Won sul-coreano: conheça melhor a moeda da Coreia do Sul


O won sul-coreano é a moeda usada na Coreia do Sul. O seu nome deriva do yuan, a moeda chinesa e o iene, a moeda do Japão.

O símbolo do won sul-coreano é um W com dois traços na horizontal cortando a letra no meio. Portanto, o símbolo é .

As cédulas de won são no valor de ₩ 1.000, ₩ 5.000, ₩ 10.000, ₩ 50.000. Por outro lado, as moedas são: ₩ 1, ₩ 5, ₩ 10, ₩ 50, ₩ 100, ₩ 500.

Enfim, o won sul-coreano é uma moeda usada há milhares de anos. Durante alguns momentos de sua história, a moeda enfraqueceu.

No entanto, há algumas décadas ela voltou a ser a moeda oficial da nação.

O que é o won sul-coreano?

O won sul-coreano é a moeda da Coreia do Sul. O seu nome deriva de um cognato de yuan, a moeda chinesa e o iene, a moeda japonesa.

Isso porque a Coreia do Sul teve uma grande influência dos seus vizinhos asiáticos na construção da sua cultura.

Essa moeda foi usada por milhares de anos, até a celebração do Tratado de Anexação Japão-Coreia, em 1910. Com o tratado, o won foi substituído pelo iene.

Porém, depois da Segunda Guerra Mundial, a Coreia foi dividida e houve a separação da moeda sul-coreana em duas partes.

Inicialmente, somente cédulas foram emitidas e houve a circulação de moedas antigas e novas ao mesmo tempo.

Entretanto, em 1975 o dinheiro antigo saiu definitivamente de circulação e o won se tornou a única moeda da Coreia do Sul.

O símbolo do won sul-coreano é um W com dois traços na horizontal cortando a letra no meio. Portanto, o símbolo é .

A moeda usa a contagem de mil, da mesma forma que os ienes e os pesos. Ou seja, a lógica do won é diferente do real que funciona por meio do sistema de unidade.

Sendo assim, as cédulas de won são no valor de ₩ 1.000, ₩ 5.000, ₩ 10.000, ₩ 50.000. As moedas, por sua vez, possuem os seguintes valores: ₩ 1, ₩ 5, ₩ 10, ₩ 50, ₩ 100, ₩ 500.

As cédulas possuem cores e tamanhos diferentes de acordo com os seus valores. Em relação ao desenho, as notas tem estampas de diferentes personalidades importantes na história da Coreia do Sul.

História do won sul-coreano

O won sul-coreano é uma moeda usada há milhares de anos. Sendo assim, ele passou por vários momentos em sua trajetória histórica:

1- Primeiro won sul-coreano

O won é usado a milhares de anos na Coreia no Sul. Sendo que antes do Tratado de Anexação Japão-Coreia, em 1910, o won foi substituido pelo iene com cotação de 1 para 1.

Isso possibilitou a coexistência inicial da moeda japonesa e coreana. Posteriormente, com o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, houve a divisão da Coreia.

Desse modo, eram usadas suas moedas separadas, mas as duas se chamavam won. 

Os primeiros wons sul-coreanos foram divididos em 100 jeon. Mas, inicialmente, apenas cédulas foram emitidas. Sendo que houve a circulação conjunta de cédulas antigas e novas.

Sendo que, inicialmente, o won sul-coreano foi vinculado ao dólar dos EUA, à taxa de 15 wones para cada dólar.

2- Segundo won sul-coreano

No dia 9 de junho de 1962, o Won foi reintroduzido à taxa de 1 won = 10 hwans. Já no dia 22 de Março de 1975, ele se tornou a única moeda local, pois ocorreu a retirada definitiva das moedas antigas.

Além disso, ele foi reintroduzido com o código ISO 4217 KRW e com o câmbio em relação ao dólar fixado em 1 dólar = 125 wones.

Entre 1962 e 1980, manteve-se essa política de câmbio fixo. Mas o país adotou a política de taxa de câmbio flutuante em 27 de fevereiro de 1980.

3- Won sul-coreano atual

Por fim, a partir do ano de 2006, as notas do won sul-coreano foram reformuladas, com o intuito de se enquadrarem nos padrões de segurança e arte da época.

Acontece que, com o avanço tecnológico, a quantidade de notas falsas sul-coreanas aumentou muito e as falsificações era difíceis de ser identificadas.

Por isso, as notas foram reformuladas e aprimoradas, com base em recursos antifalsificação de última geração, como, por exemplo, tintas com mudanças de cor, dispositivos opticamente variáveis e afins.

Além disso, para ficar dentro do padrão artístico atual, o visual das notas também foi alterado. Para isso, o tamanho foi reduzido e as cores se tornaram mais vibrantes.

Também mudaram outros detalhes das notas como, por exemplo, o selo do governador, o reconhecimento em braille e a numeração.

Por fim, em junho de 2009, o país passou a emitir notas de 50,000-won. Essa foi a primeira mudança em 36 anos na mais alta denominação das notas sul-coreanas em circulação.

Além disso, essa nota é a única que tem o retrato de uma mulher, a Shin Saimdang.

Cédulas e moedas do won sul-coreano em circulação

As moedas won em circulação são:

1- Nota de ₩1000

Won sul-coreano: conheça melhor a moeda da Coreia do Sul

Banknote world

Na nota de ₩1000 está representado o filósofo-escritor Yi Hwang, também conhecido como Toegye. Em resumo, Yi Hwang foi o responsável por difundir as ideias neoconfucionista por meio de seus escritos na Era Joseon.

No verso da nota, está a pintura “Gyesangjeonggeodo”, por Jesonseong. Ela representa a paisagem de uma das academias fundadas por Toegye.

2- Nota de ₩5000

Won sul-coreano: conheça melhor a moeda da Coreia do Sul

Letras academy

Representado na nota de ₩5000 está o filósofo estudioso e escritor, Yi I ou Yulgok. No fundo da imagem, está um pé de bambu e o local de nascimento do filósofo: Ojukheon.

Já no verso da cédula, está uma das pinturas feitas por Shin Saimdang, mãe de Yi I.

3- Nota de ₩ 10000

Won sul-coreano: conheça melhor a moeda da Coreia do Sul

Letras academy

Sejong, o Grande foi o criador do alfabeto coreano – o Hangul – e está representado na nota de ₩ 10000.

Além de criar o alfabeto, ele era um grande promotor da ciência. É por isso que na parte de trás de cédula, está ilustrado o primeiro globo celestial construído na Coreia por Jang Yeong-sil.

4- Nota de ₩ 50000

Won sul-coreano: conheça melhor a moeda da Coreia do Sul

Banknote world

A nota de ₩ 50000 é a nota mais recente. Ela passou a circular em 2009 e tem a primeira figura feminina nas notas won: Shin Saimdang, a mãe de Yi I.

Em resumo, Shin Saimdang era pintora, poeta e caligrafa. No verso da nota, temos a imagem de outros pintores importantes: Eo Mong-ryong e Yi Jeong.

5- Moeda de ₩1

Won sul-coreano: conheça melhor a moeda da Coreia do Sul

Idcedu

Na moeda de ₩1 está cunhada a imagem da Rosa de Saron, que é um dos símbolos nacionais da Coreia.

6- Moeda de ₩5

Won sul-coreano: conheça melhor a moeda da Coreia do Sul

Coinshome

Inscreva-se na Pior Newsletter Possível!

Receba os melhores conteúdos (ou não) gratuitamente!

Usamos a Sendinblue como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para enviar este formulário, você reconhece que as informações fornecidas por você serão transferidas para a Sendinblue para processamento, de acordo com o termos de uso deles

Na moeda de ₩5 temos um Navio Tartaruga, grande arma usada pelos coreanos durante batalhas navais.

7- Moeda de ₩ 10

Numista

A moeda de ₩ 10 tem cunhada a imagem do templo de Bulguksa em Gyeongju, que guarda relíquias budistas e é um dos Patrimônios Históricos da Coreia. 

8- Moeda de ₩ 50

Ling

Nessa moeda está cunhada a imagem de um ramo de arroz, que é uma das bases da alimentação coreana.

9- Moeda de ₩ 100

Sum

Na moeda de ₩ 100, está a imagem do Almirante Yi Sun-Shin. Em resumo, ele foi o criador dos Navios Tartaruga presentes nas moedas de ₩5.

10- Moeda de ₩ 500

Coinshome

Por fim, temos a moeda de ₩500, com a imagem de uma garça com a cabeça vermelha.  Sendo que essa garça para os coreanos, tem o significado de “sorte”.

Won sul-coreano em viagens

Se você pretende viajar para a Coreia do Sul, o dólar é a melhor moeda para levar em viagem. Isso porque, no Brasil é difícil encontrar casas de câmbio que troquem real por won.

Além disso, a conversão do dólar para o won é mais fácil, já que 1 dólar equivale a cerca de 1.000 wons.

Portanto, se você vai viajar, você pode trocar reais por dólar no Brasil e separar uma parte do valor para trocar na casa de câmbio do aeroporto na Coreia do Sul.

Uma dica de local para fazer câmbio do restante do dólar na Coreia do Sul é em Myeongdong.

Na região de Myeongdong, existem muitas casas que fazem a troca de moedas por valores mais vantajosos do que nos aeroportos.

Se a sua intenção for fazer viagens longas, você pode enviar dinheiro para a Coreia do Sul. Neste caso, você deve fazer uma remessa online.

Em síntese, a remessa online é a transferência de dinheiro da sua conta no Brasil para a conta em outro país e vice-versa.

Não se preocupe, que este tipo de operação não é ilegal. Na verdade, o Banco Central do Brasil (Bacen), reconhece e autoriza esse tipo de operação.

O dinheiro ainda é o meio mais utilizado nos pagamentos na Coreia do Sul. Apesar disso, também é possível usar cartão de crédito e débito.

No entanto, o dinheiro pode ser uma opção melhor nas viagens, já que o uso de cartões exige o pagamento de taxas.

Round 6

Na série Round 6 é oferecido um prêmio de 45,6 bilhões de won sul-coreano para a pessoa que conseguir vencer uma sequência de jogos mortais.

Se você é fã da nova série de sucesso da Netflix, você já deve ter se questionado o quanto vale 45,6 bilhões de won sul-coreano em reais.

Os 45,6 bilhões de won sul-coreano valeriam cerca de R$ 208,5 milhões de reais. Lembrando que esse valor pode mudar de acordo com a cotação.

Em reais, o prêmio oferecido em Round 6 não é suficiente para transformar o ganhador em bilionário. Entretanto, é uma quantia considerável que torna seu ganhador um milionário.

Qual a quantidade de won necessária em uma viagem?

Os gastos de uma viagem variam de acordo com os locais que você pretende visitar, quantos dias vai durar a viagem, onde você vai ficar hospedado e o que você pretende comprar.

Por isso, algumas dicas para você ter uma noção do valor necessário para viajar para a Coreia do Sul, são:

1- Gastos com a viagem

A primeira dica é planejar e verificar quais serão os gastos com a viagem. Os gastos podem incluir:

Pontos turísticos

Pesquise os pontos turísticos que você pretende visitar. Faça uma lista dos locais e dos preços dos ingressos. Dependendo do local, pode compensar mais comprar os ingressos pela internet.

Transporte

Tendo como ponto de partida o local que você vai ficar hospedado, verifique quais as opções e valores de transportes até os pontos turísticos que você quer visitar.

Nessa etapa, você deve pesquisar não apenas os valores dos transportes, mas também como é o seu funcionamento.

Comida

A comida é outro gasto que varia bastante de pessoa para pessoa. Isso porque, algumas pessoas priorizam os passeios e as compras de produtos.

Logo, essas pessoas podem economizar na alimentação. Em contrapartida, outras pessoas gostam de experimentar a culinária local, logo, o valor necessário para alimentação é maior.

Internet

Na Coreia do Sul você pode usar a internet do metrô e estabelecimentos públicos. Porém, se você não quiser depender desse tipo de internet, você precisa de um chip de internet do país.

Compras

Se você pretende comprar produtos na Coreia do Sul, estime um valor exclusivo para isso. 

Seguro viagem

Um seguro viagem serve para garantir sua segurança e facilitar a resolução de possíveis problemas no exterior.

2- Previsão de gastos

Depois de levar em consideração os itens acima, faça as contas do quanto você vai gastar aproximadamente. Depois disso, estabeleça uma meta de gastos por dia.

Por fim, tome cuidado para não gastar demais nos primeiros dias e passar aperto nos últimos. Além disso, sempre leve uma quantia acima do valor que você acha que irá gastar, caso surjam imprevistos.

LEIA MAIS

Moeda do Japão: qual é e como usar em viagens?

Quais são as 10 moedas mais valorizadas do mundo?

6 moedas mais desvalorizadas do mundo em relação ao dólar

Dólar vai acabar? Dinheiro em excesso e crise econômica

As principais moedas do mundo

Qual é a moeda menos valorizada do mundo?

Moeda fiduciária, o que é? Origem, vantagens e desvantagens

Papel-moeda: o que é, origem, importância e emissão

Padrão Monetário, o que é? História e moedas brasileiras

Fontes: Letras e Revista koreain.

Conte-nos a sua opinião...