O que é agro broker e qual a sua área de atuação?


Você sabia que existe um profissional focado apenas em intermediar os agentes econômicos para a negociação de ativos no mercado de derivados? Esta é a função do agro broker.

Para ser um agro broker é essencial ter um amplo conhecimento sobre o agronegócio. Isso porque, ele irá prestar consultoria sobre isso para os clientes.

É claro que ele não pode recomendar a compra ou venda de ativos. No entanto, ele deve prestar consultoria de acordo com o perfil e tipo de cliente.

O que é agro broker?

Como dito na introdução, o agro broker é a pessoa que faz a intermediação entre os agentes econômicos para a negociação de ativos agrícolas e pecuários no mercado de derivativos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Sendo assim, o agro broker cria oportunidades de negócios para a empresa. Afinal, ele analisa as ofertas e toma a frente na negociação. Sendo que ele supervisiona todas as etapas da negociação. Desse modo, é ele quem estabelece:

  • Orçamentos;
  • Tipo de frete;
  • Forma de pagamento;
  • Documentos.

Logo, a sua atuação se parece com o broker do mercado tradicional. A diferença é que ele tem foco no agronegócio. Dessa forma, ele conecta a pessoa que quer vender com a que quer comprar derivativos.

O que é agro broker

O que o agro broker faz?

O agro broker atua como um representante de uma corretora. Desse modo, ele conecta as pessoas que querem vender e as que querem comprar derivados.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O agro broker é preciso, pois, para investir na B3 é preciso de um intermediário. Ou seja, não é possível investir de forma direta na bolsa

A atuação do agro broker exige um amplo conhecimento sobre o mercado de derivativos. Também é essencial que ele seja bem relacionado.

Isso porque, o agro broker cria a sua própria carteira de clientes. Mesmo que, de maneira geral, ele seja um funcionário de uma corretora de valores.

Um detalhe importante sobre a atuação do agro broker, é que ele não pode recomendar a compra ou venda de ativos. Ao invés disso, ele deve apenas prestar consultoria sobre os produtos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O que é agro broker

Apesar de não poder recomendar, o profissional deve fazer uma análise individual para prestar consultoria para os clientes.

Isso porque, ao apresentar as opções, ele deve levar em conta o perfil do investidor e se ele é pessoa física ou institucional.

Na prática, a atuação do agro broker é simples. Ele recebe as ordens da empresa contratante em relação às estimativas de lucro.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ele então lança ofertas de negociação na B3. Depois disso, ele faz a gestão da carteira de clientes da empresa e garante que os negócios sejam fechados.

Mercado

O agro broker é focado em intermediar as negociações de produtos agrícolas. Esses produtos podem ser, por exemplo, milho, café e carne. Vale destacar que esses produtos costumam ter um valor agregado baixo.

Um dos motivos para isso é porque ele não passa por processos de alteração. Outro motivo é porque eles podem ser matéria-prima de outros produtos.

Mesmo com o baixo valor agregado, existe a vantagem de que esses produtos são maleáveis e necessários. Logo, sempre existe mercado para negociá-los. Enfim, ele pode atuar em 3 mercados:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

1- Mercado de balcão: A venda dos produtos é feita de forma direta. Sendo assim, o valor é recebido em uma única operação. Nesse mercado o agro broker pode realizar operações de put – trava de baixa. Pode ainda fazer call, trava de alta.

2- Mercado à termo: Neste caso o produtor de commodity recebe antes mesmo de entregar o produto.

Porém, ele fica sujeito a flutuação dos preços e as condições do contrato. Neste caso, o agro broker deve garantir que o contrato seja cumprido.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

3- Mercado futuro: Nesse mercado o ativo é negociado, mas a entrega não é feito na hora do pagamento.

A diferença do mercado futuro e a termo é quando a negociação chega ao fim. No a termo a negociação se encerra no ato da liquidação. Já no futuro existe o ajuste diário.

Como ser um agro broker?

Agora que você conhece o que é e qual o mercado de atuação do agro broker, você ficou interessado em se tornar um agro broker? Para que você se torne um agro broker, você precisa ter dois certificados:

  • PQO: O Programa de Qualificação Operacional precisa ser feito não apenas por profissionais individuais. Ele deve ser feito também por instituições que queiram atuar na B3.
  • AAI: O Agente Autônomo de Investimentos é o nome oficial do broker no Brasil.

Além dos certificados, você deve ter um extenso conhecimento sobre o agronegócio e a agropecuária. Também é importante ter experiência e saber atuar neste mercado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Apesar da necessidade de conhecer bem o mercado em que irá atuar, você não precisa ter uma formação acadêmica na área. Mas é claro que se você tiver formação na área, é um diferencial no mercado.

Enfim, em relação à contratação, o agro broker, de maneira geral, trabalha como CLT. Porém, você tem ainda a opção de ser um prestador de serviços autônomo.

E aí, gostou de conhecer sobre o agro broker? Então leia também: Milionário com 5 reais por dia: é possível?

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE


Conte-nos a sua opinião...