Capacidade produtiva: o que é, como calcular e aumentar

30 de agosto de 2021 - por Jaíne Jehniffer


A capacidade produtiva é a quantidade máxima de produtos que uma empresa consegue produzir, durante determinado período, com os recursos que ela tem à sua disposição.

Conhecer a capacidade produtiva do negócio é muito importante para uma gestão eficiente. Sendo que o ideal é que a produção esteja alinhada com a demanda de produtos. 

Analisar a capacidade produtiva é importante não apenas para os gestores, mas também para os investidores. Isso porque ela está diretamente relacionada com o potencial de geração de lucros do negócio.

O que é capacidade produtiva?

A capacidade produtiva é a quantidade máxima de produtos e serviços que uma empresa consegue produzir com os recursos que ela possui disponíveis. Em outras palavras, é o número de produtos e serviços que uma companhia é capaz de produzir durante determinado período com os serviços que ela tem disponíveis no momento.

Por exemplo, se uma indústria consegue fabricar no máximo 10 cadeiras por dia, significa que ela tem a capacidade produtiva de 70 cadeiras por semana. A primeira vista, pode parecer que quanto maior for a capacidade produtiva da empresa, melhor.

Mas a verdade é que a produção deve estar alinhada com a demanda da empresa. Sendo assim, a companhia consegue ter uma boa relação de custo e benefício e não terá problemas de excesso ou falta de estoque. Sendo que o excesso de estoque é um grande problema, pois gera custos e prejudica o capital da companhia.

Capacidade produtiva: o que é, como calcular e aumentar

A voz da indústria

Importância de analisar a capacidade produtiva

Analisar a capacidade produtiva de um negócio é extremamente importante tanto para uma gestão eficiente, quanto para a realização de uma aplicação acertada por parte dos investidores.

1- Gestores

Se você é gestor de uma empresa, é muito importante que você conheça a capacidade produtiva, pois isso irá ajudar em diversos aspectos da gestão do negócio. Por exemplo, sabendo qual é a eficiência operacional da companhia, você consegue tomar decisões mais assertivas. Além disso, conhecer esse dado traz algumas vantagens, tais como:

  • Ajuda na gestão de materiais. Ou seja, contribui com a manutenção dos níveis ideais de estoque e evita o excesso/falta de materiais e produtos;
  • A empresa consegue usar melhor os materiais e insumos na produção;
  • Contribui com o melhoramento da rotina e produtividade dos colaboradores;
  • O gestor consegue estabelecer metas assertivas tanto para o setor de produção, quanto para o de vendas;
  • Contribui com o planejamento entre comercial, financeiro e produção, para que seja possível adequar a demanda e a produção.
Capacidade produtiva: o que é, como calcular e aumentar

Uniaraxa

2- Investidores

Analisar a capacidade produtiva de um negócio também é muito importante para um investidor. Afinal de contas, a capacidade produtiva está diretamente relacionada com o potencial de geração de lucros de um negócio.

Uma empresa com boa eficiência operacional aliada com o baixo custo de produção, consegue atender a demanda do mercado ao mesmo tempo em que obtém bons rendimentos. Desse modo, a tendência é que suas ações se valorizem com o tempo.

Em contrapartida, a empresa que não gerencia bem a sua capacidade produtiva acaba tendo um desempenho financeiro insuficiente o que pode impactar no preço das suas ações. Portanto, se você investe na bolsa de valores, não deixe de analisar a capacidade produtiva de uma empresa antes de investir o seu dinheiro. O ideal é encontrar empresas com boa gestão da capacidade produtiva.

Isso significa que não é interessante uma empresa que consegue produzir muito, mas que não vende tudo o que produz. Além disso, não invista em uma empresa tendo como base apenas a sua capacidade produtiva. Ao invés disso, analise também outros indicadores como, por exemplo, Ebitda, margem de lucro, lucro líquido e valor patrimonial.

Fapen

Como identificar a capacidade produtiva?

Existem algumas formas diferentes que você pode analisar e estabelecer a capacidade produtiva da sua empresa, tais como:

1- Instalada: A capacidade produtiva instalada é um método hipotético que tem como intuito contribuir nas tomadas de decisões.

Para analisar a capacidade produtiva neste método, a empresa deve estabelecer qual a sua capacidade máxima de produção sem considerar as perdas na produção, paradas ou qualquer outro tipo de problema que possa surgir.

Por exemplo, se a linha de produção consegue fabricar 20 cadeiras iguais a cada hora, durante um dia de 24 horas, ela conseguiria fabricar 480 cadeiras. 

2- Disponível: A capacidade produtiva disponível é bem parecida com a capacidade produtiva instalada. Dessa forma, também não é levado em consideração as perdas, paradas e outros problemas. A diferença entre as duas é que na capacidade produtiva disponível, considera-se a capacidade que está de fato disponível na companhia.

In1

Por exemplo, se a fábrica trabalha apenas com um turno de 8 horas, então deve-se considerar somente este prazo de produção. Logo, se o gestor quiser aumentar a capacidade ele terá que contratar mais funcionários e/ou adquirir mais máquinas.

3- Efetiva: A capacidade produtiva efetiva se difere das anteriores, pois é considerado o planejamento de perdas previsíveis como manutenções, troca de colaboradores e amostragem, por exemplo. 

4- Realizada: Por fim, é possível usar também o método de capacidade produtiva realizada, onde são consideradas as perdas não previstas na capacidade produtiva efetiva. Ou seja, neste caso são considerados os problemas que podem acontecer sem que a gestão consiga prever como, por exemplo, a falta de energia, quebra de máquinas e problemas de qualidade.

Como calcular e aumentar a capacidade produtiva?

Para determinar a capacidade produtiva máxima de uma empresa, basta dividir a capacidade disponível pelo potencial de saída. Por exemplo, se uma empresa consegue fabricar 100 cadeiras por dia, porém, a produção real é de 75 cadeiras, então a indústria está usando 75% da sua capacidade.

Sendo que para identificar e acompanhar a capacidade produtiva do negócio, você pode recorrer a alguns softwares de gestão. Caso a sua empresa esteja com uma demanda superior à produção, você pode aderir a algumas estratégias para aumentar a produção. Algumas dicas para isso são:

Capacidade produtiva: o que é, como calcular e aumentar

Dica de hoje

1- Melhores os processos

Para melhorar os processos e aumentar a produtividade da equipe, você precisa identificar as oportunidades de melhorias na produção, processos e layout industrial. Você pode também implantar programas de meritocracia e distribuição de bônus com o objetivo de estimular a competição saudável entre os funcionários.

2- Atualização das máquinas e equipamentos

Outra maneira de aumentar a capacidade produtiva é trocar as máquinas e equipamentos utilizados na produção por versões mais atuais.

Essa é uma maneira de aumentar a capacidade produtiva, pois as versões mais atuais das máquinas e equipamentos geralmente conseguem produzir mais produtos com um custo menor. Sendo assim, com essa atualização é possível aumentar a velocidade da produção e reduzir os custos da produção e manutenção.

3- Novos turnos

Se a sua empresa funciona apenas durante o turno de dia e você precisa aumentar muito a capacidade produtiva, então você deve analisar a possibilidade de adicionar um novo turno de trabalho.

Ausland

Com a adição de um novo turno, a empresa consegue produzir durante um período em que ela ficaria parada aumentando consideravelmente a produção. Entretanto, antes de adicionar um novo turno, não deixe de analisar os custos e quais resultados de fato serão obtidos.

4- Expandir o negócio

Outra maneira de aumentar a capacidade produtiva é abrindo uma filial, contratando mais colaboradores ou comprando mais máquinas. Contudo, antes de realizar qualquer uma dessas mudanças, não se esqueça de calcular os custos e os resultados que serão alcançados.

5- Treinamento

Treine a equipe para que ela possa realizar seu trabalho da melhor forma possível e conseguir os melhores resultados. Recorrer a treinamentos é uma maneira não apenas de aumentar a produção, mas também de garantir o bem-estar e satisfação dos colaboradores.

Capacidade produtiva: o que é, como calcular e aumentar

Coluna de turismo

6- Manutenção dos equipamentos

Por fim, você pode ainda analisar quais os tipos de manutenções você deve aplicar nas máquinas e equipamentos. Algumas manutenções são: manutenção corretiva, preditiva, preventiva e produção total. Enfim, ao realizar manutenções, você evita que as máquinas fiquem paradas e atrapalhem na produção.

Agora que você sabe o que é capacidade produtiva, aproveite para aprender o que é Staking: o que é, como funciona, tipos e como fazer

Fontes: Nomus, Vb e Capital research

Imagens: A voz da indústria, Uniaraxa, Labone consultoria, Fapen, In1, Ausland, Coluna de turismo e Dica de hoje

10 dicas de como melhorar a sua relação com o dinheiro

Mitos e verdades sobre empreendedorismo que devemos conhecer

8 dicas do que fazer com a restituição do IR

Como comprar euro mais barato