O que é TIR? Como funciona, cálculos, vantagens e desvantagens

23 de dezembro de 2020 - por Jaíne Jehniffer


A TIR é uma taxa hipotética usada na análise de um projeto. O seu objetivo é determinar qual será o retorno de um projeto, caso a empresa decida investir nele. Portanto, a TIR contribui na tomada de decisão das companhias. 

Esta taxa é bastante utilizada pelas empresas que querem investir em novos projetos. Afinal, o intuito de um investimento é que ele traga retorno financeiro ou que, pelo menos, pague seus custos. 

No entanto, a TIR também possui algumas desvantagens, como por exemplo, o fato de não demonstrar os riscos que a empresa corre ao investir em determinado projeto. 

O que é TIR

A sigla TIR deriva do termo em inglês Internal Rate of Return, que em português significa Taxa Interna de Retorno. Esta é uma taxa hipotética, usada na análise do percentual de retorno financeiro que um projeto pode trazer para a empresa. 

Penso

A intenção ao se aplicar os cálculos da TIR é igualar o valor investido no projeto com o retorno que ele pode trazer. A intenção ao se investir em um projeto é trazer retorno financeiro, entretanto, ele deve ao menos pagar o investimento realizado. 

Como a TIR funciona

A análise da Taxa Interna de Retorno é feita através da comparação com a Taxa Mínima de Atratividade (TMA). Esta taxa serve como um indicador do percentual mínimo de retorno que um projeto deve proporcionar, para que ele seja considerado como vantajoso. 

No Brasil, a taxa mais usada como referência para a TMA é a taxa Selic. A taxa Selic, por sua vez, é a taxa base de juros da economia brasileira, logo, ela influencia em todas as outras taxas de juros. A Selic é utilizada pois, considera-se que se um investimento não render mais do que a taxa base, então ele não vale o risco. 

O que é TIR? Como funciona, cálculos, vantagens e desvantagens

Tarjab

Outro ponto a se considerar é que a TIR é a taxa que zera o Valor Presente Líquido (VPL). Para entender o que é VPL é preciso lembrar que o dinheiro vai perdendo o valor ao longo do tempo. Sendo assim, o VPL é uma fórmula que serve para especificar o Valor Presente de cada pagamento que entra no fluxo de caixa da empresa.

Cálculos

Para determinar a Taxa Interna de Retorno, utiliza-se a seguinte fórmula:

O que é TIR? Como funciona, cálculos, vantagens e desvantagens

Treasy

Dessa forma, o Capital é o valor do investimento, N é a quantidade de períodos, Ft é a entrada de capital no período, i é a taxa interna de retorno e VPL é o Valor Presente Líquido.

Portanto, o objetivo é encontrar, através de tentativa e erro, a taxa de juros que zera o valor do VPL do projeto. Estes cálculos também podem ser feitos por meio de uma calculadora financeira ou através do Excel. 

Ato contábil

Dessa forma, com os cálculos podemos ter três resultados diferentes da Taxa Interna de Retorno, que devem ser apresentadas em percentual, representando assim a porcentagem de rentabilidade do projeto. 

A primeira possibilidade de resultado é a TIR maior do que a TMA, neste caso, o investimento é vantajoso financeiramente. A segunda opção é a TIR igual à TMA, o que significa que ele é indiferente. Para finalizar, se o resultado for que a TIR é menor do que a TMA, então o investimento não proporciona lucros. 

Vantagens e desvantagens

A grande vantagem da Taxa Interna de Retorno é a possibilidade de visualizar qual será o retorno com aquele investimento. Desse modo, ela é um dado extremamente importante na tomada de decisão da empresa entre dois projetos diferentes. 

O que é TIR? Como funciona, cálculos, vantagens e desvantagens

Ciss

Por outro lado, a desvantagem da TIR é que ela não demonstra os riscos que a empresa assume com o investimento. Ou seja, a Internal Rate of Return serve apenas para analisar a possibilidade de retorno, não os riscos. Além disso, esta taxa não considera o valor que o projeto pode agregar à empresa como um todo. 

Sendo assim, ela geralmente é usada na comparação entre projetos e nestes casos o cuidado deve ser redobrado. Nesse sentido, não é recomendado a comparação, por exemplo, entre projetos de curto prazo com projetos de longo prazo.

Por causa das desvantagens, a TIR não deve ser usada de maneira isolada, sendo importante considerar outros indicadores na tomada de decisão. 

Enfim, agora que você sabe o que é TIR, aproveite para aprender sobre o funcionamento das Empresa de economia mista, o que é? Como funciona e características

Fontes: Mais retorno, Voitto, Treasy, Mais retorno e Nexoos

Imagens: Treasy, Tarjab, Ciss, Ato contábil, Adhoc contábil e Penso

10 livros essenciais para entender sobre economia comportamental

10 dicas de como melhorar a sua relação com o dinheiro

Mitos e verdades sobre empreendedorismo que devemos conhecer

8 dicas do que fazer com a restituição do IR