. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Vantagens e desvantagens

Calcular o EBITDA de uma empresa é vantajoso na hora de investir, porque ele é o reflexo real das operações da companhia. Mesmo que a empresa tenha tomado medidas para melhorar outros resultados, como o lucro líquido, o EBITDA vai mostrar qual o real poder operacional da companhia. 

Outro aspecto que faz do EBITDA um dado vantajoso é que ele desconsidera aspectos financeiros não recorrentes, focando apenas no operacional, como, por exemplo, algum benefício fiscal temporário que a empresa recebeu. 

Por outro lado, uma desvantagem é que esse cálculo não pode ser aplicado a todos os tipos de empresas. Desse modo, a sua aplicação em instituições financeiras é impossibilitada. Isso porque, as instituições financeiras possuem como atividade principal as operações financeiras.

Modalmais

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Sendo assim, não é viável aplicar um cálculo que visa justamente mensurar o nível de eficiência operacional desconsiderando as operações financeiras.

Por fim, temos a desvantagem de que, para realizar o cálculo, o investidor precisa estar familiarizado com demonstrativos financeiros. 

E aí, gostou de aprender sobre o EBITDA? Então, aproveite também para descobrir como funciona o direito de Subscrição, o que é? Como funciona, vantagens e como exercer o direito

Fontes: Suno, Btg pactual e Infomoney

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Imagens: Wr prates, Bom controle, Wem, Ionos, Modalmais, Remessa online, Clinica nas nuvens, Investor cp, Eccosave, Alpha investidor, XP e Endinheirando


Conte-nos a sua opinião...