Recursos financeiros: o que são e quais são os tipos?

8 de novembro de 2023 - por Sidemar Castro


Recursos financeiros são ativos que possuem algum grau de liquidez, ou seja, que podem ser convertidos em dinheiro. Eles incluem dinheiro em espécie, créditos, depósitos em entidades financeiras (como bancos), divisas e posses em ações e bônus. Esses recursos podem ser facilmente utilizados por pessoas físicas ou jurídicas para realizar novos investimentos ou qualquer compra.

No contexto empresarial, a maneira mais direta de obter recursos financeiros é através da venda de produtos ou da prestação de serviços. No entanto, existem diversas outras maneiras de captação externa junto a investidores ou ao governo.

É importante notar que recursos financeiros e recursos econômicos não são sinônimos. Recursos econômicos se relacionam somente às expectativas de entrada de dinheiro, enquanto os recursos financeiros dizem respeito aos ativos com liquidez de uma empresa.

O que são recursos financeiros?

Recursos financeiros são ativos que possuem algum grau de liquidez, ou seja, que podem ser convertidos em dinheiro. Eles são importantes para o bom funcionamento da economia, pois podem ser utilizados por pessoas físicas ou jurídicas em aplicações e investimentos. O

s recursos financeiros podem ser divididos em duas categorias: recursos internos e recursos externos. Os recursos internos são aqueles que a empresa possui à sua disposição, como dinheiro em caixa, enquanto os recursos externos são aqueles que a empresa obtém por meio de operações financeiras, como empréstimos bancários.

Existem diferentes tipos de recursos financeiros, que podem ser divididos em categorias conforme os recursos de fluxo de caixa a eles associados. Alguns exemplos de recursos financeiros são:

  • Dinheiro em espécie ou em conta bancária;
  • Títulos, como ações e títulos de renda fixa;
  • Seguros;
  • Fundos de investimento.

A gestão financeira eficiente é essencial para o bom funcionamento de uma empresa. A correta análise de entrada e saída de recursos é fundamental para evitar problemas na organização por falta de recursos. A gestão financeira envolve processos, métodos e ações que permitem a uma empresa controlar, analisar e planejar suas atividades financeiras. É importante que a empresa tenha um gerenciamento financeiro eficiente, que inclui a gestão de despesas e o controle de recursos.

Como conseguir recursos financeiros?

Aqui estão algumas maneiras de obter recursos financeiros:

Crédito governamental

O crédito governamental é uma forma de financiamento oferecida por governos para apoiar empresas e indivíduos. No Brasil, por exemplo, o Programa Crédito Brasil Empreendedor é uma iniciativa do Ministério da Economia que visa facilitar o acesso ao crédito para empreendedores de diversos portes.

A maior parte do dinheiro movimentado vem dos bancos, e o governo fornece garantias para desbloquear a liquidez dos bancos e possibilitar o acesso ao dinheiro.

Poupança pessoal

Esta é a fonte mais direta e comum de financiamento para muitos proprietários de pequenas empresas. Isso envolve economizar dinheiro pessoal ao longo do tempo e reinvestir esses fundos na empresa.

Empréstimos bancários

Os bancos e outras instituições financeiras oferecem uma variedade de empréstimos para pequenas empresas. O que pode incluir linhas de crédito, empréstimos a termo e empréstimos para equipamentos.

Investidores-anjo

São indivíduos que investem seu próprio dinheiro em startups em troca de uma participação acionária ou dívida convertível. Investidores-anjos estão procurando um retorno mais alto do que seria possível com investimentos mais tradicionais.

Capital de risco

O capital de risco ou venture capital é uma modalidade de investimento de risco, em que investidores aplicam recursos financeiros em empresas de pequeno e médio porte com grande potencial de crescimento — normalmente empresas novas no mercado de inovação tecnológica, ou seja, as startups.

As empresas de capital de risco, portanto, são grupos de investimento que reúnem dinheiro de várias fontes para investir em startups e empresas em estágio inicial.

Crowdfunding

Existem várias plataformas online que permitem que as empresas levantem dinheiro de uma grande quantidade de pessoas. Isso pode ser feito através da doação, recompensa, dívida ou equity crowdfunding. As plataformas de crowdfunding, como o Catarse e o Kickante, facilitam esse processo, conectando projetos a potenciais doadores.

Subsídios e créditos fiscais

Governos e organizações oferecem uma variedade de subsídios e créditos fiscais para incentivar o crescimento das pequenas empresas. Estes podem ser específicos para certos setores, regiões ou tipos de empresas.

Parcerias estratégicas

Algumas empresas podem se beneficiar da formação de parcerias estratégicas com outras empresas. Isso pode incluir acordos de licenciamento, joint ventures ou acordos de marketing.

Antecipação de recebíveis

A empresa pode antecipar o recebimento de valores antes do prazo previsto, em troca do pagamento de uma taxa de desconto.

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC)

Investidores podem aplicar em um fundo que compra os recebíveis de empresas, gerando retorno financeiro.

Adição de sócios

Uma terceira pessoa entra como sócio na empresa para suprir alguma necessidade específica que pode ser a necessidade financeira.

Antes de buscar opções para levantar recursos para o negócio, é importante fazer uma análise real sobre essa necessidade e avaliar qual a melhor opção para a empresa. A captação de recursos financeiros deve ser muito bem planejada e estruturada, e é imprescindível analisar as diferentes formas de captação de recursos financeiros para a empresa.

Como gerenciar os recursos financeiros?

Gerenciar recursos financeiros é uma tarefa crucial para qualquer negócio. Aqui estão algumas dicas sobre como você pode gerenciar efetivamente seus recursos financeiros:

Registre suas despesas fixas

Mantenha um registro de todas as suas despesas fixas, como aluguel, salários, serviços públicos, etc. Isso ajudará a entender para onde o dinheiro está indo e a identificar áreas onde você pode economizar.

Separe pelo menos 10% de seus rendimentos todo mês

Economizar uma parte de seus rendimentos todos os meses pode ajudar a construir uma reserva de emergência e fornecer fundos para futuros investimentos.

Mantenha seus gastos pessoais separados dos gastos de seu negócio

É importante manter as finanças pessoais e empresariais separadas para evitar confusões e problemas fiscais. Despesas pessoais ou dívidas que nada têm a ver com a empresa, não podem se misturar com o balanço do seu negócio.

Evite financiamentos

Sempre que possível, evite assumir dívidas. Se você precisar de financiamento, certifique-se de entender completamente os termos e condições antes de se comprometer.

Amortize dívidas sempre que possível

Se você tem dívidas, parta para a amortização e tente pagá-las o mais rápido possível para reduzir o montante de juros que você terá que pagar.

Pesquise sobre títulos de investimento

Antes de investir, faça sua pesquisa. Compreenda os riscos e benefícios associados a diferentes tipos de investimentos.

Estabeleça metas financeiras

Definir metas financeiras claras pode ajudar a manter você no caminho certo e motivado para economizar e investir.

Realize investimentos pontuais e assertivos

Investir em áreas que trarão um bom retorno sobre o investimento pode ajudar a aumentar seus recursos financeiros.

Crie uma reserva de emergência

Ter dinheiro reservado para emergências pode ajudar a proteger sua empresa contra imprevistos financeiros.

Controle e diminua a inadimplência

Manter um controle rigoroso sobre as contas a receber e tomar medidas para reduzir a inadimplência pode melhorar o fluxo de caixa.

Organize o setor financeiro e mantenha o caixa saudável

Ter um setor financeiro bem organizado e um caixa saudável é fundamental para a gestão eficaz dos recursos financeiros.

Qual a importância dos recursos financeiros?

Os recursos financeiros são fundamentais para o funcionamento e crescimento de qualquer empresa. Eles permitem a aquisição ou contratação de bens e/ou serviços, muitos dos quais serão essenciais para o funcionamento do aparelho produtivo, como máquinas, matéria-prima ou pessoal qualificado.

A gestão eficiente dos recursos financeiros é importante para garantir a saúde financeira da empresa, crescimento e estabilidade a longo prazo. Isso envolve a adoção de práticas e sistemas de controle de despesas para otimizar a produtividade operacional. Uma má gestão financeira pode ter impactos devastadores.

Além disso, uma boa gestão financeira proporciona benefícios imprescindíveis, que vão além de manter os pagamentos e compromissos em dia. É uma ação que contribui para todas as atuações da empresa, desde o desempenho dos funcionários até a otimização da experiência dos clientes.

Portanto, a importância dos recursos financeiros no desempenho de qualquer empresa é fundamental, uma vez que o próprio exercício da atividade produtiva requer insumos que não podem ser adquiridos sem o capital envolvido.

Fontes: Vexpenses, Top Invest, Suno, Setting, Flashapp

10 dicas de como melhorar a sua relação com o dinheiro

Mitos e verdades sobre empreendedorismo que devemos conhecer

8 dicas do que fazer com a restituição do IR

Como comprar euro mais barato