Análise Fundamentalista, o que é? Conceitos, cálculos e como aplicar


A análise fundamentalista é usada por grandes investidores, como Warren Buffett, que a considera fundamental no processo de investimento em ações de uma empresa. Isso porque, na hora de investir, é muito importante analisar profundamente a empresa.

Basicamente, existem duas maneiras mais usuais de fazer essa análise no mercado de renda variável. Ou seja, através da análise fundamentalista ou da análise técnica. Ambas visam dar suporte na hora de investir e garantir uma escolha mais acertada.

A análise fundamentalista se baseia em diversos aspectos, como os dados financeiros da empresa, seus resultados e balanços. É o tipo de análise que o perfil de investidor conservador prefere, já que visa o longo prazo e reduz os riscos futuros. 

Investidor em valor

O que é análise fundamentalista

Benjamin Graham é considerado o pai da análise fundamentalista. Análise fundamentalista é o estudo de uma empresa baseado em sua situação financeira, cenário econômico e político. Por meio desses aspectos, é possível ainda identificar se o preço de suas ações é justo, se estão supervalorizadas ou subvalorizadas.

A análise fundamentalista tem como objetivo proporcionar um investimento com mais chances de dar lucro. Em outras palavras, ao analisar profundamente diversos aspectos da empresa antes de investir em suas ações, você terá mais certeza de que essa é a melhor opção ou, ainda, poderá deixar a empresa de lado e buscar oportunidades melhores.

Alpha

Dessa forma, o ponto chave desse tipo de análise é a crença de que o preço de uma ação deve ser o reflexo das expectativas dos lucros futuros.

Sendo assim, a análise fundamentalista é usada para investimentos de longo prazo, o chamado Buy and Hold, onde se acredita no crescimento da empresa no futuro. 

Como a análise fundamentalista funciona

A análise fundamentalista tem diversas técnicas que visam estudar o cenário micro e macro em que a empresa subjetiva a análise está inserida.

Ou seja, através da análise fundamentalista é possível ter uma real visão da situação da empresa. Para isso, os conceitos da análise fundamentalista para empresas são:

  • O valor relativo de cada ação é calculado baseado em patrimônio, lucro e receita;
  • A perspectiva do investimento é de médio ou longo prazo;
  • A decisão de investir deve ser com base nos fundamentos da empresa;
  • E por fim, o valor da ação é considerado pelo valor presente líquido dos fluxos de caixa futuros.
análise fundamentalista

Totvs

Já na análise macro, alguns aspectos como a inflação, a taxa de juros e o PIB são levados em consideração. Esses dados a serem analisados visam proporcionar uma real visão de como a empresa está inserida e se comporta no cenário macroeconômico global.

Análise fundamentalista ou análise técnica

A análise fundamentalista e a análise técnica não são opostas e podem se completar em alguns momentos. Sendo assim, a principal diferença entre elas é que a análise fundamentalista visa, principalmente, o longo prazo. Por outro lado, a análise técnica é usada para investimentos de curto prazo.

Algumas diferenças principais são que a análise fundamentalista avalia a empresa a fundo, enquanto a análise técnica se limita ao gráfico.

Portanto, por pesquisar a fundo, a análise fundamentalista demanda um tempo maior de pesquisa, já a análise técnica faz a análise rapidamente, em tempo real para já tomar as decisões.

análise fundamentalista

Paraná

Em relação ao perfil de investidor, o que prefere a análise fundamentalista, normalmente, é mais conservador e visa a construção de um patrimônio sólido a longo prazo. Por fim, o perfil de quem opta pela análise técnica, normalmente é um perfil mais arrojado, que visa comprar as ações e as vender rapidamente. 

Análise qualitativa versus análise quantitativa

Em resumo, a análise qualitativa estuda diversos aspectos da empresa a fim de avaliar suas qualidades como possível investimento. Por outro lado, a análise quantitativa se baseia nos dados numéricos da empresa como principal determinante de um investimento.

análise fundamentalista

Endinheirando

Portanto, ao analisar as demonstrações financeiras de uma empresa e os dividendos que ela paga, você está fazendo uma análise quantitativa. Ao passo em que, se você se basear, principalmente, na administração da empresa e na sua gestão, você está fazendo uma análise qualitativa.

Um dos motivos que fazem a análise fundamentalista ser mais completa é ela levar em consideração tanto os aspectos qualitativos, quanto quantitativos. 

Formas de ser fazer análise fundamentalista

Existem formas diferentes de se obter resultados na análise fundamentalista. Sendo assim, podem ser análise horizontal, quando se analisa a evolução dos resultados e balanços da economia, ou análise vertical, onde se compara dois aspectos do balanço patrimonial da empresa como, por exemplo, a receita e o lucro líquido.

Vexter

Por fim, pode também ser através de indicadores financeiros. A análise fundamentalista tem alguns indicadores principais que são avaliados, como:

Índices múltiplos

É usado para analisar a percepção do mercado em relação aos ativos que estão em análise. Dessa maneira, é possível averiguar  quais são as empresas subavaliadas. Para isso, existem alguns cálculos:

Preço/Valor patrimonial: é o indicador de quanto o acionista pagará pelo patrimônio líquido da empresa. Dessa forma, quanto maior for a relação de P/VPA, logo mais cara está uma ação. O cálculo é:

P/VPA = preço da ação / valor patrimonial da ação;

VPA = patrimônio líquido / número total de ações.

Índice Preço / Lucro

Esse é um dos mais utilizados. Ele serve como uma espécie de comparativo da atração do preço de uma ação em relação ao preço de outras ações, em curto e médio prazo, para empresas do mesmo setor. Se o resultado do cálculo for baixo, logo, significa que a ação está barata. Portanto, o cálculo é:

P / L = preço da ação / lucro por ação projetada (LPA)

Empreender dinheiro

Ebitda (LAJIDA)

Ebitda vem do inglês Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization. Por outro lado, em português, a sigla seria LAJIDA que significa Lucro Antes dos Juros, Impostos, Depreciação e Amortização.

Enfim, esse índice serve para avaliar o desempenho de uma empresa com base na sua produtividade e eficiência na atuação em determinado setor. Dessa forma, o cálculo é:

Lucro operacional antes dos impostos + depreciação + amortização + juros. 

Preço / Vendas

Esse cálculo visa analisar a relação entre o valor da receita líquida de vendas e a capitalização da empresa. Dessa forma, fica:

P/V = preço da ação / receita por ação

Valor da empresa / ebitda (EV / Ebitda)

Desse modo, para alcançar o valor da empresa devemos calcular:

Cotação da ação negociada x número total de ações = valor de mercado

Por fim, basta fazer a soma:

Valor de mercado + endividamento bancário líquido = valor da empresa (VE)

O endividamento bancário presente na equação se refere aos financiamentos e empréstimos menos o saldo das aplicações financeiras. 

análise fundamentalista

Investificar

ROE

A sigla ROE vem do inglês Return on Equity e, em português, significa retorno de investimentos. Ou seja, é através do ROE que os acionistas de uma empresa sabem qual a taxa do retorno do investimento. Para calcular o ROE, basta dividir o lucro líquido pelo patrimônio líquido declarado no balanço patrimonial do período contábil antes do atual. 

Dividend Yield

O Dividend Yield (DY) se refere aos dividendos que são pagos por ação, dividido pelo preço individual de cada ação. Normalmente, o DY é apresentado como expectativa para os próximos 12 meses ou, então, como o percentual dos que foram pagos nos últimos 12 meses. 

Balanço Patrimonial

O balanço patrimonial de uma empresa é publicado trimestralmente ou anualmente. Através dele é possível analisar o passivo, o ativo e o patrimônio líquido (PL), em outras palavras, é possível analisar a situação da empresa que é justamente o que a análise fundamentalista procura.

Dessa forma, os passivos de uma empresa são as verbas que devem sair seja por meio de impostos, taxas ou contas. Por outro lado, o ativo é os bens da empresa, como, por exemplo, o terreno, o dinheiro e o estoque.

Já o patrimônio líquido se refere ao capital que a empresa detém, seja por meio de capital ou ações. Tudo isso é possível através do seguinte cálculo:

Ativo – Passivo = Patrimônio Líquido

análise fundamentalista

Tecnisa

1- DRE

DRE significa Demonstrativo de Resultado do Exercício. Ou seja, ao analisar o DRE temos o lucro ou prejuízo que a empresa teve dentro de um ano. O cálculo é: Receita – Despesa = lucro. 

2- DFC

O DFC significa Demonstrativo de fluxo de caixa. Em resumo, ele mostra o dinheiro em caixa da empresa e como ele está entrando e saindo da empresa. 

Valor intrínseco

Outro tipo de análise importante na análise fundamentalista é a do valor intrínseco. Também chamado de preço justo, o valor intrínseco visa averiguar qual o preço real de uma ação.

Dessa forma, ao analisar o valor das ações, chega-se ao valor que ela devia estar valendo e é possível comparar com o valor que ela realmente vale.

Portanto, é possível visualizar se a ação tem potencial de valorização futuro ou se ela está supervalorizada. Existem diversas formas de fazer o cálculo do valor intrínseco.

Sendo assim, é possível realizar o cálculo através da avaliação dos ativos e passivos da empresa, por meio do histórico de múltiplos ou ainda pelo o principal pelo fluxo de caixa.

análise fundamentalista

Huvr data

Contudo, esses métodos não são válidos para todos os tipos de empresa. Logo, eles funcionam, principalmente, com empresas que apresentam lucros constantes. 

FCD

O FDC é Fluxo de Caixa Descontado. Ele é uma das principais formas de se chegar ao valor intrínseco de uma ação, dessa forma, é muito útil na analise fundamentalista.

O FDC é calculado com base nas projeções do que a empresa produzirá no futuro, com os descontos do tempo que levará e os riscos presentes.

Portanto, temos o seguinte cálculo: Com o valor da empresa (é o valor presente dos fluxos projetados) subtrai-se a dívida líquida e o resultado é o valor de mercado.

Por fim, basta dividir o valor de mercado pela quantidade de ações emitidas pela empresa. O resultado desse cálculo é o valor justo da ação. 

Demonstrações financeiras para a análise fundamentalista

Open

Outro critério utilizado na análise fundamentalista são as demonstrações financeiras. Periodicamente, as empresas divulgam informações operacionais, essa é uma obrigação das empresas por lei. Em resumo, através das demonstrações financeiras, é possível analisar a real situação da empresa e fazer projeções.

Isso porque, na demonstração financeira consta o demonstrativo de resultado de exercício, fluxo de caixa, lucro acumulado e ainda o balanço patrimonial.

A importância do Macro mercado para a análise fundamentalista

Além de todas essas análises das empresas, a análise fundamentalista fica atenta à situação macro do mercado. Em outras palavras, para a análise fundamentalista, é importante ficar de olho nos indicadores econômicos do Brasil e de outros países.

Isso porque, as movimentações do mercado afetam diretamente nas ações de uma empresa. Alguns indicadores que deve-se ficar atento na análise fundamentalista são:

análise fundamentalista

Gavin

Taxa Selic: O Copom divulga a cada 45 dias a taxa básica de juros, a taxa Selic. 

IPCA: é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo. Medido mensalmente pelo IBGE, mostra as variações de preços, ou seja, a inflação. 

Taxa de Desemprego: A taxa de desemprego é importante porque ela está diretamente ligada ao consumo. Ou seja, quanto mais desempregados, menos eles irão gastar, logo a economia é impactada por isso. 

IBC-Br: é o Índice de Atividade Econômica do Banco Central do Brasil. Ele serve para antecipar o resultado do PIB brasileiro. 

análise fundamentalista

Owned

Commodities: O Brasil é mundialmente reconhecido como grande exportador de commodities, portanto, é importante ficar atento aos preços que influenciam diretamente a economia brasileira. 

Dólar: Ficar de olho na cotação do dólar é importante porque algumas empresas possuem dívidas em dólar. Em outras palavras, quando o dólar aumenta, a dívida sobe. 

FED: O FED é o Sistema de Reserva Federal dos Estados Unidos. Ele é divulgado a cada 45 dias e se refere ao aumento ou queda de juros. 

Indicações literárias sobre análise fundamentalista

análise fundamentalista

Bli

Com tantos conceitos e índices diferentes, é necessário o aprofundamento através de algumas leituras. Pensando nisso, algumas obras importantes são:

1- O investidor inteligente de Benjamin Graham

Como Benjamin Graham é considerado o pai da análise fundamentalista, não tem como não indicar seu livro, que apesar de ter sido lançado em 1949 ainda é cheio de ensinamentos atuais. 

2- Ações comuns, lucros extraordinários de Philip Fisher

Philip Fisher usava métodos próprios, contudo, seu modo de investir tinha muitas semelhanças com o de Benjamin Graham. Em resumo, Fisher era adepto do Buy and Hold, ele analisava a empresa, comprava pensando a longo prazo e mantinha suas ações. 

3- Investindo em ações no longo prazo de Jeremy Siegel

Esse livro busca através de diversas análises e exemplos reais averiguar o desempenho de ações tanto da bolsa norte americana, quanto de outros países. 

Enfim, agora que você sabe tudo sobre análise fundamentalista, que tal descobrir também boas Ações para se aposentar – Como escolher e quais critérios considerar

Fontes: Suno, Como investir, Suno e Rico

Imagens: Investidor em valor, Vexter, Alpha, Convenia, Totvs, Paraná, Endinheirando, Empreender dinheiro, Investificar, Tecnisa, Bli, Huvr data, Open, Gavin e Owned

Conte-nos a sua opinião...